Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Fronteiras no Tempo #52 Imigração no Brasil

por em 11/11/2020 | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo #52 Imigração no Brasil

O Fronteiras no Tempo viajou para o Brasil dos séculos XIX e primeiras décadas do XX junto com os milhões de imigrantes que aqui aportaram em busca do sonho por terras e liberdade. Mas a realidade foi bem diferente e vários obstáculos surgiram nas trajetórias destes grupos ao longo do tempo. A imigração também é parte de uma história que foi pensada pelos intelectuais e burocratas do Império: quais imigrantes trazer, o que eles fariam por aqui e como contribuiriam para tornar o Brasil uma nação “moderna e civilizada”. Sobre tudo isso C. A. e Beraba conversaram. Venham ouvir esse papo!

Neste episódio

Conheça o que é migração, imigração e emigração e como os historiadores trabalham com estes temas. Entenda os principais motivos que levaram à criação de políticas de atração de imigrantes para o país, surpreenda-se com o que planejavam os burocratas do Estado Imperial. Compreenda a relação entre a imigração e o trabalho escravizado. Conheça a história de diversos povos que vieram para o Brasil, os choques culturais, as influências de variados tipos – o CA e o Beraba se empolgaram pra falar sobre comidas haha – por fim, compreenda as razões por que estudar este tema é tão importante para a História do Brasil.

Leia mais...

Fronteiras no Tempo: Historicidade #34 Ofensas verbais e conflitos na história

por em 20/10/2020 | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo: Historicidade #34 Ofensas verbais e conflitos na história

Neste episódio do Historicidade, o programa de entrevistas do Fronteiras no Tempo, conversamos com o Professor Doutor Deivy Ferreira Carneiro (UFU), sobre as ofensas verbais e os conflitos na História. O ato de ofender alguém com palavras ou xingamentos sempre esteve presente na atuação da justiça criminal, e hoje, por meio dos documentos produzidos na repressão a esses crimes, podemos entender o que significava esta ação, os conflitos que desencadeava e, ainda, vários outros aspectos da história cotidiana das sociedades passadas.

Nesta entrevista:

Entenda como o historiador trabalha com as fontes da justiça criminal e quais são os caminhos para compreender os conflitos e ofensas verbais naqueles documentos. Conheça os tipos de xingamentos estudados e porque alguns ofendiam mais do que outros. Surpreenda-se com a relevância que um ataque verbal poderia ter no início e/ou no desenrolar de um conflito e, ainda, saiba por que se fazia questão de que fossem punidos os que cometiam este delito. Por fim, reflita conosco sobre o papel da justiça criminal no contexto social e político brasileiro do século XIX e XX e em como a atuação dos seus agentes, em interação com a sociedade, ajudaram a conformar formas de comportamentos e valores.

Leia mais...

Fronteiras no Tempo #51 O Absolutismo

por em 22/09/2020 | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo #51 O Absolutismo

Afinal o que é o Absolutismo? “Poder concentrado nas mãos dos reis!”, eis a resposta que você provavelmente pensou, e não está incorreta… mas há mais história ai, claro. Este é um tema de destaque no ensino básico do qual muitos de nós guardamos na memória especialmente a imagem de Luís XIV, o rei sol, da França, cujo modelo de absolutismo acabou, erroneamente, sendo generalizado para diferentes países e contextos históricos europeus. Como tudo que tratamos aqui no Fronteiras, vocês poderão entender que essa não é uma história assim tão simples – mas que também não é difícil de entender! Venham conosco nessa jornada de conhecimento e reflexões até os primórdios da modernidade europeia em busca das origens e das características do sistema absolutista!

Neste episódio

Descubra quais são as caraterísticas do absolutismo e entenda a relevância deste conceito para a nossa história. Conheça quais as teorias desenvolvidas pelos historiadores para explicar o surgimento deste regime na Europa ocidental, entenda o papel da Igreja e do contexto econômico e social neste processo. Analise conosco algumas das ideias dos principais pensadores do absolutismo e descubra como justificavam a concentração de poderes nas mãos dos monarcas. Por fim, entenda como eram as diferentes dinâmicas deste sistema de governo em diversas regiões europeias, quais eram e como funcionavam as limitações aos poderes reais.

Leia mais...

