Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Games no Lab: Espionagem, balões infláveis, resgates e “Kojimisses”

por em 26/12/2018 em Ciência, Games | Nenhum comentário

Games no Lab: Espionagem, balões infláveis, resgates e “Kojimisses”

Com certeza Hideo Kojima é um dos maiores game designer da história dos games. Trabalhando na Konami, ele nos trouxe excelentes jogos, mas ficou mundialmente conhecido pela sua série de espionagem Metal Gear, iniciada no console MSX2 em 1987. Já em 1998 ele revolucionou a indústria com Metal Gear Solid para PS1 e sua “pegada” cinematográfica. A parceria Konami/Kojima foi bem duradoura, porém, depois de muitos rumores de brigas e abusos por parte da desenvolvedora, o designer saiu da empresa em 2015, logo depois de entregar seu então último game, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain.

Kojima sempre se pautou na realidade para criar as tecnologias vistas na série Metal Gear, e em Metal Gear Solid V não foi diferente. No game usamos um sistema para resgatar prisioneiros e cargas em território inimigo. Esse sistema é chamado Fulton e consiste em um pequeno balão inflável capaz de elevar cargas até uma grande altitude onde essa carga possa ser resgatada por um avião. Agora, você sabia que esse sistema realmente existiu e já foi bastante utilizado? Pois bem, então não fique parado aí esperando por um resgate e vamos juntos descobrir em que Kojima se inspirou para criar o sistema Fulton de Metal Gear Solid.

A série Metal Gear possui uma linha cronológica extensa, contando com vários games e vários protagonistas, mas dois são os que mais ganharam destaque, Solid Snake, nos games que se passam próximo a atualidade, e Big Boss, protagonista dos games que se passam nas décadas de 60, 70 e 80, e é com esse cara que nós somos apresentados ao Fulton.

Aparecendo inicialmente em Metal Gear Solid: Peace Walker do PSP, mas ganhando mais notoriedade e sendo melhorado nem Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, o sistema Fulton é utilizado por Big Boss para “recrutar” novos soldados e coletar recursos para sua grande base instalada em mar aberto, fora das fronteiras de qualquer país, a Outer Heaven. Big Boss, tem como objetivo criar um exército de soldados que não estejam a serviço de nenhum país, militares que assim poderiam escolher por qual causa deveriam lutar, mas voltemos ao Fulton.

No game, Big Boss acopla o dispositivo a pessoa ou carga e logo depois um balão é inflado, então esse balão ganha altura rapidamente e a carga/pessoa pode ser coletada por algum avião de resgate que a levará para a Outer Heaven. Segue um vídeo mostrando seu funcionamento na prática:

Seu funcionamento no game é um pouco exagerado, mas, guardadas as devidas proporções, não é muito diferente do real sistema Fulton.  O sistema foi desenvolvido por Robert Edison Fulton Jr (daí o nome Fulton, mas também ficou conhecido como Skyhook) para a CIA no começo dos anos 50. Na verdade ele é uma atualização de um sistema usado por tropas americanas e britânicas durante a Segunda Guerra Mundial.

Robert Edison Fulton Jr em sua juventude, quando rodou o mundo em um motocicleta

Como já dito, o sistema foi concebido para resgatar pessoas que estivem em perigo tanto na terra como no mar em situações que helicópteros ou embarcações não pudessem ser usados, na maioria das vezes era usado para resgatar espiões em território inimigo. O sistema consiste em uma corda de resgate acoplada a um balão de gás hélio. Ele poderia ser lançado de paraquedas de um avião para a vítima, ou ser transportado pelo militar durante uma missão. Durante o resgate a pessoa inflava o balão e vestia uma “cadeirinha”, o balão então subia e levava a corda que era “capturada” pelo nariz do avião de resgate que continha um “V” de 70 graus na ponta. Cabos de aço foram usados no começo, mas Fulton melhorou o sistema usando uma linha de nylon trançada que aguentava uma força de 1800kg.

Um esquema de como o sistema funciona

Inicialmente, na primeira fase de testes foram usados pesos cada vez maiores até se chegar em manequins de testes. Na próxima fase foi usado um porco vivo como “cobaia” já que o sistema nervoso dos porcos é parecido com o dos humanos. O teste foi um sucesso, com o porco sendo resgatado sem nenhum ferimento, só um pouco desorientado o que o levou a atacar a tripulação a bordo do avião de resgate (com certeza deve ter sido uma história engraçada para se contar por quem presenciou o ocorrido).

A primeira tentativa real de utilização do Fulton foi em 1952, quando os agentes John Downey e Richard Fecteau tentaram ser resgatados durante uma missão na Manchúria, porém o avião responsável pelo resgate foi danificado pelos inimigos e os agentes foram capturados. Somente em 1958, depois de algumas modificações, foi realizado com sucesso um resgate utilizando o Fulton. O resgatado foi o sargento Levi W. Woods do corpo dos fuzileiros navais dos EUA, que segundo dados, teria sentido um “puxão” comparado à abertura de um paraquedas. O processo todo levou cerca de 6 minutos.

O sistema foi amplamente usado entre 1965 e 1996, e apesar de ser aparentemente perigos, só houve um acidente fatal, em 1982. Porém com a invenção de helicópteros de grande alcance que podem ser abastecidos no ar, o Fulton acabou caindo em desuso, mas não esquecido, já que filmes como 007 Contra Chantagem Atômica e Batman: O Cavaleiro das Trevas são apenas alguns exemplos que nos fazem relembrar desse sistema:

E qual seria o futuro do Fulton se ele fosse utilizado até hoje? Bem, Metal Gear Solid faz uma brincadeira com isso depois que você consegue evoluir o sistema ao nível máximo:

E chegamos ao fim pessoal. Texto um pouco mais curto que o habitual, mas com o mesmo nível de informação. Espero que tenham gostado. Críticas e sugestões são muito bem-vindas. Até a próxima e um bom final de ano para todos.

Fontes: Wikipédia, Motherboard, Cultura Aeronáutica e Metal Gear Wiki

Modo Noturno