Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Scicast #72: Origem da Vida

por em 13 13America/Sao_Paulo março 13America/Sao_Paulo 2015 em Scicast | 32 comentários

Scicast #72: Origem da Vida

SciCast_MP3Cover

Entendemos por biosfera toda a parte da terra que contém vida. Essa palavra simples tem um significado muito complexo. Até recentemente acreditava-se que toda a vida no planeta Terra dependia direta ou indiretamente da luz solar.

Entretanto, a partir da década de 70 foram descobertos ecossistemas complexos e completamente independentes da luz solar a milhares de metros de profundidade nas dorsais oceânicas. A quimiosíntese permitiu um novo olhar sobre os diferentes tipos de vida nestes locais inóspitos.

Essa descoberta nos permitiu imaginar ainda mais como a vida na terra teria surgido. Biogênese, panspermia, entre tantas outras teorias e hipóteses dividem a atenção dos pesquisadores para tentar solucionar um dos maiores mistérios da ciência atual, como surgiu a vida na terra?

Produção e Coordenação Geral: Silmar GeremiaCoordenação deste episódio:  Estrela Steinkirch. Equipe de Pauta:  Estrela Steinkirch e Werther KrohlingApresentação: Silmar GeremiaEngenharia de Som: Silmar GeremiaEdição, Sonorização e Mixagem: Silmar GeremiaConvidados Especiais: Átila Iamarino e PirullaFoto da Vitrine: Pablo Rigamonti.

 

Aperte o pause:

Redes Sociais:

Leve o SciCast mais longe:

  • Avalie o SciCast no iTunes;
  • Ajude a financiar a iniciativa do SciCast doando qualquer valor, saiba mais aqui;

 

Filmes e Vídeos:

  • Prometheus (2012): O filme mais adorado pelo SciCast explica que a vida na Terra foi originada pela influência dos  Engenheiros que através de um ritual de sacrifício, disseminaram (ou criaram) a vida. Essa raça de alienígenas possuía um complexo material biológico que conseguia interagir com alguma espécie e produzir uma terceira nova espécie. [Blu-ray]  [DVD]
  • COSMOS – Episódio 2 – Uma Voz na Sinfonia Cósmica: Como começou a vida na Terra? Há outros seres vivos em outros mundos? Carl Sagan explora a origem, evolução e diversidade da vida na terra. Com uma espantosa animação computadorizada, entramos no coração de uma célula viva para lhe examinarmos a molécula da vida: o DNA. Para compreender como a evolução ocorre, o Dr. Sagan acompanha a história do caranguejo japonês Heike, cuja forma tem gradualmente mudado conforme se foi selecionando quais os caranguejos que deveriam viver e quais os que deveriam morrer. Vamos assistir a experiências laboratoriais que nos darão idéia dos primeiros passos que conduziram à origem da vida. Seqüências animadas espetaculares acompanham a evolução humana a partir de organismos unicelulares que existiam nos oceanos. E, finalmente, conheceremos as diferentes formas de vida que poderiam habitar uma atmosfera como a do planeta Júpiter, os “caçadores”, “flutuadores” e “mergulhadores”.
  • As Origens da Vida (History Channel): Bilhões de anos antes que o homem caminhasse sobre a Terra, inclusive antes mesmo que os dinossauros existissem, havia muita vida em nosso planeta. Organismos unicelulares fizeram de nossos oceanos um caldo de cultura para a vida. Como se iniciou este processo? De onde vem a vida? Seria um processo químico, espiritual ou uma combinação de ambos.
  • Icedtio

    CHONPS !!!!! o/

  • Jonathan Bassut

    Na reversal russa, a argila molda você.

  • Werther Krohling

    Êêêêeeee…. vida longa e próspera ano pessoal do Scicast. Sucesso na nova empreitada junto ao Manual do Mundo.

  • Alberto Mota

    Melhor idéia ever, juntar o Scicast com o Manual do Mundo!!!

  • Ah… Faltou a frase no Nick :(

    • Bebê gigante

      Tipo uma tatuagem?

    • Sinceramente, curto muito o Nick, mas acho que já tava na hora de tirar, muito fora de tom….

  • Edmilson_Junior

    Como o Azaghal já mencionou: Sopa primordial me lembra outra coisa.

