Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Games no Lab: Total Recall, combos, DJ de memórias e… esqueci

por em 07/08/2018 | Nenhum comentário

Games no Lab: Total Recall, combos, DJ de memórias e… esqueci

Life is Strange surpreendeu muita gente quando foi lançado. A narrativa e história conquistaram muitos fãs e vários sites especializados consideraram o game como o melhor de 2015, porém esse não foi o primeiro game da desenvolvedora francesa Dontnod Entertainment. De uma parceria com a Capcom, nasceu Remember Me em 2013, que, apesar do nome, acabou caindo no esquecimento (tá prometo me segurar nas piadas e trocadilhos). O game se passa ano de 2084, nas ruas de Neo Paris, cidade que é controlada pela megacorporação Memorize, empresa criadora do implante cerebral SENSEN (Sensation Engine), que permite que as pessoas digitalizem suas memórias e compartilhem umas com as outras. Porém, por trás dessa tecnologia, há uma trama de vigilância constante e o controle da população. Portanto, vamos juntos apagar lembranças e implantar outras, além de descobrirmos o que a ciência já sabe sobre memórias e se já é possível altera-las.

Leia mais...

Games no Lab: Segunda Guerra Mundial, raios-X e o poder da matemática

por em 13/07/2018 | Nenhum comentário

Games no Lab: Segunda Guerra Mundial, raios-X e o poder da matemática

Em meio aos acalorados e cinematográficos tiroteios da Segunda Guerra Mundial apresentados por franquias como Call of Duty, Battlefield e o finado Medal of Honor, uma série se destacou por apresentar uma abordagem mais “realística” do mesmo período. Desenvolvido pela Rebellion Developments, Sniper Elite é um game de tiro tático que já conta com 4 títulos principais e 3 spin offs, colocando o jogador na pele de um atirador de elite que realiza missões de espionagem e infiltração durante todo o período da guerra. Utilizando um rifle sniper, o jogador deve considerar alguns princípios da física a cada disparo de longa distância para que a bala acerte o alvo. Portanto, se acomode em algum lugar estratégico e prepare seu rifle, pois hoje falaremos sobre Sniper Elite e aprenderemos um pouco sobre balística.

Leia mais...

Games no Lab: Animais artificiais, o fim da humanidade e ruivas novamente

por em 08/06/2018 | Nenhum comentário

Games no Lab: Animais artificiais, o fim da humanidade e ruivas novamente

2017 foi um ano com grandes games. Entre os vários que disputaram o prêmio de melhor do ano, um chamou a atenção pela sua ótima história, gráficos incríveis, por ser uma nova IP (propriedade intelectual) e pela sua ambientação. Horizon: Zero Dawn da Guerrilla Games apresentou um mundo pós apocalítico dominado por máquinas, onde o que restou da humanidade voltou a viver de forma primitiva e tribal, tratando a tecnologia remanescente como algo proibido e profano. As máquinas agora dominantes não eram simples robôs assassinos ou coisas do tipo, elas possuíam formas e comportamentos de animais, fazendo parte do novo ecossistema daquele mundo. Mas será que estamos longe de conceber máquinas desse tipo? A resposta é não, e elas até já existem. É o que veremos nesse texto, então pegue seu arco, suas flechas de fogo e vamos caçar animais artificiais ao lado da ruiva Aloy.

Leia mais...

Games no Lab: Tesla, Triângulo das Bermudas e o sonho de voar

por em 10/05/2018 | Nenhum comentário

Games no Lab: Tesla, Triângulo das Bermudas e o sonho de voar

Em 2010 a recém criada e independente desenvolvedora Airtight Games, em parceria com a Capcom, lançou seu primeiro game, o shooter Dark Void. Com versões para PS3, Xbox 360 e PC, o game não teve boa recepção por parte da crítica e do público, as maiores reclamações foram devido a mecânica de tiros genérica, animações toscas e muitos bugs. Porém, no meio disso tudo, uma ideia chamou a atenção e, nos momentos em que foi utilizada, proporcionou momentos incríveis: o sistema de voo usando um jetpack (mochila a jato). Apesar de não ser nada original, o gameplay nessas partes era muito satisfatório e trazia uma sensação de liberdade, mexendo com um sonho bem antigo da humanidade, o sonho de voar. É com isso em mente que vamos entender como funciona um jetpack e como ele já é uma realidade no nosso mundo. Então já vista o seu e através da ciência vamos voar pelos céus de Dark Void.

Leia mais...

Games no Lab: Parasitas, ganados, um agente especial e aquela filha chata do presidente

por em 18/04/2018 | Nenhum comentário

Games no Lab: Parasitas, ganados, um agente especial e aquela filha chata do presidente

Shinji Mikami estabeleceu as bases do gênero survival horror quando lançou o primeiro Resident Evil (claro que também devemos dar crédito a Alone in The Dark que pavimentou o caminho antes), porém ele também foi o responsável por mexer nessas bases e evoluir o gênero lançando Resident Evil 4 em 2005. Inicialmente o título saiu com exclusividade para o Nintendo Game Cube, mas posteriormente foi portado para diversos consoles e dispositivos que hoje já deve até existir uma versão até para Smart TVs.

Controlando o agente especial Leon S. Kennedy, somos levados até uma área rural da Espanha atrás da filha do presidente dos EUA, que foi sequestrada por uma seita misteriosa. O game deixou de lado os famigerados zumbis contaminados com o T-Virus e nos apresentou inimigos sobre o controle de parasitas conhecidos como “Las Pragas”. E você sabia que muitas características encontradas nesses parasitas são reais? Será que existe algum parasita que pode mudar o comportamento de um humano ou até mesmo controla-lo? Responderemos essas e outras questões ao longo do texto. Portanto racione muito bem sua munição e itens pois hoje balançaremos a franja falando sobre Resident Evil 4 e parasitas.

Leia mais...
Modo Noturno