Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Game jams: e dá pra fazer um jogo em 48 horas mesmo?

por em sex 12America/Sao_Paulo jan 12America/Sao_Paulo 2018 | Nenhum comentário

Game jams: e dá pra fazer um jogo em 48 horas mesmo?

Todo mundo joga. E eu não falo exatamente de jogar videogames, eu falo de jogar alguma coisa. Pode ser o Mario ou o Sonic da sua infância, o Overwatch ou o LoL que os jovens gostam hoje, o Truco ou o Buraco do churrasco de domingo passado, aquele jogo de tabuleiro invocado que seu primo que mora no exterior comprou ou até mesmo o Pega-Pega ou o Esconde-Esconde que você vive falando que os jovens deviam brincar ao invés de ficar no computador o dia todo (jogando Overwatch ou LoL).

Mas você já parou pra pensar que alguém teve que pensar e fazer esses jogos todos? Programar os níveis, desenhar os personagens e os cenários, compôr as músicas, escrever o roteiro…

Leia mais...

Por que o tráfego “anda e para” em rodovias?

por em ter 09America/Sao_Paulo jan 09America/Sao_Paulo 2018 | 2 comentários

Por que o tráfego “anda e para” em rodovias?

Quem tem um parente que não costuma ser bem humorado no trânsito já deve ter ouvido “por que raios o tráfego chega a parar na rodovia sem motivos já que não tem nem semáforos?” e, possivelmente, a reclamação é seguida por buzinadas. Com certeza, não é intuitivo este fato. Em uma rodovia com várias faixas e sem semáforos, não deveria haver motivo para o tráfego parar completamente, porém, é fato que isto de vez em quando acontece.

Leia mais...

Resenha — Jumanji: Bem-vindo à Selva — este game vai tentar te matar, e você vai adorar

por em ter 26America/Sao_Paulo dez 26America/Sao_Paulo 2017 | Nenhum comentário

Resenha — Jumanji: Bem-vindo à Selva — este game vai tentar te matar, e você vai adorar

Jumanji (1995) foi uma aventura acima de tudo descompromissada. O filme original, baseado num livro e dirigido por Joe Johnston (Rocketeer, Capitão América: O Primeiro Vingador), foi um sucesso de público, graças principalmente à atuação genial de Robin Williams como o protagonista. Ele era um homem que ficou 26 anos preso dentro de um jogo de tabuleiro e ao sair precisava, a todo custo, finalizar a partida, não importando que perigos da selva surgissem a cada rolar de dados. Era leve, divertido e isso bastava.

Por isso muita gente ficou preocupada com o anúncio de que fariam uma sequência, mas no fim das contas Jumanji: Bem-vindo à Selva tanto respeita o legado como caminha com as próprias pernas, contando uma história original e bem divertida.

Leia mais...