Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu
Scicast

SciCast #191: Internet das Coisas

por em 14 14America/Sao_Paulo abril 14America/Sao_Paulo 2017 | 25 comentários

SciCast #191: Internet das Coisas

Sejam bem vindos Deviantes e Derivadas a mais um SciCast de informatica! Essa semana vamos falar da internet das coisas! Aquele mundo conectado onde tudo interage e as maquinas fazem compras a mando de uma mente superior, que provavelmente será sua geladeira.

Venha discutir a ciência por trás dessas incríveis aplicações, sua historia, seus usos, expectativas para o futuro e muito mais!

Então assine o feed em sua geladeira e venha rir/aprender com o SciCast! E quando as maquinas tomarem o poder saiba de que lado ficar.

Leia mais...

SciCast Debate: Ciência, Política e a Bolha Acadêmica

por em 13 13America/Sao_Paulo abril 13America/Sao_Paulo 2017 | 34 comentários

SciCast Debate: Ciência, Política e a Bolha Acadêmica

Estrangular a ciência é pôr em risco nosso futuro como país.

Não é de hoje que o investimento público na ciência brasileira vem perdendo foco. Os recentes cortes no orçamento da União, a fusão do Ministério da Ciência e Tecnologia com o da Comunicação e a finalização de programas específicos da pasta são exemplos de uma mesma preocupação, inerente a qualquer cientista brasileiro: qual o projeto de país para a ciência? Há algum?

Nesse debate proposto, discutimos o rumo atual da ciência no Brasil (e em comparação com o mundo), abordamos aspectos do investimento e escolhas políticas, falamos sobre a temida “bolha acadêmica” – problema que não se resume ao nosso país – e conversamos sobre opções de ação para superação dos problemas encontrados.

Respirem fundo e preparem-se para colocar conosco o dedo na ferida. Pois a dor será sentida em nós mesmos.

Leia mais...

SciCast #190: Estado e Nação

por em 7 07America/Sao_Paulo abril 07America/Sao_Paulo 2017 | 24 comentários

SciCast #190: Estado e Nação

Vivemos em um mundo de países e suas fronteiras, temos nacionalidades e sentimentos de pertencimento e amor à pátria, mas… de onde vem isso? Por que o primeiro Estado foi criado? Como definir a evolução história dos países como conhecemos? Qual a relação dos nacionalismos, dos Estados e da guerra? E, mais importante que tudo, será que estamos testemunhando MAIS um golpe no SciCast?!

Leia mais...

SciCast #189: Especial Cavalgada das Valquírias

por em 1 01America/Sao_Paulo abril 01America/Sao_Paulo 2017 | 40 comentários

SciCast #189: Especial Cavalgada das Valquírias

A história é cíclica. Não foi uma, nem duas, nem dez vezes que você já deve ter ouvido este chavão. A história se repete e, por tal, precisamos compreendê-la para aprendermos no presente os erros do passado a fim de evitá-los no futuro. A história é cíclica. E, olhando-a em retrospecto, muitas vezes parecer ser irônica – por vezes um escárnios, noutras uma piada de mau-gosto. Mas é inegável o fascínio que temos por compreender, afinal, de onde viemos.

Tomemos o…  controverso maestro e compositor germânico Wilhelm Richard Wagner. Controverso, veja você, aos olhos de hoje – à sua época, Wagner fora um renomado compositor de óperas, dramas musicais da mais alta estirpe, tendo obras atemporais como o “Coro da Noiva”, o fantástico prelúdio de “Tristão e Isolda”, ou a tetrologia em formato de ópera “O Anel de Nibelungo”. Composta e apresentada entre os anos 1850 e 70, a obra é baseada na mitologia nórdica e germânica e influencia e é influenciada por um momento de necessária construção da identidade nacional alemã, país recém-unificado e fervilhando em um caldeirão de nacionalismo.

Wagner e suas obras foram, por muitas décadas, um exemplo para o povo alemão. A construção forte das raízes míticas deste povo foi trabalhada profundamente na primeira metade do século XX, tendo sido apropriada, por fim, por Hitler – o que leva a muitos, erroneamente, a acusarem o compositor de um “nazista antes de seu tempo”. Tal anacronismo, contudo, é superado por sua obra, que transcendeu o tempo, elevando-o a um clássico da música erudita.

Uma das mais reconhecidas passagem desta grande obra é o prelúdio do terceiro ato da segunda ópera, nomeado de As Valquírias. Neste prelúdio, essas guerreiras nórdicas chegam cavalgando para transportar para o Valhala os heróis caídos em batalha. Uma posição de destaque, de mérito. Mas, como sempre coube historicamente às mulheres, de subserviência. Pois a história, ela é cíclica. Até o exato momento em que deixa de sê-lo.

*Este episódio especial, assim como tantos outros projetos vindouros, só foi possível por conta do Patronato do SciCast. Se você quiser mais episódios assim, contribua conosco!*

Leia mais...

SciCast #188: Teoria dos Números

por em 31 31America/Sao_Paulo março 31America/Sao_Paulo 2017 | 57 comentários

SciCast #188: Teoria dos Números

Um, dois, três, PIM, Quatro, Cinco, seis e sejam bem vindos Deviantes e Derivadas a mais um SciCast de exatas, com um gostinho de humanas!

Essa semana vamos falar da teoria dos números! A quem devemos culpar quando reprovamos em uma disciplina de cálculo? O que seria da humanidade sem os números? E, principalmente, você conhece todos os seus primos?

Leia mais...

MeiaLuaCast #134: Portal (Crossover SciCast)

por em 30 30America/Sao_Paulo março 30America/Sao_Paulo 2017 | 11 comentários

MeiaLuaCast #134: Portal (Crossover SciCast)

Dentro da Orange Box, entre diversos outros excelentes títulos desenvolvidos pela Valve estava um jogo que conquistaria os jogadores de forma surpreendente: Portal.

Com uma vilã extremamente carismática e intrigante falando o tempo todo em sua cabeça, o jogador deveria controlar a personagem muda Chell e atravessar os diversos labirintos criados pela Aperture Science para testar suas invenções, no caso o jogador testaria a Portal Gun.

A criação de portais exige dos jogadores uma adaptação para pensar na resolução dos problemas apresentados e a forma simplória e direta na apresentação dos mecanismos torna o jogo intuitivo, desafiador e divertido.

Fernando Malta (@fencas), Marcelo Rigoli (@marcelorigoli), Matheus dos Santos (@Matheus_2Santos), Pena (@peninha_13), Renato Sevegnani (@setsunaryu) e Taty Okazaki (@tatyokazaki) discutem como se sentiram sendo ratos de laboratório da cientista maluca Glados e tentam entender como funcionam as armas de geração de portais, neste crossover que mistura a deliciosa zoeira do MeiaLuaCast e a ciência divertida do SciCast.

Leia mais...