Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

A Esperança é a última que morre! (Little Boy – além do impossível)

por em 08/03/2016 em Entretenimento | 2 comentários

A Esperança é a última que morre! (Little Boy – além do impossível)

Qual é o ponto que te “toca”? O que te faz pensar em ser uma pessoa melhor? Quem é seu maior amor? Qual o seu bem mais precioso? O que uma amizade significa para você? Você tem fé? Você acha que pode fazer isto?

Bom, se você não tem certeza, ou quer um ponto de vista diferente e incrível sobre as respostas destas perguntas, veja Little Boy.

A segunda grande guerra é motivo, até hoje, de imensas tristezas, grandes alívios e enormes alegrias para aqueles que voltavam vivos. E em Little Boy é a chave para uma trama muito bem costurada e ritmada.

Cena do Filme Little Boy

Cena do Filme Little Boy

Um menino que sofre com o desdém de seus conhecidos, apenas por ser pequeno, tem seu pai, seu melhor amigo, “arrancado” de sua vida. E aí, meu irmão: aguenta a bucha. Porque o menino é porreta! O filme propõe a todo momento um paralelo entre a crença e a descrença (religiosa), entre a amizade e o medo, entre a esperança e a frustração. O menino (Little Boy) consegue ter o lado mais positivo de todos paralelos, sua crença em que pode realizar o impossível encanta não só o seu mundo, mas também o nosso como espectadores.

No início parece que será, somente, mais um filme mela cueca da sessão da tarde. Mas, não se apegue a este começo, não mesmo. Ele é essencial para que se aproprie dos sentimentos do personagem. E foi feito com maestria. Podemos dizer que Monteverde (diretor) mandou muito bem, toda a aparência do filme está muito bem balanceada e o ritmo é digno de um blues bem feito. Não tenho o que reclamar.

Cena do Filme Little Boy

Cena do Filme Little Boy

Porém, vamos falar da mensagem deste filme. Você acredita naquilo que quer fazer? Pois é, sem dúvidas, Little Boy é aquele “tapa na cara” que muitos precisam para fazer seus sonhos se tornarem realidade. Esqueça a frustração de sua vida, esqueça seus problemas, esqueça sua vergonha em se passar por ridículo. Pois um menininho conseguirá te mostrar que somos muito mais do que isto.

Considerações finais: vale muito a pena ver esta maravilhosa obra. O filme é bem divertido e as crianças vão se amarrar, então, se tiver filhos, não é uma má escolha. O filme possui críticas aos dias de outrora muito bem elaboradas (não quis estragá-las, expondo-as aqui) que aos poucos elaboram a trama também. Diga-se de passagem: um bom filme feito por bons atores, com um bom diretor.

Modo Noturno