Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

MeiaLuaCast #263: Jogos de Terror

por em 19/09/2020 | Nenhum comentário

MeiaLuaCast #263: Jogos de Terror

O terror tem espaçco especial no mundo dos jogos digitais, explorando a escuridão e o desconhecido para trazer mundo pitorescos, incríveis e assustadores.

Seja no mistério de um crime não resolvido ou perseguido por um assassino em série, nos jogos a tensão dos personagens é transferida para o jogador que precisa controlar as mãos pra não deixar o joystick cair a cada momento de susto.

Retornamos às penumbras para explorar mais desses jogos que nos fazem tremer na base e correr na direção contrária!

Leia mais...

Números Irracionais

por em 18/09/2020 | Nenhum comentário

Números Irracionais

“Como vamos” criaturas bípedes que habitam esse planeta azul que chamamos de Terra? Espero que todos estejam bem. Sei que não está sendo fácil para ninguém por causa da pandemia e pelos tempos sombrios que a nossa ciência está passando não só no Brasil como no mundo, e seria um pouco retórico da minha parte dizer que vai melhorar e etc. (Acho que já estamos um pouco saturados de vídeos de psicólogos ou teóricos que gostam de dar palpites dizendo que tudo voltará ao normal, o que de certa forma é verdade dependendo da escala de tempo utilizada).

Leia mais...

Por que não é tabu o vestir-se “de mulher” no carnaval?

por em 17/09/2020 | Nenhum comentário

Por que não é tabu o vestir-se “de mulher” no carnaval?

Hey Judes! Como estão?

A “fantasia” de mulher ou o hábito de se vestir como mulher durante os dias de carnaval não é uma novidade para ninguém. Até porque, como acabei descobrindo durante a pesquisa, esse hábito tem registro desde muito tempo e acaba se misturando às raízes do nosso carnaval “moderno” – classifiquemos assim. Descobri que, em 1835, um anúncio oferecia, entre outros itens de fantasias, “peitos de senhora para vestir-se de mulher”. No entanto, recentemente esse costume mais que centenário foi alvo de uma campanha de desconstrução de culturas preconceituosas e racistas.

Leia mais...

Nuvens negras – um conto do Reino de Dreen

por em 16/09/2020 | Nenhum comentário

Nuvens negras – um conto do Reino de Dreen

(conto anterior)

Após vinte anos, Hamza quase foi preso pelo ciclo interno dos anciãos da Ordem. Ele vem tentando fazer os membros dos esclarecidos ajudarem outros reinos. Chegou a apresentar essa ideia com seu antigo mestre ainda quando era bem jovem e foi severamente criticado ao aceitar um convite com seu mestre para socorrer a cidade portuária independente no sul, chamada de Ponta de Battaglia. Acabaram detidos por duas semanas como exemplo aos outros membros.

Leia mais...

As consequências políticas da viagem no tempo: Uma resenha de Snowglobe

por em 15/09/2020 | Nenhum comentário

As consequências políticas da viagem no tempo: Uma resenha de Snowglobe

Especular sobre viagem no tempo é meio difícil. Para isso, você precisa conhecer um pouco de teoria da relatividade ou de alguma hipótese quântica sobre o tema (muito embora ter uma teoria quântica sobre o tempo seja difícil e pouco consensual). Tá ok, você também pode só ver Interestelar, se estiver sem tempo (trocadilho péssimo). Mas em Snowglobe, novo livro de Fábio Barreto (de quem eu já era fã ouvindo as participações no Rapaduracast), a viagem no tempo é um pano de fundo diferente de um thriller pessoal. Em vez de focar nos paradoxos e na hard science envolvida na viagem, Barreto já começa o livro fazendo o leitor se perguntar sobre as consequências políticas e econômicas da viagem no tempo. Seria o fim de todas as guerras ou apenas início de novas? Governos se uniriam ao contemplar um futuro devastado por guerras, a fim de evitá-lo? Como o mercado reagiria? As perguntas são muitas, mas o foco da história é outro.

Leia mais...

Games no Lab: Corridas de carros, sabotagem, La Résistance e agentes especiais

por em 14/09/2020 | Nenhum comentário

Games no Lab: Corridas de carros, sabotagem, La Résistance e agentes especiais

Games baseados na Segunda Guerra Mundial existem aos montes e de diversos gêneros, desde os mais “mainstreams” como os FPS’s das séries Call of Duty, Medal of Honor e Battlefield até os nem tão conhecidos como os RTS’s da série Company of Heroes. Porém games de ação com um mundo aberto para exploração (tipo GTA) são poucos, esse é o caso de The Saboteur. Último game da desenvolvedora Pandemic Studios (mais um dos vários estúdios que a EA fechou as portas), The Saboteur traz um enredo focado no personagem Sean Devlin, um irlandês piloto de corridas de carro que depois de alguns eventos se vê no meio da invasão alemã à França, durante a Segunda Guerra Mundial. Suas ações nesse cenário acabam tornando-o um espião a serviço dos Aliados e agindo na capital Paris.

Leia mais...
Modo Noturno