Fronteiras no Tempo: Historicidade #33 Política no Império Romano tardo-antigo

por em 01/09/2020 | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo: Historicidade #33 Política no Império Romano tardo-antigo

A história de Roma, da República ao Império, exerce grande encanto sobre muitos historiadores, juristas e entusiastas da história. Para conversar conosco sobre essa temática, especialmente sobre um momento específico do Império Romano, situado no limite entre o que convencionamos chamar, para fins didáticos, de História Antiga e História Medieval, recebemos o Prof. Dr. Moisés Antiqueira (UNIOESTE).

Nesse episódio

Entenda como as configurações políticas do Império Romano no século IV da nossa era estavam em transformação, compreenda a mudança de sucessão dos imperadores nesse momento, imagine um grande tabuleiro contendo três imperadores romanos disputando o poder, surpreenda-se com a desconhecida história do imperador Vetranião e com os números gigantescos de mortes que a guerra civil romana causou e, mais do que isso, sinta-se instigado a saber mais com a reinterpretação do papel dos usurpadores do trono no Império Romano.

Leia mais...

Fronteiras no Tempo: Historicidade #32 A História em Olavo de Carvalho

por em 11/08/2020 | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo: Historicidade #32 A História em Olavo de Carvalho

Polêmica é pouco para definir essa figura que ganhou tanta notoriedade nos últimos anos. Nós aqui no Fronteiras no Tempo somos diametralmente contrários a tudo que este senhor representa assim como os seus seguidores, porém, não deixamos de reconhecer que é um fenômeno sobre o qual os historiadores também devem se atentar para uma compreensão mais ampla da sociedade presente e passada. Para isso, trouxemos o professor doutor Marcus Vinícius Oliveira, para falar conosco sobre como o pensamento olavista enxerga a história e de que maneira isso influenciou tantas pessoas da direita brasileira nos últimos tempos.

Nesta entrevista:

Entenda o contexto do surgimento e algumas das ideias que sustentaram as principais obras de Olavo de Carvalho. Conheça as bases do seu pensamento, as críticas à sociedade moderna e as suas propostas para a solução das crises que ele enxergou vivermos. Surpreenda-se com a sua visão sobre a História, suas leituras equivocadas a respeito de outros autores e os motivos da sua obsessão contra seus maiores inimigos, os comunistas e pessoas de esquerda em geral. Compreenda as diferenças do Olavo escritor para o Olavo da internet e, por fim, reflita conosco sobre como podemos encarar esse movimento com a devida responsabilidade, sem fugir do embate sério de ideias e com proposições e leituras que visem enriquecer a diversidade de pensamentos, ampliar o diálogo com a sociedade e ajudar a superar a ignorância e a intolerância que passaram a ser lugar comum nos debates políticos brasileiros.

Leia mais...

Fronteiras no Tempo #50 A Era Vargas parte 3: O Estado Novo (1937-1945)

por em 28/07/2020 | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo #50 A Era Vargas parte 3: O Estado Novo (1937-1945)

Chegamos ao episódio 50 do Fronteiras falando mais uma vez sobre a Era Vargas, especialmente sobre os anos do Estado Novo, momento de ditadura que durou de 1937 a 45. Após sete anos no poder Vargas deu um golpe, impôs uma nova constituição e passou a implantar uma série de reformas que já vinha desenhando nos anos anteriores. O projeto de Brasil criado durante essa fase do governo Vargas ainda hoje está presente na maneira como organizamos nossa indústria, o trabalho, como vemos nossa identidade nacional, em como pensamos as nossas relações políticas e em muitas outras áreas. Preparem-se, essa nossa quinquagésima viagem no tempo está repleta de momentos emocionantes e pontos para reflexão!

Neste episódio:

Descubra como Vargas deu o golpe e implantou a ditadura do Estado Novo, conheça quem o apoiava, os motivos alegados e como conseguiu se manter no poder. Reflita conosco sobre o caráter fascista do governo, buscando entender as relações deste com outros movimentos autoritários que coexistiram com ele naquele momento. Entenda o poder da propaganda política do governo e como isso se consolidou num projeto cultural para a nação, algo que se refletiu na música, nas artes e até mesmo na forma como enxergamos a nossa história. Compreenda a política varguista para o trabalho, na qual o trabalhador passou a ser considerado importante, porém, sem autonomia, devendo ser tutelado pelo Estado em diversos âmbitos. Entenda, por fim, as relações com os Estados Unidos, a participação na segunda guerra mundial e como isso ajudou a terminar com o regime e 1945 com o final do conflito. (spoiler: vamos precisar de mais episódios para terminar essa história toda).

 

Leia mais...
Modo Noturno