  • Ronepablo da Silva Alves

    Muito bom, só achei um pouco displicente afirmar que a origem da vida obedece mais as leis da química que da física, quando na verdade todas as propriedades químicas da matéria se originam de leis fisicas, começando pelas propiedades mecanoquânticas que estabilizam todos os átomos, incluindo os elétrons que são os responsaveis por todas as propriedades químicas, como a reatividade, alma da química. Um abraço a todos, adorei o podcast, salvo esta infeliz afirmação deveras equivocada!

  • Tatumaldito

    Átila e Pirulla? Dream team!!!

    • Lucas Bahamut

      Foda né! Inagina os cats futuros de evolução com esses dois! Será que chegaremos no tão sonhado SciCast sobre dinossauros? Tomara!

      • Tatumaldito

        *-*

  • Jordan

    Pirulla :O
    LoLoLoLoLoLoL
    Que comecem as Grandes Tretas!!!!!!

    • Lucas Bahamut

      Porque? Ele não falou nada polêmico

      • Jordan

        Por… Enquanto… Pirulla, O Polêmico :O
        Deviam fazer um filme dele. É mais polêmico que os mamilos :D

  • Lucas Bahamut

    Fantástico episódio! Como é bom ver o Átila por aqui, além de que este cast abre alas pro Pirulla falar de evolução e das diferentes eras da vida em futuros SciCasts. Muito bom.

  • Schmidt

    Sobre os Dinossauros: acho tudo extremamente jogado… Primeiro falavam de répteis gigantes e agora eles evoluiram para pássaros. Não entendo da onde tiram essas hipóteses. Não entende tambem da onde tiram as prováveis aparência dos bichos. Sei lá, mas parece tudo muito fantasioso e fantástico demais. Muita hipótese e pouca prova concreta.

  • Sandro Sonetti

    Boa Noite.

    Adoro os temas, e como são abortados.
    Estou fazendo a maratona para alcançar os episodios atuais.
    O modelo de leitura de emails é bem inteligente e diferenciado. Continuem assim.
    Apenas tenho 1 ponto que me incomoda muito. Os efeitos sonoros onde estão abrindo latinhas de bebida uma atras da outra, realmente estão exagerados. Quando eles começaram, sinceramente eu pulei para volta ao episodio. Mas é só isso e é pessoal, talvez as demais pessoas nao se incomodaram.
    Esse negocio de bebida ficou para outro podcast, não ficou legal no modelo do SciCast.
    Abraços

  • Júlio Cesar

    Ironicamente a bíblia está certa a respeito de a vida ter
    vinda do barro, já que em algum momento a vida surgiu da matéria inanimada,
    terra, água, barro, etc…

    De qualquer forma existe um “Elo perdido” na história, ninguém sabe como a matéria
    inanimada deu origem a vida, como partículas sem vida deu origem a vida, no
    nível de partículas, ainda não existem explicações, todos só falam em componentes
    químicos já prontos. Improvável que se consiga explicar isso com certeza sem o elo.

  • Neto JJ

    Ola, sou João José Neto, estudo Engenharia de Computação na UEFS. Acabei de vos conhecer através deste episódio e achei muito show a proposta. Costumo ouvir podcasts sobre a cultura pop, mas amo ciência e não conhecia nenhum podcast que falava sobre, muito menos cogitei que encontraria algum tão divertido assim. Ver o Atila, o Pirula e vocês, que ainda não conheço direito, fazendo essa descrição tão detalhada sobre a origem da vida, informações que não havia absorvido com tanto detalhe em nenhum outro lugar, foi muito bom, meu cérebro agradece.

    Só mais um pedido, faz um podcast sobre radiação, tipos, aplicações, descobertas e talz. Esse semestre tô pegando uma matéria que a turma é metade de graduandos de computação e a outra é mestrandos em física. No primeiro dia de aula a professora falou para os mestrandos falarem de seus projetos e um dos colegas falou sobre as radiações e fiquei fascinado, dês de então venho pesquisado e amado ainda mais.

    Só mais uma coisa, se forem fazer um podcast biográfico, faz sobre o Carl Sagan, plis.

    Agradeço antecipadamente e vlw.

    Ciências é nois’

  • Thiago de Moura

    É engraçado ouvir falar de fenômeno emergente, espontaneidade, acaso, condições perfeitas, tendência ao equilíbrio, em fim, criação da vida, e perceber como a ciência não é tão exata como alguns acreditam, e apesar de erguermos um estandarte de RAZÃO, mt do que sabemos se baseia em teorias ainda impossíveis de serem provadas e em nossa fé no raciocínio dos pesquisadores.

    Existe mt o q ser descoberto e mais ainda a ser entendido, e os exemplos dos padres cientistas que contribuíram tanto para o que sabemos hj, reforça ainda mais a minha crença de que ao invés de bebocharmos das religiões, deveríamos trazer essas pessoas pra perto e mostrar que a ciência não precisa ser antagonista da religião, descobrir como as coisas funcionam podem ser uma forma até de se aproximar dessa divindade.

    Seja essa divindade exotérica, extraterrestres q se sacrificam para espalhar seu material genético em nossos rios, ou apenas humanos super avançados que manipulam a quarta dimensão e enviam sinais do futuro através da gravidade pedindo pra um piloto do Texas atravessar um buraco de minhoca e salvar a humanidade da extinção.

    • Werther Krohling

      Rapaz, mas a ciência nunca foi exata… para isso existe o p<0,05 ;)

    • Erick Carvalho Campos

      Thiago, você é um zueiro. Só assim pra dizer essas coisas.

      Quase nada na ciencia é impossível de ser provado, mentes brilhantes encontram caminhos pra fazer mais e melhor todos os dias. Eles demonstram seus procedimentos e resultados para que todos possam criticar e caso todo esse material sobreviva aos inumeros testes executados ele se torna aceito.

      Essa ideia de que a ciencia é fragil é fantasia do tolo ou do despreparado. De qualquer forma pode tirar o cavalinho da chuva, que não há nada envolvendo fé aqui. Religião sempre foi e sempre será fruto da necessidade humana de consolo e da ignorância de civilizações antigas (e atuais). SENDO SEMPRE ANTAGONICA A CIENCIA.

      • Thiago de Moura

        Sei lá cara, não creio que eu tenha dito q a ciência é frágil. E seu comentário todo me soou mt arrogante. Concordo plenamente que nada seja impossível de ser provado, mas pra mts dessas coisas ainda não temos tecnologia para faze-lo. Ainda. Ninguém aqui está questionando o método científico.

        O que acho estremamente ignorante é acreditar que ser ateu é uma escolha lógica e racional ligada a ciência. A escolha mais racional e lógica seria se abster enquanto não temos provas.

        E não, a ciência não deveria ser antagonista da religião. Ela pode ter exercido esse papel em muitos momentos históricos. E sido parceira em outros. Mas cabe a nós hoje sermos mais sensatos e não criarmos essa guerra de torcidas. Você pode achar q o seu lado é o mais inteligente. Mas o outro acredita na msm coisa. E gente burra existe dois dois lados. Eu acreditar em Deus por exemplo, não significa que não conduzirei os meus experimentos com o msm rigor científico esperado de qualquer outro profissional.

        Ou vc é tão arrogante assim que acha q todo mundo q acredita em algum deus é conformista e aceita um “foi Deus q vez” como resposta pra tudo? (E é fanático, e da todo seu dinheiro pro pastor, usa saia, não gosta de sexo, etc) se vc acredita nesse estereótipo, assista menos TV, Bro.

        O inimigo da ciência não é a religião. É a ignorância. Esteja ela em qualquer área. Política, médica, filosófica, matemática, espiritual, educativa.

        Mas esse é apenas o meu ponto de vista.

      • Erick Carvalho Campos

        Em primeiro lugar eu nao fui arrogante, fui duro. Isso porque o que voce disse foi grave, você defende um argumento falacioso e fantasioso sobre o que de fato é a tal ciencia que aprendemos (e escutamos no cast).

        Existem falhas na sua forma de pensar, a primeira delas é crer que tenha alguma coisa na ciencia que seja sustentado somente por ideias ou especulação e esteja aguardando confirmação. Se por acaso acredita que o porquê das coisas é decidido por status e aclamação está muito enganado. Tudo é baseado em provas, tudo mesmo.

        Quando uma informaçao chega até voce ela já passou por diversos filtros e foi bem sucedida. O caso mais frágil disso é quando as provas indicam mais de uma possibilidade, aí surgem correntes divergentes, mas mesmo assim existem as tais provas, entende? Mesmo a coisa mais viajada do nosso cotidiano, que são as teorias fisicas sobre dimensões paralelas, quantica, etc. passaram por isso.

        A religião sempre foi inimiga da ciência, é a flexibilidade ideológica de cada pessoa (e a repetição disso por grupos) que faz com que ambas possam conviver. Não tente alegar que exista naturalmente uma sinergia, simbiose ou harmonia entre as duas. É importante que cada individuo tenha maturidade de não ficar criando historinhas pra justificar pra si mesmo seu próprio comportamento e aceite que acredita em contradições porque possui demandas de conforto emocional e ponto.

        Você trouxe a questão do ateísmo pra discussão, mas quanto a isso eu não vou discutir. É pedir pra isso perder o foco totalmente.

        • Thiago de Moura

          Cara, se não é arrogância afirmar que qualquer um que não pense como vc é simplesmente imaturo e esta criando historinhas para justificar contradições de comportamento, e carências emocionais… então blz.

        • Thiago de Moura

          “Existem falhas na sua forma de pensar, a primeira delas é crer que tenha alguma coisa na ciencia que seja sustentado somente por ideias ou especulação e esteja aguardando confirmação. Se por acaso acredita que o porquê das coisas é decidido por status e aclamação está muito enganado. Tudo é baseado em provas, tudo mesmo.”

          Primeiro perceba o abismo existente entre eu afirmar que muitas teorias nunca foram provadas (e cabe a nós nos livrarmos das amarras e buscar essas provas), e vc já contaminado pelos preconceitos e estereótipos, deturpar completamente o que eu disse e insinuar que eu em algum momento se quer dei a entender que “o porquê das coisas é decidido por status e aclamação”.

          Segundo; não, quase nada é baseado em “provas”. Teorias sólidas podem ser refutadas a qualquer momento. Aliás, existem muitas teorias fodas que surgem de ideias e estão em busca de confirmação. Caso contrário alguém precisa avisar o Peter Higgs que pessoal do CERN gastou dinheiro à toa tentando provar a existência do Boson de Higgs. Já que seguindo seu raciocínio “quando uma informação chega até você ela já passou por diversos filtros e foi bem sucedida.” Da tempo de economizar uma grana ainda, já que oficialmente o Bóson foi só “parcialmente comprovado”.

          terceiro, ninguém aqui está questionando a ciência. E sim a cabeça-durice de alguns seres humanos, então pare de ser tão chato, cara. É só um ponto de vista diferente. E infelizmente (ou felizmente) nenhum de nós vai conseguir provar (cientificamente, kkk) que o outro está errado. Deal with it

    • Thiago de Moura

      Sei lá cara, não creio que eu tenha dito q a ciência é frágil. E seu comentário todo me soou mt arrogante. Concordo plenamente que nada seja impossível de ser provado, mas pra mts dessas coisas ainda não temos tecnologia para faze-lo. Ainda. Ninguém aqui está questionando o método científico.

      O que acho estremamente ignorante é acreditar que ser ateu é uma escolha lógica e racional ligada a ciência. A escolha mais racional e lógica seria se abster enquanto não temos provas.

      E não, a ciência não deveria ser antagonista da religião. Ela pode ter exercido esse papel em muitos momentos históricos. E sido parceira em outros. Mas cabe a nós hoje sermos mais sensatos e não criarmos essa guerra de torcidas. Você pode achar q o seu lado é o mais inteligente. Mas o outro acredita na msm coisa. E gente burra existe dois dois lados. Eu acreditar em Deus por exemplo, não significa que não conduzirei os meus experimentos com o msm rigor científico esperado de qualquer outro profissional.

      Ou vc é tão arrogante assim que acha q todo mundo q acredita em algum deus é conformista e aceita um “foi Deus q vez” como resposta pra tudo? (E é fanático, e da todo seu dinheiro pro pastor, usa saia, não gosta de sexo, etc) se vc acredita nesse estereótipo, assista menos TV, Bro.

      O inimigo da ciência não é a religião. É a ignorância. Esteja ela em qualquer área. Política, médica, filosófica, matemática, espiritual, educativa.

      Mas esse é apenas o meu ponto de vista

  • Luiz Silva

    to super ansioso pra ouvir

Compartilhar

Share This

Share this post with your friends!