Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Os mitos da alimentação: O ovo e o colesterol

por em 16/11/2021 | Nenhum comentário

Os mitos da alimentação: O ovo e o colesterol

Não é de hoje que observamos o quanto os alimentos possuem mitologias próprias, no que se referem às apreensões, medos, potencialidades e desejos que são capazes de gerar aos consumidores de forma geral. Alguns desses “mitos” possuem certa base lógica, pois muitas informações foram tiradas da gastronomídia (lembra-se dela neste texto aqui?), como os benefícios da fibra de sementes.

Outros alimentos, porém, foram vítimas de “estudos” que acabaram por minar a sua reputação, gerando dúvidas na cabeça dos comensais mais antenados nas notícias sobre saúde. Este ambiente contraproducente de informação e de rápida mudança de hábitos é responsável por gerar cacofonia alimentar (Leia mais sobre este fenômeno aqui), quebrando paradigmas consolidados de saúde e de hábitos alimentícios.

Leia mais...

A revelação do espírito livre genuíno schopenhauriano na persona de Hyuuga Neji

por em 11/11/2021 | Nenhum comentário

A revelação do espírito livre genuíno schopenhauriano na persona de Hyuuga Neji

Márcio Danelon apresenta, em “As características do educador: uma leitura nietzschiana à luz de Schopenhauer como educador”, a relação entre Filosofia e ensino como elemento central. Considera, assim, a importância da primeira para conferir sentido à segunda. Nesse sentido, destaca que a contribuição filosófica é dada pelos filósofos para que assim possamos pensar a educação.

Se adicionarmos o trabalho de Andrea Genis, “El gênio y lo genuino que hay em nosotros, vigencia del pensamiento educativo em Nietzsche”, essa ideia fica mais clara. Isso porque a autora sinaliza a existência de um certo grau de preocupação com a educação inserida nas obras do alemão além de ser possível encontrar em “Schopenhauer como educador” toda uma caracterização do gênio, aquele de onde tender toda a educação em seus níveis mais altos. Mas também, aquele que tem uma função social norteadora.

Leia mais...

Precisamos falar sobre a prova: o papel das avaliações

por em 09/11/2021 | Nenhum comentário

Precisamos falar sobre a prova: o papel das avaliações

Nesse texto gostaria de convidar vocês a refletirem sobre qual é o papel das avaliações na educação. Talvez a primeira coisa que venha à mente é que as avaliações permitem saber se estudantes estão aptos a passar para o próximo nível ou não. Essa é, de fato, uma função, talvez a que mais vemos. Mas será que é só isso?

Já percebi outras funções ao ouvir alguns professores falando de suas avaliações: filtrar estudantes, forçar estas pessoas a estudar etc. Mas será que a avaliação não pode ser mais que isso? É daqui que quero partir.

Leia mais...
Modo Noturno