Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Sistemas de Informação

por em 13/10/2021 em Ciência, Notícias, Tecnologia | Nenhum comentário

Sistemas de Informação

O objetivo do texto de hoje é explicar um pouco sobre uma subárea da Computação: os Sistemas de Informação. Só olhando o nome, vemos que para entender os Sistemas de Informação, precisamos antes compreender cada uma dessas palavras: Sistemas e Informação.

Os sistemas podem ser caracterizados como um grupo de elementos inter-relacionados que interagem formando um todo unitário e complexo e trabalham juntos rumo a um objetivo comum, recebendo insumos e produzindo resultados em um processo organizado de transformação. Assim, organismos vivos, fábricas, modelos matemáticos ou programas de computador são sistemas, uma vez que é possível identificar diferentes elementos que interagem entre si e geram algum tipo de resultado.

Corpo humano como um sistema de subsistemas/elementos

Todo sistema pode ser entendido a partir de alguns componentes. A Entrada visa captar e reunir elementos que entram no sistema (insumos). O processamento envolve processos de conversão ou transformação dos insumos em algo útil (produto). A saída visa transferir os elementos produzidos (produtos) até seu destino final. Além disso, os sistemas contam com estratégias de feedback, que auxiliam no controle da operação do sistema e readaptação de acordo com a avaliação do desempenho.

Componentes de um sistema

Já a informação pode ser entendida como um conjunto de dados coletados, organizados e ordenados, aos quais são atribuídos significado e contexto. Ou seja, são dados trabalhados que permitem a tomada de decisões. Por exemplo, trabalhando o dado “Indivíduo possui 63 kg e 10 anos”, podemos chegar à informação de que estamos lidando com uma criança obesa.

Dado vs. Informação

Assim, os Sistemas de Informação podem ser definidos com um conjunto de componentes inter-relacionados, desenvolvidos para coletar, processar, armazenar e distribuir informação para facilitar a coordenação, controle, análise, visualização e processo decisório.

Sistemas de Informação

Mas vocês podem se perguntar: “Então preciso de um computador para ter um sistema de informações?”. A resposta é não! A própria escrita é uma maneira de registrar e manipular informações. Então, um simples fichário pode ser considerado um sistema de informações, no qual temos um conjunto de dados que, após certo processamento (por exemplo, organização das fichas em ordem alfabética), permitem manipular as informações armazenadas. Um apoio computacional apenas potencializa a manipulação dessa informação.

Também é importante ressaltar que um sistema de informação é produto e deve ser entendido a partir de 3 dimensões: pessoas, organizações e tecnologia.

Pessoas englobam os usuários dos sistemas que são responsáveis por fornecer as entradas e utilizar suas saídas (ou seja, tornam o sistema produtivo). Organizações são compostas por uma grande coleção de processos operacionais e administrativos (formalizados/escritos ou práticas informais de trabalho) que devem ser incorporados aos sistemas de informação. Tecnologia, o meio pelo qual os sistemas de informação podem ser implementados, devendo ser vista como ferramenta e não ter um fim em si mesma.

Componentes dos Sistemas de Informação

Os Sistemas de Informação também podem ser classificados de acordo com o nível organizacional ao qual eles apoiam:

  • Estratégico: Nível mais elevado, que visa a definição de objetivos empresariais e estratégias para atingi-los. Nessa categoria encontramos os Sistemas de Informação Executiva (SIE), que suportam a tomada de decisão dos gerentes de nível estratégico e permitem antecipar situações que alterem o panorama de negócios em que a organização atua.
  • Gerencial/Tático: Nível intermediário, que transforma as estratégias elaboradas em programas de ação. Nessa categoria encontramos os Sistemas de Informação Gerenciais (SIG), que também apoiam as tomadas de decisões e suportam atividades relacionadas com o monitoramento e controle das atividades rotineiras.
  • Operacional: Nível mais baixo, apoiando a execução cotidiana e eficiente das tarefas e operações da empresa. Aqui encontramos os Sistemas de Informação Transacionais (SIT), que suportam o processamento e acompanhamento de atividades cotidianas e transações rotineiras.

Tipos de Sistemas de Informação

Por fim, a perguntinha que não pode faltar: Vocês conheciam os sistemas de informação? Sabiam que eles vão muito além da tecnologia? Sendo o curso que me graduei, sempre utilizo essa “perspectiva/visão de mundo” nas soluções computacionais que proponho 😊

Modo Noturno