Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

O diálogo constitui conhecimento

por em 27/03/2020 | Nenhum comentário

O diálogo constitui conhecimento

A ciência mais antiga, a astronomia, hoje possui uma capacidade ampla de estudar o céu. Pensando apenas no desenvolvimento deste conhecimento do século XV até hoje, houve uma mudança que foi do modelo geocêntrico até a compreensão de um universo observável com 93 bilhões de anos-luz de diâmetro.
Nessa imensa escuridão circundante o nosso olhar se depara com inúmeros pontinhos. Das estrelas fixas aos errantes (que hoje entendemos ser os planetas), essas que formavam o antigo “firmamento” foram estudadas com afinco – hoje sabemos como elas se formam e evoluem, até a sua morte.
As diferentes formas de estudar as estrelas nos permitem descobrir muitas informações sobre elas – temperatura, raio, massa, luminosidade, composição química, rotação, formato e idade –, mas elas não se restringem a isso.

Leia mais...

Há Verdade?

por em 06/01/2020 | Nenhum comentário

Há Verdade?

“Se ninguém me pergunta, eu o sei; mas se me perguntam, e quero explicar, não sei mais nada.” [1]

Em nossas referências culturais mais primitivas aprendemos uma palavra muito forte, balizadora, aquela que elucidada, ilumina, uma palavra que se opõe a toda e qualquer falsidade; a Verdade. De fato, o valor dessa palavra nos parece bem claro. Afinal, não há dúvida nessa premissa – ela é intransponível, imutável, absoluta, e portanto eterna.

Leia mais...

Afinal, o que é a luz?

por em 06/02/2019 | Nenhum comentário

Afinal, o que é a luz?

Chegamos à conclusão dessa linha de textos que veio iluminar as últimas três semanas de vocês (texto 1, texto 2, texto 3). Na física clássica é comum imaginar que há duas categorias de coisas: as formadas por partículas e as formadas por ondas (mecânicas ou eletromagnéticas). A diferença fundamental entre onda e partícula é que a onda não carrega matéria, ela se move através dela levando energia e informação.

Leia mais...
Modo Noturno