Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Fronteiras no Tempo: Historicidade #29 Ação Integralista Brasileira

por em 01/06/2020 em Destaque, Fronteiras no Tempo, Notícias, Podcasts | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo: Historicidade #29 Ação Integralista Brasileira

A Ação Integralista Brasileira (AIB) foi um movimento político organizado que teve seu ciclo de vida original na década de 30 do século XX. Em seu período original de existência teve penetração em diferentes camadas sociais da sociedade brasileira, tendo adesão de intelectuais de diferentes áreas do saber, clérigos, líderes de movimentos populares, militares, entre tantos outros. É justamente sobre a trajetória histórica desde movimento, incluindo suas releituras, que recebemos pela segunda vez o Prof. Dr. Rodrigo Chistofoletti.

Neste episódio:

Entenda quais eram as principais bandeiras políticas e sociais da AIB, quem foram os intelectuais e líderes políticos que participaram de sua formulação e agiram politicamente. Descubra as relações entre os membros da AIB com o Fascismo italiano e, também, com Getúlio Vargas e, sobretudo, surpreende-se com as releituras e reorganizações da AIB ao longo do século XX e entenda a trajetória da direita conservadora no Brasil até os nossos dias.

Arte da Capa


Publicidade

Ajude nosso projeto! Você pode nos apoiar de duas formas:

PADRIM  – só clicar e se cadastrar (bem rápido e prático)

PIC PAY – Baixe o aplicativo do PicPay: iOS / Android


Saiba mais sobre o nosso convidado

Rodrigo Christofoletti

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Currículo Lattes


Mencionado no Episódio

Fronteiras no Tempo: Historicidade #2: Patrimônio Histórico e Cultural

Fronteiras no Tempo #41 A Era Vargas parte 1: A Revolução de 1930

Fronteiras no Tempo: Historicidade #28 História, Economia e Café

Fronteiras no Tempo #48 A Era Vargas parte 2: 1930-1937


Produção do convidado

Livros e artigos 

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. O integralismo do pós guerra: jornal de si mesmo?. In: Leandro Pereira Gonçalves e Renata Duarte Simões. (Org.). Entre tipos e recortes: histórias da imprensa integralista Vol 3. 1ed.Rio de Janeiro: Autografia, 2019, v. 1, p. 219-248.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. A ENCICLOPÉDIA DO INTEGRALISMO FRENTE A EDUCAÇÃO, ESTÉTICA E POÉTICA: CIÊNCIAS DA MENTE E DO CORPO. Domínios da Imagem, v. 10, p. 113-132, 2016.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Rapsódia Verde: as comemorações do jubileu de prata integralista e a manutenção de seu passado / presente (1957-1958). Revista Brasileira de História (Impresso), v. 61, p. 98-124, 2011.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. ” Gumercindo Rocha Dórea: guardião controvertido da memória integralista no pós-guerra”. Revista Ágora (Vitória), v . 7, p. 01-26, 2011.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo; GONCALVES, L. ; SIMOES, R. D. . Integralismo e carictarura de si mesmo: apontamentos sobre um projeto de análise das caricaturas integralistas no pós guerra (1945-1964). In: Leandro Pereria Gonçalves e Renata Duarte Simões. (Org.). Entre tipos e recortes: história da imprensa integralista – vol. 2 (2ª edição). 2ed.Porto Alegre: ediPURS, 2017, v. 1, p. 435-462.

