Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Raios Banidos

por em 15/06/2020 | Nenhum comentário

Raios Banidos

Vocês já se pegaram pensando de onde surgiu uma marca? De onde veio o produto? E o que levou ao produto que se encontra na sua frente? Pois eu sempre me deparo com estas questões …

Leia mais...

Qual a relevância da transferência de calor?

por em 11/06/2020 | Nenhum comentário

Qual a relevância da transferência de calor?

Maio chegou e com ele alcançamos o marco de dois meses de isolamento social. Todo mundo ansioso e com saudades de atividades ao ar livre e eis que surjo com um tema indigesto: por que engenheiros se preocupam com a transferência de calor? Alguns provavelmente vão protestar afirmando que desde que terminaram o Ensino Médio nunca mais usaram isso, mas isso não é verdade. Talvez vocês não tenham se dado conta, mas somos expostos a esses conceitos diariamente.

Leia mais...

Quântica é só Schrödinger? Nããão, apresento-vos a DFT.

por em 10/06/2020 | Nenhum comentário

Quântica é só Schrödinger? Nããão, apresento-vos a DFT.

Olá, meus lindes, tudo bom com vocês? Fique em casa.

Eu devo admitir que estava com um medinho de falar de mecânica quântica (MQ) aqui nos textos, mas o texto do Leo Souza (não somos parentes) me libertou disso (Clica aqui pra ver o esse texto maravilindo). Vim aqui falar um pouquinho com vocês dela, a MQ, e puxar um pouco de sardinha pra minha área de atuação, a física de materiais.

Leia mais...

“Depois disso, logo, causado por isso”… Será?

por em 09/06/2020 | Nenhum comentário

“Depois disso, logo, causado por isso”… Será?

Isso é uma falácia!

O termo falácia vem do verbo fallere, em latim, que significa enganar. Se alguma vez você topou com um raciocínio logicamente errado, mas com aparência de verdadeiro, as chances são grandes de você ter estado diante de uma falácia argumentativa, ou como é rotineiramente chamada: uma falácia. O artigo da Wikipédia sobre falácia tem um trecho muito interessante, que diz:

Reconhecer as falácias é por vezes difícil. Os argumentos falaciosos podem ter validade emocional, íntima, psicológica, mas não validade lógica. É importante conhecer os tipos de falácia para evitar armadilhas lógicas na própria argumentação e para analisar a argumentação alheia.

Leia mais...
Modo Noturno