Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Resenha: Heroínas negras brasileiras em 15 cordéis

por em 06/01/2021 | Nenhum comentário

Resenha: Heroínas negras brasileiras em 15 cordéis

Eu já vou abrir com uma confissão aqui:

É uma falha gravíssima minha como leitor NUNCA ter lido nada, absolutamente NADA de literatura de cordel até hoje. Sério, apesar do meu gosto pela literatura, eu nunca fui um estudante “assíduo” nas aulas de literatura do ensino médio, então eu não sabia nem o que caracterizava um cordel. E tenho que dizer, depois de ler esse livro eu fiquei encantado com a métrica e a força das palavras que compõem esse livro.

Leia mais...

Resenha: De quem é esta história, de Rebecca Solnit

por em 05/01/2021 | Nenhum comentário

Resenha: De quem é esta história, de Rebecca Solnit

“Enquanto o leão não aprender a escrever, todas as histórias glorificarão o caçador”- provérbio africano.

Há quem diga que somos os autores da nossa própria história. Mas quem seriam os autores da grande narrativa histórica que fica para os livros e é estampada na mídia diariamente? Qual narrador tem mais poder na hora de contar sua história nos tribunais? É esta a provocação colocada por Rebecca Solnit neste livro, e por mais que a palavra “feminismo” no subtítulo possa afastar leitores que menosprezam esse movimento, acredite que este livro questiona muito mais do que a estrutura homem X mulher na sociedade.

Leia mais...

Lélia Gonzalez | Por um feminismo afro-latino-americano

por em 04/01/2021 | Nenhum comentário

Lélia Gonzalez | Por um feminismo afro-latino-americano

Racismo, sexismo e colonialismo. Capitalismo e mercado de trabalho. Divisão racial e sexual do trabalho. A sistemática negação da subjetividade de mulheres e não brancos. Indissociabilidade entre razão e emoção, corpo e mente, cultura e política. A importância das religiões e expressões culturais para lutas sociopolíticas. Formas de resistência cultural, além dos movimentos de revolta e de formação de quilombos, desde a escravidão no Brasil. Limites da representatividade. Relações entre movimentos sociais e a política institucional. Legalização do aborto. Esses são alguns dos muitos temas abordados pela antropóloga, socióloga, historiadora, filósofa e militante do movimento negro Lélia de Almeida Gonzalez.

Finalmente sua extensa obra se tornou acessível com o livro Por um feminismo afrolatinoamericano: ensaios, intervenções e diálogos pela Editora Zahar/ Grupo Companhia das Letras em 2020 [1].

Leia mais...

Carta de valores do Portal Deviante

por em 01/01/2021 | Nenhum comentário

Carta de valores do Portal Deviante

Uma das coisas mais importantes que o método científico nos ensina é a repensarmos constantemente nossas práticas. Com o Portal Deviante não podia ser diferente. O Portal cresceu e, com o crescimento, vieram algumas reflexões sobre representatividade e respeito às diferenças. Visando à promoção do Portal como ambiente mais inclusivo, diversificado e seguro para todas as pessoas, eu produzi uma carta de valores (aprovada e lida por todos que hoje participam do projeto, incluída no recém produzido regimento interno, que em breve estará disponível a todas as pessoas) que trago aqui para vocês no dia fora do tempo, ou no primeiro dia do ano de 2021.

Leia mais...

E esse 2020 hein?!(ou sentimentos universais e Octavia Butler)

por em 31/12/2020 | Nenhum comentário

E esse 2020 hein?!(ou sentimentos universais e Octavia Butler)

No início do ano, me planejei para alguns textos que queria abordar aqui no Deviante, organizei algumas referências e livros que queria lê, então, no final de março, quando o ano começava a embalar, veio a pandemia. Todos os planos, incluindo os textos, tiveram que ficar de lado. Apesar de não ter a noção do que aconteceria, sabia que o ano não seria fácil. Assim passou 2020 e aqui estamos em mais um dezembro.

Leia mais...

Alguém sabe de onde vieram os pterossauros?

por em 30/12/2020 | Nenhum comentário

Alguém sabe de onde vieram os pterossauros?

Os dinossauros dominaram os ecossistemas terrestres por mais de 150 milhões de anos durante a Era Mesozoica. Mas, enquanto os dinossauros andavam por aí, um grupo de répteis voadores dominaram os céus, os pterossauros. Leia novamente as duas primeiras frases. É isso mesmo! Apesar do que muitos pensam, os pterossauros não são dinossauros. Muito menos são os pterossauros os parentes dos morcegos ou aves (essas sim são dinossauros). E dessa forma, quem são os pterossauros?

Leia mais...
Modo Noturno