Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Os primórdios do Romance Policial e suas ramificações

por em 02/11/2021 | Nenhum comentário

Os primórdios do Romance Policial e suas ramificações

Quando estudamos Literatura norte-americana, usualmente começamos com o colonialismo, período literário em que os autores (em sua quase totalidade homens brancos ricos, muitos em posição de poder político) descreviam a vida nas colônias, a importância da religião, as experiências nas lavouras, e como se esperava que os indivíduos se comportassem, trazendo assim textos de cunho moral bastante opressores. Falo mais detalhadamente sobre esse movimento literário dos primórdios da história dos Estados Unidos aqui.

Leia mais...

Colagens na música parte 1 – A genialidade de Daft Punk

por em 16/09/2021 | Nenhum comentário

Colagens na música parte 1 – A genialidade de Daft Punk

Na contemporaneidade, as produções artísticas se apropriam de uma liberdade que vai além das caixinhas predeterminadas que colocam cada expressão artística em um lugar delimitado. Uma das questões mais discutidas, praticadas e analisadas nas artes nos tempos atuais é a inespecificidade. São manifestações artísticas que não podem ser classificadas em uma categoria específica. Discorro mais sobre nesse texto.

Leia mais...

Frutos estranhos

por em 06/07/2021 | Nenhum comentário

Frutos estranhos

Foi numa disciplina do Mestrado (faço Mestrado em Estudos Literários) com um nome um pouco assustador, que resgatei toda a minha paixão pela Billie Holiday. Mas demorei para chegar lá. A disciplina denominada Inespecificidade, Colagens e Deslocamentos na Arte e na Literatura me deu bastante dor de cabeça no começo. Fiz uma síntese crítica, primeira avaliação da disciplina, que fugiu totalmente do tema, penei, e não conseguia assimilar completamente o conceito de inespecificidade (que foi o primeiro que estudamos). A grosso modo, podemos pensar que são criações artísticas que não cabem em uma caixinha só, em uma definição específica de arte. Seria uma obra literária que não é nem prosa, nem poesia. Uma instalação que é escultura, pintura e apresentação musical; tudo isso junto, e ao mesmo tempo nada disso. Mas antes de cair em reducionismos baratos, vou contar como cheguei a algum entendimento sobre o tema. Corri para algo que já me era familiar: a música. E esse foi meu ponto de partida.

Leia mais...

Homens são mais fortes que mulheres?

por em 20/05/2021 | Nenhum comentário

Homens são mais fortes que mulheres?

Em tempos de polarização, de diálogos e argumentos rasos, em que reforçamos nossas próprias ideias de como o mundo deveria ser nas redes sociais, que são desenhadas para que vejamos só o que queremos ver e tenhamos só amigos que pensam da mesma forma que nós, me parece um tanto enriquecedor, vez ou outra, ter uma amizade improvável, como a de um cachorro com uma tartatuga, num vídeo fofo que viraliza na Internet.

Leia mais...

Modo Noturno