Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Scicast 181: Live Oscar – A Chegada

por em 23 23America/Sao_Paulo fevereiro 23America/Sao_Paulo 2017 em Ciência, Destaque, Scicast | 18 comentários

Scicast 181: Live Oscar – A Chegada

[ Download MP3, M4A ] [ Assinar: Web, Android ] Download MP3 | Download Zip

Queridos ouvintes, numa bela noite de live nos reunimos para falar desse filme cheio de conceitos científicos (extrapolados ou não). Com foco na linguagem, discutimos os caminhos trilhados e os possíveis, desta produção cinematográfica.

Cuidado com a mensagem, não mate o mensageiro e aperte o play!

*Este episódio especial, assim como tantos outros projetos vindouros, só foi possível por conta do Patronato do SciCast. Se você quiser mais episódios assim, contribua conosco!*

Arte da Capa:

 

Publicidade:

  • Continuando a série Monsters of Science em grande estilo a Loja SciCast lança a camiseta Einstein Kiss, está esperando o quê pra pegar a sua?

IMG-20160809-WA0008

  • Ao lado de um dos mais conhecidos  cientistas da história da humanidade, temos uma das maiores e mais importante cientista na camiseta Marie Curie and the Radioactivity Experience, dentre muitos outros itens imperdíveis.

Avisos Paroquiais:


Contato Comercial:

Quer anunciar seu produto, marca ou serviço aqui no SciCast? Entre em contato:


Redes Sociais:


Aperte o pause:


Expediente:

Produção Geral: Tarik FernandesHosts: Fernando Malta e Marcelo Guaxinim. Edição: Talk’ nCastEquipe de Gravação/Pauta:Ronaldo Gogoni, Roberto Pena, Marcelo Rigoli e Bárbara RochaArte da Vitrine:


 

  • Vagner Vinicius

    Pessoal, sei que quando é feito uma live, é difícil organizar a discussão, mas senti que vocês se interrompiam muito frequentemente. Tentem ouvir, esperar a pessoa terminar de expor a idéia, e depois falarem.

    Esse assunto me encanta, e vocês foram ótimos como sempre, só senti que precisava deixar esse feedback. Vlw!

  • Ana Mayr

    Eu adorei o filme a chegada e realmente fiquei super empolgada quando vi o programa no meu feed. Infelizmente o cast ficou extremamente irritante, principalmente pela inúmeras vezes em que a Bárbara foi interrompida enquanto explicava alguma coisa. Ela é a especialista em linguagem no grupo de participantes, mas dificilmente os demais a deixaram terminar uma frase! Achei isso bem desrespeitoso.

    • Fernando Malta

      Oi Ana,
      Sem dúvida o programa ficou mais desorganizado do que imaginávamos, um pouco pelo formato de live, um pouco pelo lag das conexoes e, claro, a falta de edição posterior. Ainda assim, te asseguro que o tema específico em que a Barbara é especialista, a linguagem, será abordada em profundidade em cast futuro – e espero contar com a presença dela no mesmo ante seu bom conhecimento e didática, como ficou claro nesse episódio. :-)
      Um abraço!

  • JULIAN CATINO

    Será que ninguém sentou numa mesa de bar ? O ritmo de uma ‘ao vivo’ é exatamente o mesmo, e até pior, porque está tudo mundo remoto. Achei que foi bastante produtivo e explicativo, é claro que haverá interrupções, não vejo problema nisso…

    O que seria legal sim seria avisar com a maior antecedência possível e incluir os comentários ao vivo dos ouvintes, que somos pensantes e ‘escreventes’ mesmo que não falantes.

    Meus dois centavos: o único outro filme de ciência-ficção que eu lembre que respeita esse primeiro grande problema da comunicação com outra entidade alienígena é ‘Solaris’, mas é mais psicológico. O filme de Tarkovsky foge bastante do livro de Stanislaw Lem mas é uma obra aparte, e na verdade mais frustrante porque na verdade acaba não havendo uma real comunicação, prática, mesmo que ara o personagem a coisa se ‘resolva’. A refilmagem nem conta porque não faz jus à obra e nem lembro quem dirigiu (o protagonista foi George Clooney).

    Ri muito com o nome do gato (ou rato?) hipotético da Bárbara se chamar David Robert Jones… era o nome do David Bowie !

    Uma coisa que teria sido importante incluir (sem jabá) era um estudante de ciências da computação, pois um dos nosso grandes temas é a comunicação de dados, e há muito sobre teorias da comunicação, inclusive utilizado por psicólogos mais da ciência cognitiva como Steven Pinker.

    Foi ótimo, gente, abraços !

  • André Miola Bueno

    Cast bom, porém confuso, fazer sem edição complica, mas não impossibilita, compreendo a dificuldade de mediar essa discussão passional, mas ela poderia ser mais direcionada se vcs “roubassem” no jogo e mantivessem uma discussão paralela em texto entre vocês, assim vcs estariam mais direcionados.

    Adorei o filme e vou tentar direcionar a minha visão à apenas um ponto. E jogando a luz nesse ponto já modifico o experimento (!?)…
    Sim, acredito e várias possibilidades de futuro são possíveis, mas acredito q no filme quem vê aceita (“Apesar de conhecer a jornada toda… e o seu final… eu aceito. E acolho todos os momentos dela.”). A questão é q só acompanhamos a Dr.ª Banks, mas na cena em q o General Shang mostra o celular para o Dr.ª (“Agora você sabe. Não direi que sei como sua cabeça funciona, mas… Acredito que foi importante que você visse isso.”) deixa a entender q ele tbm pode ter sido tocado pelos alienígenas, na real nem podemos disser q a esposa do general já morreu, pelo menos não lembro se ela está morta no passado ou se ele tbm viu ela morrendo, no futuro…

    A única questão aqui é q pelo meu argumento o general queria a paz, tanto q deu a ferramenta para isso. Já q no presente ele poderia estar assustado com essas visões. Sim, estou supondo q ele tbm estava sendo afetado pelas visões, mas há algum outro motivo para ele ter mostrado o celular e ter dito tudo o q teria q ser dito?

  • André Miola Bueno
  • Thiago Motta

    Como a Barbara deixou vocês confundirem “Língua” e “Linguagem” a Live inteira!? Muitas das discussões mais pesadas poderiam ter sido evitadas com 1 minuto comentando essa distinção.
    Em inglês é mais complicado por utilizarem a mesma palavra pros dois conceitos, mas em Português temos que aproveitar a vantagem de termos estas duas palavras.

  • Marco Peixoto

    Ótimo Cast. o Filme é sensacional e vale muito a discussão. Mas, acima de tudo, obrigado Barbara por conduzir a discussão sob o viés da linguística (embora as interrupções as suas explicações tenhas sido bem evidentes), proporcionando (de certa forma) o episódio de linguística que eu tanto esperei durante todos esses anos acompanhando o Scicast. Mesmo assim, apesar de ser da teoria literária, sei da importância da linguística enquanto área científica e relevância de suas pesquisas na compreensão das relações humanas em micro e macro esferas e gostaria de ouvir um Cast apresentando de forma mais organizada a ciência da linguagem verbal humana, seus conceitos fundamenteis, as principais escolas e pensadores. De modo geral, continuem o bom trabalho e sempre tragam discussões intrigantes como esta novamente.

  • Darley Santos

    Essa questão da relação entre linguagem e pensamento é uma coisa que sempre me fascina! O caráter cíclico de como uma coisa determina a outra é muito interessante! A Bárbara é engraçadinha neh?! “Vocês estão colocando linguagem e escrita no mesmo saco, parem!” Hahah, ri nessa hora! Mas aquela momento aos 01:56:25h foi estranhão, lembrou um daqueles registros de pacientes do filme “Contatos de 4º Grau” rsrsr.

  • Marcos

    Lojban

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Lojban
    https://mw.lojban.org/papri/Lojban

    Lojban tem um antecessor, Loglan, um idioma inventado por James Cooke Brown em 1955 e desenvolvido por The Loglan Institute. Loglan foi originalmente concebido como uma forma de analisar a influência do idioma sobre o pensamento do falante (um pressuposto conhecido como a hipótese de Sapir-Whorf).

  • Bruno Lins

    Ótimo Cast. Adorei o filme. Vou atrás do conto. Abraços.

  • Paulo Campos

    Sobre a oniscencia temporal, não acredito que nenhum de vocês leu Watchmen! Nessa obra maravilhosa do Alan Moore mostra o Dr Manhattan um ser com esta mesma habilidade mostrada de forma fantástica!

    • Fernando Malta

      Lemos, sim, Paulo. Só não lembramos no programa. ;-)

  • Mário Lopes

    Fernanando,obrigado pela resposta , mais a minha sensação, tico como achar muito divertido e informativo ,não foi só deste cast,em especifico, ja tendo essa sensação já ha alguns casta, mais de qualquer forma vcs continuam muito informativos;obrigado pela atenção ,abraço.

  • Legal o programa, o tema foi interessantissimo, mas Interromperam demais a especialista.
    Deixa ela falar.

  • Rodrigo Fonseca

    Lendo os comentários deu pra perceber como que a galera sentiu falta da edição.
    Para esse episódio, acho que tem que relevar pq a não-edição meio que fazia parte do formato. E também por ter sido o “registro” de uma live para quem (como eu) não estava lá no momento.
    Mas a lição que fica é:

    Obrigado, editores =]
    *e para remunerá-los direitinho, seja vc tb um patrono (ca-tching!)