CAMPOS, M. T. A. ; DOTTA, Renato Alencar ; CHRISTOFOLETTI, Rodrigo . Idiossincrasias no canto da estante: a Enciclopédia do Integralismo como objeto de estudo. In: Maria Cristina Arruda Campos, Renato Alencar Dotta. (Org.). Dos papéis de Plínio: contribuições do Arquivo de Rio Claro para a historiografia brasileira. 1ed.Rio Claro- SP: Oca Editora Ltda, 2013, v. 1, p. 155-168.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Retomando questões esquecidas ? a análise de alguns jornais de grande circulação e suas críticas ao integralismo dos anos 1950. In: GONÇALVES, Leandro & SIMÕES, Renata Soares. (Org.). Entre tipo e recortes: histórias da imprensa integralista – Vol. 2. 11ed.Guarapuava- PR: , 2012, v. 1, p. 234-256.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Integralismo: caricatura de si mesmo. Apontamentos sobre um projeto de análise das caricaturas integralistas do pós-guerra (1946 -1965). In: Leandro Pereira Gonçalves; Renata Duarte Simões. (Org.). Entre tipos e recortes: histórias da imprensa integralista. 1ed.Guaiba – RS: EDITORA SOB MEDIDA, 2011, v. 1, p. 356-378.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Breves comentários sobe a historiografia do integralismo no pós-guerra e o cinquentenário da publicação da Enciclopédia do Integralismo. In: Gielda Brito Silva, Leandro Pereria Gonçalves e Mauricio B. Alvarez Parada. (Org.). Histórias da Política autoritária: Integralismos, Nacional Sindicalismos, Nazismo, Fascismos. 1ed.Recife: Editora da UFRPE, 2010, v. 1, p. 365-386.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Um passado que não queria passar: contradições sobre o projeto de nação dos integralistas no período pós-guerra e os usos de sua memória.. In: FERREIRA, Marieta de Moraes.. (Org.). Memória e Identidade Nacional. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010, v. 1, p. 303-326.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo; SILVA, G. B. . Integralismo Proh Puder! A crítica da grande imprensa frente ás comemorações dos 25 anos do Integralismo. In: Giselda Brito da Silva. (Org.). Estudos do Integralismo no Brasil. 1ed.Recife – PE: Editora Universitária da UFRPR, 2009, v. 1, p. 183-197.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. A publicação da Enciclopédia do Integralismo: reavaliação sombólica de um movimento. In: Giselda Brito. (Org.). Novos estudos sobre o integralismo no Brasil. Curitiba: , 2006, v. , p. -.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Política do cômico: as caricaturas integralistas do pós guerra. In: III Congresso internacional do Núcleo de estudos das Américas, 2012, Rio de Janeiro. Anais do III Congresso internacional do NUCLEAS. Rio de Janeiro: UERJ, 2012. v. 1. p. 45-56.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Biografias coletivas: as três gerações da Enciclopédia do Integralismo (1957-1958). In: XVI Simpósio nacional de Hsitória, 2011, são paulo. XVI Simpósio nacional de Hsitória: Anpuh 50 anos. São Paulo: Anpuh, 2011. v. 1. p. 1-13.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Versões de um integralista: conversas com Gumercindo Rocha Dórea. In: I Simpósio Internacional de História do Tempo Presente, 2011, Florianópolis – SC. Anais do I Simpósio Internacional de História do Tempo Presente. Florianopolis – SC: UDESC, 2011. v. 1. p. 1553-1566.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Memórias do esquecimento: o cinqüentenário da Enciclopédia do Integralismo ? um compêndio que visava reavivar memórias.. In: XXIV Simpósio anacional da Anpuh. – São leopoldo – 2007, 2007, São Leopoldo- RS. Anais do XXIV Simpósio Nacional de História. São leopoldo – RS: UNISINOS EDITORA, 2007. v. 56. p. 43-54.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Doutrinação em verbetes: o anacronismo da EI. In: II Encontro Nacional de Pesquisadores do Integralismo, 2003, Porto Alegre – RS. Anais do II Encontro dos Pesquisadores do Integralismo, 2003.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. As celebrações do jubileu de prata integralista: um tragicôico deja vu?. In: VIII Encontro Regional de História do Paraná, 2002, Curitiba. VIII Encontro Regional de História do Paraná: 150 anos de Paraná. História e Historiografia. Curitiba: Aos quatro ventos, 2002. v. 1. p. 62.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. A face intelectualizada do novo verde: a Enciclopédia do Integralismo como suporte de auto-afirmação democrática.. In: XIII Simpósio: Autoritarismo, Repressão e Memória, 2001, Vitória. Anais do XIII Simpósio: Autoritarismo, Repressão e Memória: Departamento de História da UFES e Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro. Vitória: Centro de Ciencias Humanas e Naturais da UFES, 2001. v. 1. p. 33.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. Reestruturação simbólica de um movimento: o integralismo está de volta!. In: XIX Semana de História da UNESP – Assis O olhar historiográfico dos anos 90, 2001, Assis – SP. Anais do XIX Semana de História da UNESP – Assis O olhar historiográfico dos anos 90. Assis: gRÁFICA DA UNESP – Assis, 2001. p. 57.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. A Enciclopédia do Integralismo e a invenção de um novo projeto de Nação no Brasil dos anos 50 e 60. In: XXI Simpósio Nacional de História – Anpuh, 2001. Anais do XXI Simpósio Nacional de História – Anpuh. Niterói- RJ: Anpuh, 2001. v. 1. p. 112.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. O novo/velho integralismo: mistica e cultura política na EI.. In: XIX SEMANA de História da UNESP – Assis, 2001, Assis. Anais da XIX Semana de História da Unesp – Assis. Assis: Gráfica da UNESP – Assis, 2001. p. 12.


Indicações bibliográficas sobre o tema abordado

BERTONHA, João Fábio. Bibliografia orientativa sobre o integralismo: 1932-2007. Jaboticabal: Funep, 2010.

BERTONHA, João Fábio. Integralismo. Problemas, perspectivas e questões historiográficas. Maringá, PR: EdUEM, 2014.

BERTONHA, João Fábio. Plínio Salgado. Biografia política (1895-1975). São Paulo: Edusp, 2018b.

CALIL, Gilberto Grassi. Integralismo e Hegemonia burguesa: a intervenção do PRP na política brasileira (1945-1965). Cascavel: Edunioeste, 2010.

CALIL, Gilberto Grassi. O integralismo no pós-guerra – A formação do PRP (1945-1950). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

CARNEIRO, Márcia Regina da Silva Ramos. Do Sigma ao Sigma – entre a anta, a águia, o leão e o galo – a construção de memórias integralistas. 2007. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ, 2007.

CAVALARI, Rosa Maria Feiteiro. Integralismo – ideologia e organização de um partido de massa no Brasil (1932-1937). São Paulo: EDUSC, 1999.

CHASIN, José. O Integralismo de Plínio Salgado: forma de regressividade no capitalismo hiper-tardio. São Paulo, Livraria Editora Ciências Humanas, 1978.

CHAUÍ, Marilena. “Apontamentos para uma crítica da Ação Integralista Brasileira”. In: CHAUÍ, M & FRANCO, Maria Sylvia Carvalho. Ideologia e Mobilização popular. 2ª ed. RJ, Paz e Terra/ CEDEC, 1978.

CHRISTOFOLETTI, Rodrigo. As celebrações do Jubileu de Prata (1957-1961). Unesp, 2001, Ver: p.108 nota 236.

CYTRYNOWICZ, Roney. “Integralismo e política regional. O Integralismo no Maranhão (1933-37)”. Revista Brasileira de História, 2001, nº40, pp.277-286.

DOTTA, Renato Alencar Elementos verdes: os integralistas brasileiros vigiados pelo DOPS-SP (1938-1981). 2016. Tese (Doutorado em História) – Universidade de São Paulo, 2016.

DOTTA, Renato Alencar. Sob o martelo e o sigma: o sindicalismo integralista dos anos 1930. Dissertação de Mestrado. FFLCH. USP. 2002.

DOTTA, Renato Alencar; POSSAS, Lidia Maria Vianna; CAVALARI, Rosa Maria Feiteiro (org.). Integralismo: novos estudos e reinterpretações. Rio Claro, SP: Arquivo Público e Histórico de Rio Claro, 2004.

GONÇALVES, Leandro Pereira. Do fascismo ao conservadorismo católico: a trajetória de Plínio Salgado. In: FERREIRA, Jorge; CARLONI, Karla. (Org.). A República no Brasil: trajetórias de vida entre a democracia e a ditadura. Niterói: Eduff, 2019, p. 121-163.

GONÇALVES, Leandro Pereira; CALDEIRA NETO, Odilon. O corporativismo e a tríade integralista: Miguel Reale, Plínio Salgado e Gustavo Barroso. In: ABREU, Luciano Aronne de; VANNUCCHI, Marco Aurélio. (Org.). Corporativismos ibérios e latino-americanos. Porto Alegre: EdiPUCRS, 2019, p. 209-238.

GONÇALVES, Leandro Pereira; SIMÕES, Renata Duarte (org.). Entre tipos e recortes: histórias da imprensa integralista. Rio de Janeiro: Autografia, 2019. v. 3.

NASSER, David. A revolução dos covardes: diários secretos de Severo Fournier – reportagens políticas e ordens de censura do Ditador. São Paulo, 2ª ed. Gráfica Cruzeiro, 1947.

POSSAS, Lídia Maria Viana. O trágico 3 de Outubro – estudo histórico de um evento. Dissertação de mestrado – FCL- Unesp – Assis, 1992.

RAGO, Filho Antônio. ‘Posfácio’: O Integralismo de P. Salgado de J. Chasin. SP: Ad Hominem, 1999. 2ª ed.

SILVA, Giselda Brito (org.). Estudos do integralismo no Brasil. 2. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016.

SILVA, Giselda Brito, GONÇALVES, Leandro Pereira & PARADA, Mauricio. (Orgs). Histórias da Política Autoritária: integralismo, nacional sindicalismo, nazismo e fascismos. Editora UFRPE,2010.

SILVA, Hélio. 1938 – Terrorismo em campo verde. RJ, Civilização Brasileira, 1971.

TANAGINO, Pedro Ivo Dias. A síntese integral: a teoria do integralismo na obra de Miguel Reale (1932-1939). 2018. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, MG, 2018.

TRINDADE, Hélgio. A tentação fascista no Brasil: imaginário de dirigentes e militantes integralistas. Porto Alegre: UFRGS, 2016.

TRINDADE, Hélgio. Integralismo (o fascismo brasileiro na década de 30). São Paulo, UFRGS/DIFEL, 1974.

VASCONCELLOS, Gilberto. A ideologia curupira. São Paulo, Difel, 1978.

VICTOR, Rogério Lustosa. O labirinto integralista: o conflito de memórias (1938-1962). Goiânia: IFITEG Editora/Ed. América, 2013.


Expediente 

Arte da vitrine: Augusto Carvalho; Edição:  Talk’nCastRoteiro e apresentação Beraba


Redes Sociais

TwitterFacebookYoutubeInstagram, SPOTIFY, 


Contato

E-mail: [email protected]


Madrinhas e Padrinhos

Alexandre Strapação Guedes Vianna, Alexsandro de Souza Junior, Anderson O Garcia,  André Luis Santos, Andre Trapani Costa Possignolo, Andréa Silva, Andressa Marcelino Cardoso, Artur Henrique de Andrade Cornejo, Carlos Alberto de Souza Palmezani, Carlos Alberto Jr., Carolina Pereira Lyon, Ceará, Cláudia Bovo, Eani Marculino de Moura, Eduardo Saavedra Losada Lopes, Elisnei Oliveira, Ettore Riter, Felipe Augusto Roza, Felipe Sousa Santana, Flavio Henrique Dias Saldanha, Iago Mardones, Iara Grisi, Isaura Helena, João Carlos Ariedi Filho, José Carlos dos Santos, Leticia Duarte Hartmann, Lucas Akel, Manuel Macias, Marcos Sorrilha, Mayara Araujo dos Reis, Moises Antiqueira, Paulo Henrique de Nunzio, Rafael, Rafael Alves de Oliveira, Rafael Igino Serafim, Rafael Machado Saldanha, Raphael Almeida, Raphael Bruno Silva Oliveira, Renata Sanches, Rodrigo Raupp, Rodrigo Vieira Pimentel, Rubens Lima, Sr. Pinto, Wagner de Andrade Alves, Willian Scaquett, Willian Spengler e ao padrinho anônimo

Modo Noturno