Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Quando resistir não é benéfico ao ser humano: os mecanismos evolutivos de resistência das bactérias

por em 13/09/2021 | Nenhum comentário

Quando resistir não é benéfico ao ser humano: os mecanismos evolutivos de resistência das bactérias

Dando continuidade à série de textos em que abordo consumo de antibióticos, agropecuária e resistência bacteriana, hoje tratarei dos mecanismos de resistência.

Para acompanhar a série, você pode acessar o primeiro texto aqui, no qual discorro sobre como tudo começou e o porquê de o assunto ser tão relevante. No segundo texto, aqui, falo sobre a diferença entre antibióticos e anti-inflamatórios e porque devemos usá-los corretamente, e no último texto, aqui, sobre a morfologia bacteriana.

Como todo ser vivo, os microrganismos também precisam se adaptar ao ambiente em que vivem para sobreviver. Da mesma forma que as girafas foram selecionadas por conseguirem acessar as folhas em árvores mais altas, bactérias, protozoários, vírus e outros microrganismos que conseguem se adaptar ao meio adverso em que vivem são selecionados para perpetuar a espécie. Uma forma de adaptação é o desenvolvimento de mecanismos para fugir da ação de antimicrobianos.

Leia mais...
Modo Noturno