Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

O País dos Cegos e outras histórias – Resenha

por em 26/08/2021 | Nenhum comentário

O País dos Cegos e outras histórias – Resenha

Conhecido por seus romances de ficção científica, principalmente “A Máquina do Tempo” e “A Guerra dos Mundos”, H. G. Wells foi também um grande escritor de contos. Em “O País dos Cegos e outras histórias”, o escritor e tradutor Bráulio Tavares selecionou 18 pequenas histórias, que inclusive podem ter servido de inspiração para algumas mais conhecidas.

Leia mais...

Resenha: Os Sete Maridos de Evelyn Hugo

por em 24/08/2021 | Nenhum comentário

Resenha: Os Sete Maridos de Evelyn Hugo

“Às vezes as coisas acontecem tão rápido que a gente só percebe quando já começaram.”

Antes de eu começar a ler Os sete maridos de Evelyn Hugo, eu tive, sem exagero, umas 10 pessoas que, além de recomendarem o livro, estavam verdadeiramente animadas para que eu compartilhasse com elas aquela história. Confesso que achei as reações muito exageradas até devorar as 352 páginas em menos de três dias.

Leia mais...

Games no Lab: Ladrões, jogos de plataforma, mãos hábeis e GuaxaVerso

por em 20/08/2021 | Nenhum comentário

Games no Lab: Ladrões, jogos de plataforma, mãos hábeis e GuaxaVerso

Durante os anos 90, era comum empresas de games terem mascotes de representassem a marca, senso nos seus games ou em propagandas. Mario e Sonic são o exemplo máximo disso, representando a guerra entre consoles travada pela Nintendo e pela Sega na mesma época. Mas outras empresas também queriam ter seus mascotes e com isso surgiram outros nem tão famosos ou adorados, como Aero the Acro-Bat ou Bubsy. Já Crash Bandicoot foi um grande querido dos fãs da Sony, apesar de não ser oficialmente o mascote da marca.  

Leia mais...

Neutrófilo, nossa “Célula-Aranha”

por em 19/08/2021 | Nenhum comentário

Neutrófilo, nossa “Célula-Aranha”

Nem todo herói usa capa, alguns usam seu material interno para combater o crime. Dão sua vida para proteger um bem maior: Você!

Hoje vou comentar um pouco do nosso herói com muita causa (na maioria das vezes). Ele é conhecido por alguns nomes, alguns bonitos e outros nem tanto, tais como polimorfonuclear (devido ao seu núcleo, que se apresenta em vários formatos; PMN) e neutrófilo. Além disso, dependendo de sua idade, também pode ser chamado de bastonete, que é sua fase mais jovem e está presente na medula óssea (e pode aparecer no sangue em alguns casos).

Neutrófilos, corajosos e destemidos como são, entre as células sanguíneas, se apresentam primeiro para o combate de qualquer invasor. Ora, essas células atingem o tecido que necessita de ajuda em pouco tempo e morrem nessa luta, tendo sua vida fora do vaso sanguíneo de apenas 1 a 2 dias. São os kamikazes da imunidade. Dão a vida para nos proteger. Por isso, deixo aqui minhas homenagens ao exaltar essa comunidade.

Leia mais...
Modo Noturno