Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Scicast #124: Criatividade

por em sex 26America/Sao_Paulo fev 26America/Sao_Paulo 2016 em Destaque, Scicast | 24 comentários

Scicast #124: Criatividade

Olá querido ouvinte! Seja bem vindo ao SciCast o podcast de ciências mais divertido da internet brasileira… Ai eu coloco uma piadinha aqui e pronto… Ok, não ficou muito original… Mas é o que tem pra hoje…

Essa semana vamos falar sobre criatividade! O que torna uma pessoa criativa? Podemos ensinar qualquer um a ter idéias geniais? É possível ser criativo em um mundo de memes, gatinhos e videos de minecraft? E, principalmente, com tantas ideias geniais ainda não utilizadas porque alguém escolheria Deviante para o nome de seu MEGAPORTALPARATODOSDOMINAR? (Né?)

Venha, puxe uma cadeira, coloque seus fones e expanda sua mente.

Print

mp3_124

Publicidade:

Contato Comercial:

Redes Sociais:

Aperte o pause:

Produção: Silmar Geremia e Tarik Fernandes. Equipe: Fernando MaltaMarcelo Guaxinim, Marlyni Zens, Juliana VilelaRoberto Pena Arte da Vitrine: Finder.

 

Comentado no Episódio:

The structure of creative cognition in the human brain

Neural Correlates of Lyrical Improvisation: An fMRI Study of Freestyle Rap

Polygenic risk scores for schizophrenia and bipolar disorder predict creativity

 

 

  • Marcus Ferreira

    Já tenho algo pra ouvir as 5am quando estiver indo pra facul.

  • samyr87

    mais um sem falha, vamo que vamo!.
    ei pessoal deem uma olhada no podcast Miçangas aqui do Deviante, ouço podcast’s a mais de nove anos e lhes digo que esse é realmente muito bom, Guaxa e Jujuba mandando muito bem.

    • Juliana Vilela França

      Yey obrigada pelo incentivo, ficamos felizes! =D E esse Scicast tem eu e o Guaxa, olha só ^^

  • Edmar
  • Diego Camilo

    ouvindo… o melhor foi o ET com o sotaque mais catarinense possível! rsrsrs

  • mstrey

    o programa de hoje foi uma parceria entre o miçangas e o scicast e ficou muito bom!

  • Inoue

    Esse papo de criatividade me deixou criativo,vou praticar o “ócio criativo”.
    O Tarik sofrendo bullying do Guaxa ou sendo bolinado pelo Guaxa.Hehehe
    Vida longa e próspera.

  • Andrey Santiago

    Ótimo podcast, esse assunto sobre criatividade na escola caiu muito bem na minha situação, sou um dos poucos da minha sala de aula que pensa fora da caixa, que depois que sai da escola vai ver outras fontes e mais informações sobre o que os professores falaram, tento sempre mostrar um pouco de pensamento critico e ceticismo pro pessoal, é chato, mas no fim do dia é algo que deixa um senso de que estou fazendo algo certo. Sobre os professores de física, é verdade, a maioria não sabe mostrar como a física é linda e quase mágica.

    PS: Beterraba frita é uma ótima ideia hahaha.

    • Juliana Vilela França

      Não dá ideia que o Tarik quer ser o REI das beterrabas… XD

    • Tarik Fernandes

      Continue sua batalha, muitas vezes inglória, contra o comodismo intelectual e o senso comum.

      E obrigado pelo apoio ao meu simples projeto de substituir o mercado mundial de batatas fritas, por beterrabas fritas! :))

  • Fernando Maia Filho

    Muito bom o episódio.
    E descobrimos que o Guaxinim se transforma no Dr Manhattan no início ahauhauahuhauha

  • Inoue

    A ideia do Tarik não é tão ruim,ele só está no país errado,no Japão até pode dar certo,eles adoram empanar de tudo.
    Vida longa e próspera.

