Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Por que pessoas estão usando menos o metrô de Londres?

por em 18/12/2019 em Ciência | Nenhum comentário

Por que pessoas estão usando menos o metrô de Londres?

Após mais de 100 anos de crescente expansão e utilização do metrô de Londres, a imprensa britânica vem discutindo a diminuição da demanda pelo metrô de Londres no ano passado. 

Você pode se perguntar o que tem de importante na utilização do Metrô de Londres na sua vida, caso você não seja um cidadão londrino. Bom, uma série de tendências que levaram ao decréscimo da utilização do metrô em Londres está ocorrendo em várias cidades pelo mundo e possivelmente está ocorrendo no Brasil também.  A autora de um post recente, Nicole Badstuber, fez uma ótima análise aqui das causas e vou tentar resumir as conclusões dela. Caso o(a) caro(a) leitor(a) tenha bom domínio da língua inglesa, eu aconselho a leitura na fonte primária porque é bem detalhada sem se prender demais em detalhes técnicos.

Historicamente, a demanda pelo transporte público em Londres sempre acompanhou outras duas variáveis: população e número de vagas de emprego. No entanto, desde 2014 o ritmo de ambos não é o mesmo. Pela série histórica, eles chegaram a conclusão que o cidadão londrino está realizando 20% menos viagens que uma década atrás.

E por que exatamente as pessoas estão viajando menos? Nas chamadas viagens obrigatórias ou não flexíveis (ir ao trabalho, escola ou faculdade), não houve grande alteração. No entanto, as viagens discricionárias (lazer, compras, etc) diminuíram drasticamente como viagens para realizar compras e lazer. A queda destas viagens foram maiores que 20%

Bom, alguém poderia argumentar uma possível causa da diminuição da demanda do metrô estaria ligada ao aumento da utilização de carros. No entanto, isto não parece ser o caso já que a utilização do carro também tem diminuindo consistentemente. Curiosamente, apesar dessas diminuições, o congestionamento está aumentando

E aqui vem uma das explicações que aumenta parte do aumento do congestionamento e da diminuição do número de viagens. Hoje em dia há uma quantidade maior de veículos de entrega que décadas atrás pois estão fazendo entregas de encomendas realizadas pela internet. Isto quer dizer que parte da diminuição das viagens ocorre devido a substituição de compras presenciais e compras on-line

Outro fator para o aumento do congestionamento foi a maior utilização de serviços de entrega ponto a ponto tipo Uber em vez do transporte público. O número de viagens por esse tipo de serviço cresceu drasticamente até 2017 mas viu uma pequena diminuição no último ano.

Por último e outra coisa que não pensamos muito. A população que mais viaja e em especial que utiliza o transporte público são jovens. No entanto a proporção da população entre 17 e 24 anos tem diminuído enquanto a população entre 25-44 está estável.

Enfim, esses são alguns dos aspectos que interferem no planejamento urbano. Ainda que pareça que a área de transporte é uma ciência dura, uma grande porção do planejamento urbano e de transportes são ciências humanas e é realmente desafiador prever o que um monte de primatas como nós vai fazer durante o dia.

Referências

Referência principal

Referência para imagem de capa.

 

Modo Noturno