Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Filme Jogador Nº1 – ALALA

por em 02/04/2018 em Entretenimento | Nenhum comentário

Filme Jogador Nº1 – ALALA

O filme Jogador Nº1 é uma adaptação do livro homônimo de Ernest Cline, “fenômeno mundial”, que chega aos cinemas este mês. Com direção de Steven Spielberg e um show de referências à cultura pop e geek, é diversão garantida?

disclaimer: Este é um ponto de vista de alguém que não leu o livro

Ready Player One, no original, é um título que faz alusão à tela inicial de videogames antigos de arcade, onde tal frase aparece, aguardando que o jogador comece.

Tela preta, sem nada além da frase "ready player one"

“O filme é ambientado em 2045, com o mundo à beira do caos e do colapso. Contudo, as pessoas encontraram refúgio no OASIS, um amplo universo de realidade virtual criado pelo genial e excêntrico James Halliday (Mark Rylance). Quando Halliday morre, ele deixa sua fortuna para a primeira pessoa que encontrar um easter egg escondido por ele mesmo em algum lugar do OASIS, dando origem a uma competição mundial. Quando um jovem e improvável herói chamado Wade Watts (Tye Sheridan) decide participar da competição, ele é lançado a uma caça ao tesouro arriscada e capaz de distorcer a realidade através de um fantástico universo de mistérios, descobertas e perigos.”

A maior parte das cenas acontece dentro desse mundo virtual, muito bem construído e animado, aliás.

um De Lorean manobra entre bolas de demolição gigantes destruindo a rua, no jogo virtual

Uma vez que a premissa é que o OASIS foi criado por um cara muito nerd e fã de cultura pop, a enchurrada de referências a filmes, jogos e livros tem sua razão de ser. Inclusive, a própria saga dos personagens é justamente entender essas referências, os gostos e a mente de quem as colocou lá, para conseguirem desvendar os mistérios e chegar ao cobiçado prêmio.

Personagem James Halliday, criador do OASIS.

Mas não é preciso ser um nerd nostálgico cheio de bagagem de videogames, filmes e quadrinhos para gostar do filme. A história flui bem. Apesar de ser clichê, há alguns momentos de tensão, e o ritmo é bom. Os problemas são resolvidos com certa facilidade, mas não deixa de ser divertido ver as cenas de ação e aventura no caminho.

Tanto os personagens ‘reais’ quanto seus avatares virtuais são muito cativantes. A trupe de jovens e a direção trazem aquela sensação de filmes como Os Goonies, ET, Clube dos Cinco e afins, o que torna fácil se empolgar e torcer por eles.

E mais: se você for um nostálgico entusiasta da cultura pop, certamente dará algumas risadas e terá seu coração aquecidinho.

O OASIS é, de certa form,a um carnaval, um grande desfile de carros alegóricos.

E assim, anuncio as notas apuradas do filme após uma breve sessão individual de considerações:

Direção: Nota .. 10

Harmonia: Nota .. 9

Enredo: Nota .. 5

Atuação: Nota .. 7

Temática: Nota .. 8

Efeitos visuais: Nota .. 9

Diversão: Nota.. 8

Referências: mais de 8000

Resumindo: é um filme bem animado (nos dois sentidos), com boas mensagens, bonito e divertido, mas sem complexidade ou aprofundamento.

E fica a indagação… onde será que está o easter egg escondido no filme para os espectadores?

 

 

Modo Noturno