    • Tarik Fernandes

      Tudo empanado é bom! Tudo! Inclusive, beterraba! :))) huahuahua

  • Maurien Aragaki

    Beterraba frita!!! Acho que ele usou uma sequência lógica né? Tem batata, mandioca.. o próximo é cenoura uahauhau….

    • Tarik Fernandes

      hahahaha, cenoura frita é boa! Sério, já fiz também. Tanto ela frita por imersão, quanto salteada na frigideira.

      Quem sabe um dia apareço no miçangas para vender minhas artes “beterrábicas”. :)

  • Sergio

    Excelente tema esse, precisamos de muita criatividade para driblarmos os dias difíceis em nosso país. E vejo que as oportunidades podem ser alcançadas se soubermos nos adaptar. Muito inteligente e muito divertido a forma como foi retratado o assunto
    Parabéns.

    • Tarik Fernandes

      Muito obrigado, Sergio. Sejamos criativos para sobreviver à crise, pois pode demorar um pouco, infelizmente.

  • Acho que o maior gênio criativo que já passou pela Terra foi Tesla, pena que ele não estava em uma época boa pra pessoas criativas. :D

  • Gui Castro

    Guaxa … e sua piada final desmonta… kkkk to rindo ate agora.
    Mas prefiro a paz mundial? Que nem (igual) uma candidata a miss!!!!
    Cresça mais e mais SciCast ↑↑↑↑↑

  • João Paulo

    Podcast muito bom!!

    Quanto às dificuldades em sala de aula devido ao descaso de alguns professores ou até mesmo repreensão da cordenação, eu acabo vivenciando diariamente. MInha esposa é professora de educação infantil e vive me relatando que em várias escolas você só é um bom profissional se você seguir o modelo padrão de ensino.

    Problema esse que incentivou ela a fazer o seu TCC baseado em Estratégias de Ensino / Aprendizagem.

    Como o “público alvo” dela são crianças entre 3 a 5 anos, ela faz o que pode para poder desenvolver o lado lúdico do ensino pois conforme ela me disse, eu estudo quatro anos sobre como funciona o aprendizado, o cérebro humano, o desenvolvimento lógico da criança e tudo mais, para chegar no ambiente escolar e ser barrado pelas desculpas de que deve-se apenas seguir a apostila, ou que não há necessidade de uma aula de campo porque pode ser mostradas fotos para exemplificar o tema, dentre outros entraves.

    Quanto à ideia da Beterraba Frita, acho que o Tarik está ficando pra tráz porque o pessoal da faculdade aqui está distribuindo Nuggets de Beringela no intervalo das aulas. kkkk

    • Tarik Fernandes

      Olha aí! Vixi, Nuggets de Beringela deve ser tenso! hahahahaha De fato, minha beterraba frita é mais inofensiva :)

      “Seguir a apostila”, eu não teria paciência para ouvir isso em relação ao ensino de crianças de 3 a 5 anos, é limitar todo o crescimento intelectual e criativo de uma sociedade.

      Abraço, João.

  • Panino, o Manino

    Sobre sumerios e abstração, o salto me parece menor do que parece.
    Pelo exemplo das ovelhas, se sumerio sabia quantas ovelhas haviam no pasto ele possuía uma imagem mental delas. Ele contava de cabeça, e sabia que uma ovelha imaginária equivalia a uma ovelha real. Pelo que sei antes da escrita os sumerios devem ter criado a contagem usando as mãos. Um dedo é diferente de uma ovelha, seja a real seja a imaginária. Dali deve ter começado a surgir em maior grau a abstração. Os dedos evoluíram para partes dos dedos e isso acostumou eles a usar objetos diferentes dos quais se queria contar.
    Não vejo muita diferença em imaginar um risco com uma unidade de algo, é apenas um símbolo, e prático para se passar uma contagem para outra pessoa.

  • dellagustin

    Alguém sabe a fonte dessa vírgula sonora do papa léguas com narrador tipo animal planeta?

%d blogueiros gostam disto: