Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

O homem biônico: Os avanços que irão tornar a deficiência física obsoleta

por em 12/08/2019 | Nenhum comentário

O homem biônico: Os avanços que irão tornar a deficiência física obsoleta

O termo deficiência física é estigmatizante, no dicionário da língua portuguesa significa falta ou perda de algo que irá invariavelmente levar ao prejuízo da “eficiência” físico-motora de um indivíduo. Porém o termo acima traduz o sentimento de impotência pelo menos inicial de todos que infelizmente passam por um processo de perda, deformidade ou paralisia de um ou mais membros, ou de todo o corpo. Muito tem sido feito pela reintegração social destas pessoas, de modo que mesmo com a limitação física, consigam todos ser autossuficientes em suas atividades e necessidades da melhor maneira possível. Isso é o que a política social pode fazer por esses cidadãos. E a ciência? O que a nossa mais poderosa ferramenta de ir além de qualquer limite dito natural anda fazendo nesta área? Neste texto discutiremos como a ciência pretende substituir o deficiente físico pelo homem biônico.

Leia mais...

A partícula elementar da programação

por em 09/08/2019 | Nenhum comentário

A partícula elementar da programação

Por algum tempo o átomo foi considerado a partícula indivisível da matéria. Porém, com o avanço tecnológico, descobriu-se que os átomos são divididos em prótons, nêutrons e elétrons, e que estes também são formados por partículas mais elementares [1,2]. Possivelmente venhamos a descobrir partículas ainda mais elementares.

Agora imagine se conhecêssemos a partícula mais elementar de todas? E, mais do que isso, imagina se pudéssemos manipular esta partícula como quiséssemos? O que seríamos capazes de criar? Consegue imaginar o poder deste advento? O que poderia ser feito ao manipular com exatidão essas partículas que dão origem a tudo?

Leia mais...

Por que o xixi é amarelo? (SciKids #24)

por em 08/08/2019 | Nenhum comentário

Por que o xixi é amarelo? (SciKids #24)

Diante do sucesso do nosso episódio especial do Dia das Crianças, resolvemos criar mais um spin-off do SciCast! Agora respondendo as perguntas mais interessantes, inesperadas e fofas dos nossos pequenos cientistas.

E se você tem um mini cientista em casa pode nos mandar suas mais intrigantes perguntas pelo [email protected]

E, lembrando, que cada nova loucura dessa, cada novo spin-off, depende diretamente do patronato do SciCast. Seja Patrono. Confira os links nesse post ;)

Perguntas do episódio:

“Por que o xixi é amarelo?” Pergunta feita pelo João de 4 anos

“Como a gente faz a transformação dos alimentos em xixi e cocô?” Pergunta feita pela Sofia de 8 anos

“Como os ventos surgem?” Pergunta da Miriam de 10 anos

Leia mais...

O papel das especiarias nas Grandes Navegações – parte 4/4: conflitos pelas especiarias nos séc. XVI e XVII

por em 07/08/2019 | Nenhum comentário

O papel das especiarias nas Grandes Navegações – parte 4/4: conflitos pelas especiarias nos séc. XVI e XVII

No primeiro texto desta série, vimos as aplicações das especiarias na Idade Média como itens de luxo e medicinais e o efeito de suas substâncias no organismo. No segundo texto, entendemos como elas chegavam à Europa Ocidental passando por navegadores árabes e monopólios no Oriente Médio e no Mediterrâneo. E finalmente vimos no terceiro texto como a busca por novas rotas diretas até as especiarias incentivaram as Grandes Navegações e como Portugal conseguiu o controle sobre as fontes das lucrativas especiarias. Mas e os outros Estados europeus? Como reagiram ao fato de realmente existir rota alternativa pelo mar para se chegar ao Oriente?

Leia mais...

Brasil e o comércio internacional

por em 06/08/2019 | Nenhum comentário

Brasil e o comércio internacional

Hoje o texto vem com um gostinho de Spin de Notícias porque falaremos sobre comércio internacional e desenvolvimento, motivados pelo grande passo que Mercosul e União Europeia deram em direção a um acordo comercial entre as partes. Enquanto esse texto é escrito, poucas informações foram liberadas sobre os detalhes desse acordo, o que, por um lado dificulta sua análise, mas por outro, dá a oportunidade de trazer a discussão do comércio e os porquês de ele ser tão útil, mesmo não sendo uma panaceia.

Leia mais...
Modo Noturno