Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Finalmente já dá pra aposentar a porcaria do Safari no iOS

por em 03/02/2016 em Notícias, Tecnologia | 2 comentários

Finalmente já dá pra aposentar a porcaria do Safari no iOS

O Chrome, o navegador que todos adoram falar mal (excluindo o IE), está finalmente disponível numa versão estável para iOS. 48 versões depois de ser lançado, por causa da mudança da Apple na sua política de browsers no seu SO mobile, o navegador da Google vai finalmente abrir e funcionar de forma tão rápida e eficiente quanto o Safari.

A Apple sempre foi conhecida por seguir o caminho inverso no que se diz sobre a liberdade do usuário em seus sistemas operacionais. Isso não é nada que realmente incomoda quem gosta dos produtos da empresa (afinal, eles continuam com ela), porém, a política controladora da empresa tem afrouxado as rédeas ultimamente: agora os browsers de terceiros podem usar seus próprios mecanismos de renderização de páginas. O que isso significa? Velocidade, velocidade, velocidade. Não só velocidade, mas isso também é bom.

Os diferentes navegadores usam diferentes mecanismos de renderização. O Safari usa o popular WebKit (padrão no Android até o Ice Cream Sandwich), o Google Chrome usa o Blink, o Firefox usa o Gecko e o Microsoft Edge usa o EdgeHTML. Até o iOS 8, a Apple nunca havia permitido que os desenvolvedores usassem outra forma de renderização de páginas que não fosse o seu próprio WebKit, e isso gera certos conflitos. Por causa disso, desde sempre o iOS é (era) visivelmente mais rápido que qualquer outro navegador na plataforma. Porque ele simplesmente havia sido feito para o WebKit.

Para o usuário final isso significa poder abandonar aquela coisa estranha com ícone de bússola no seu smartphone e então usufruir do Chrome com os mesmos favoritos, senhas, histórico e tudo mais da versão que você usa no seu computador. Devido a alterações que isso gera na renderização de páginas, é provável que o aplicativo do Facebook também fique muito mais rápido (no seu navegador incluso, também). Vale lembrar que com tudo isso, o data saver do Chrome no iOS não estará mais disponível e que embora a Apple tenha soltado um pouco mais as rédeas, não será possível definir esse ou algum outro navegador como o padrão no lugar do Safari.

Fonte:
ArsTechnica

Imagens:
NeiPhone

Modo Noturno