Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Resenha: Podcast the Happiness Lab

por em 14/01/2020 em Notícias | Nenhum comentário

Resenha: Podcast the Happiness Lab

Dinheiro não compra felicidade. É impossível ser feliz sozinho. Já diria sua vó e Vinicius de Moraes. Pensar positivo nem sempre é a saída. Escolhas demais, felicidade de menos. Essas aí são por conta da doutora Laurie Santos, responsável pelo podcast The Happiness Lab – e pelo curso mais popular na história de Yale.

Além de professora de psicologia, a Dra. Santos é responsável por um dos dormitórios da universidade e percebeu que estudantes sob sua supervisão estavam cada vez mais infelizes e pareciam não saber lidar com isso. Isso só se confirmou com dados de uma pesquisa entre todo o alunado de Yale que mostrou enormes índices de ansiedade e depressão. Sendo uma professora de psicologia, ela achou que uma solução seria organizar um curso que ensinasse tudo o que a ciência já sabe sobre a felicidade e quais os “truques” que podem ser usados para reduzir o estresse e aumentar a sensação de bem-estar. Ela abriu o curso e mais de mil alunos se inscreveram, superando todas as expectativas e levando a coordenação a organizar as aulas no anfiteatro da universidade.

O sucesso da empreitada foi tão grande que o curso também foi disponibilizado online, na plataforma Coursera (você pode acessar gratuitamente aqui), e a Dra Santos foi convidada a falar sobre como “atingir a felicidade” em entrevistas. Não satisfeita com os resultados de seus esforços, Santos resolveu transformar seus conhecimentos em um podcast: The Happiness Lab. Nele ela convida os cientistas mais famosos que estudam a felicidade e o bem-estar, destrói pré-conceitos sobre o cérebro e nossa sensação de alegria e ensina como enxergar nossas vidas de forma mais positiva.

Dra. Laurie Santos

A primeira temporada foi lançada em 2019 e conta com 10 episódios. Já de cara, no primeiro, a professora explica que as circunstâncias da vida são muito menos relevantes para a sua felicidade do que você imagina e fala de pequenas mudanças – provadas pela ciência – que podem mudar sua percepção. “Dinheiro não compra felicidade” é uma frase clássica, mas Santos e seus colegas se dispõem a explicar o porquê. Que compartilhar momentos com outras pessoas é fonte de felicidade também parece senso comum, mas o podcast se dedica e mostrar que a “felicidade” não vem só da companhia ou das memórias. Mas o grande trunfo do podcast está nos episódios em que a ciência contraria o senso comum, é quando a ciência assume o papel principal.

Um dos meus episódios favoritos é o último da temporada, que mostra que todas as metas e objetivos que buscamos alcançar para chegar à “felicidade” podem ser tornar um enorme obstáculo. Mas o episódio também questiona: se livrar de todas essas amarras é a resposta? Só ouvindo para você saber.

Pessoalmente, um dos grandes atrativos do Happiness Lab é o foco da Dra. Laurie em situações corriqueiras com as quais todos nós podemos nos identificar e que normalmente geram as maiores frustrações em relação à felicidade. Sabendo que as festas de final de ano podem ser muitos estressantes, um episódio bônus foi lançado falando rapidamente de como ter um Natal mais feliz, com menos estresse em família (e quem sabe com menos piadianhas de pavê).

O podcast voltou em 6 de janeiro de 2020 em todas as plataformas com quatro episódios especiais para o Ano Novo e você ainda pode se inscrever na newsletter através do site oficial do The Happiness Lab (https://www.happinesslab.fm). Independente da sua opinião sobre toda a indústria de autoajuda, você ainda pode ouvir e se deliciar com este podcast, afinal de contas, ele é todo produzido, comentado, criado, desenvolvido e pesquisado por cientistas com o objetivo de divulgar conhecimento e deixar você mais feliz.

Modo Noturno