Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Hercólubos, o Planeta Que Não Existe

por em qui 25America/Sao_Paulo ago 25America/Sao_Paulo 2016 em Ciência, Comunidade, Naelton Araujo | 9 comentários

Hercólubos, o Planeta Que Não Existe

De tempos em tempos esta história da carochinha volta a ocupar os jornais e dar trabalho para nós astrônomos e divulgadores de astronomia. Mais uma vez temos que dizer que nada disso faz sentido. A Ciência precisa falar a verdade e contrariar muitas pessoas que querem crer nestas fábulas. Imagine se é possível esconder um planeta inteiro de uma verdadeira multidão de telescópios no mundo inteiro. O planeta hipotético tem até nome: Hercólubos.

De onde surgem estas ideias malucas?

Alguém já chamou de Trindade do Mal da Divulgação Astronômica: três sujeitos que escreveram muitas bobagens. Estas astrobobagens até hoje prejudicam o conhecimento público da Astronomia devido a sua carga de pseudociência. São eles Immanuel Velikovsky (1895-1979), Erich von Däniken (1935-) e Zecharia Sitchin (1920-2010). Seus respectivos livros pseudocientíficos: Mundos em Colisão (1950), Eram os Deuses Astronautas? (1968) e 12o Planeta (1976). Todos estes livros forneceram lenha para “fogueira” bizarra chamada de teoria dos astronautas antigos. Foi Sitchin que forjou o termo Nibiru, um nome sumério para um planeta errante que estaria em rota de colisão com Terra. O nome Hercóbulos foi inventado por um místico mais recente. Mas não passa de reedição da mesma bobagem mística, as mesmas características “mágicas”: planetas invisíveis que um dia vão acabar com a Terra. Muda o nome, mas o mito não se renova: como uma hidra de onde nascem duas cabeças mesmo quando se corta uma.

A teoria do alienígena do passado segue a seguinte premissa: achou alguma coisa antiga que não sabe explicar? É alienígena.

aliens do passado

Achado arqueológico: não sabe explicar? Deve ser alienígena.

Desde que inventaram as teorias conspiratórias (tipo Área 51 e etc) os místicos justificam a ausência de provas pelo controle da informação por órgão governamentais como a NASA.

Nem Hollywood consegue esconder planetas inteiros

Isso me lembra da trama fantasiosa do filme Impacto Profundo (1998). Um astrônomo descobre um cometa de 11 quilômetros em rota de colisão e “eles” (o governo conspiracionista) conseguem esconder a história por todo um ano e mesmo assim uma repórter descobre.

Impacto Profundo (1998) Oficial

Cartaz do filme Impacto Profundo, onde um cometa gigante segue em direção a Terra e o governo consegue esconder isso por quase um ano. Totalmente Hercóbulos.

Você tem que ler este artigo: http://revistagalileu.globo.com/blogs/olhar-cetico/noticia/2014/12/ensaio-sobre-os-temiveis-planetas-gigantes-que-nunca-colidem-com-terra.html

Nibirutas do meu Brasil e Danikistas de Plantão leiam mais este artigo: http://www.ceticismoaberto.com/ufologia/7701/erich-von-daniken-mentiras-fraudes-e-bananas

Para completar: sobre o Nono Planeta.

 

  • Fernando Malta

    Você claramente faz parte DELES, Naelton. Não tente se esconder!!!
    #HercóbulosVemNiMim

    • Naelton Araujo

      hum… bom… então…olhe para esta luzinha aqui:

      • Dany Madrid

        ótimo!!!

    • Dany Madrid

      jornalismo verdade! heheheh

  • Willian Rochadel

    Ótimo para reduzir a sujeira nos postes.

  • Dany Madrid

    Arrasou Naelton!MAS, aposto que tbm era fã de Mulder e Scully! (eu ainda sou ;-)
    E tem seu lado Trekker não?

    • Naelton Araujo

      Claroo que sou tão Xfiler como Trekker… mas daí a viajar na maioneseee…hehehhe… curto ficção… mas teoria da conspiração só divertida na ficção… acreditar na Área 51 e em Alienígenas Ancestrais… é demais…heheheh

      • Dany Madrid

        Sim!!! hehehe ;-)

  • Bruno Aveiro

    Nibirutas. Nibirutas everywhere.

%d blogueiros gostam disto: