Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu
Scicast

SciCast #268: Vacinas

por em 16/08/2018 | Nenhum comentário

SciCast #268: Vacinas

“Indiscutivelmente, o conceito e prática de vacinação contra doenças infecciosas resultou em maiores benefícios para a saúde humana do que qualquer outro avanço cultural, social ou científico na história da humanidade. Como prova de sua importância histórica, as vacinas foram classificadas em primeiro lugar entre as dez maiores realizações de saúde pública do século XX. Através de seu uso, flagelos da natureza foram erradicados, controlados ou tornados irrelevantes, e gerações de crianças sobreviveram até a idade adulta, ilesos por doenças que foram letais no início da história.”

Andrew W. Artenstein, em Vaccines: A Biography, 2009.

*Este episódio só foi possível pelo apoio da Fiocruz a partir de seu Edital para Projetos de Divulgação Científica – 2018*

Leia mais...

SciCast #267: A Formação do Sistema Solar

por em 10/08/2018 | Nenhum comentário

SciCast #267: A Formação do Sistema Solar

“Há uma, entre estas cinco mil nebulosas, a que os homens chamaram via láctea, e que contém dezoito milhões de estrelas, cada uma das quais se transformou em centro de um mundo solar.

Se o observador, rodeado por estes dezoito milhões de astros, volvesse especialmente a atenção para um dos mais modestos e menos brilhantes, para uma estrela de quarta ordem, que orgulhosamente apelidamos o Sol, debaixo dos olhos lhe teriam sucedido todos os fenómenos a que é devida a formação do universo.

Efetivamente havia de ver esse Sol, ainda no estado gasoso e composto de moléculas móveis, a girar em torno do próprio eixo para concluir o trabalho de concentração, e este movimento, subordinado às leis da mecânica, havia acelerar-se com a diminuição do volume, e um instante havia de chegar em que a força centrífuga venceria a força centrípeta, que atrai as moléculas para o centro.

Outro fenômeno então havia de realizar-se diante dos olhos do observador, as moléculas situadas no plano do equador, soltando-se como a pedra da funda de que súbito rebenta a corda, haviam de ir formar, em volta do Sol, anéis concêntricos como o de Saturno. A estes anéis de matéria cósmica, animados de movimento de rotação em volta da massa central, chegaria depois a vez de partir-se e decompor-se em nebulosidades secundárias, o que vale o mesmo que dizer, em planetas.”

(Da Terra à Lua, Júlio Verne, 1865)

Leia mais...

SciCast #266: Guerra dos 100 anos

por em 03/08/2018 | Nenhum comentário

SciCast #266: Guerra dos 100 anos

“… Estava desorganizado. Henrique sabia que a linha iria se arrumar de novo quando a última formação de batalha francesa atacasse, mas agora havia centenas de prisioneiros atrás dessa linha e esses homens capturados ainda poderiam lutar. Eles não tinham elmos e suas armas haviam sido tomadas, mas mesmo assim poderiam atacar a retaguarda de sua linha. A maioria estava de mãos amarradas, mas nem todos, e os que estavam soltos poderiam libertar os outros para se jogaram contra a linha inglesa perigosamente fina. E havia a ameaça dos franceses que pilhavam sua bagagem, mas isso poderia esperar. O vital agora era suportar a terceira carga francesa, e para isso precisava de cada arma de seu pequeno exército. Os cavalos que avançavam seriam atrapalhados pelas centenas de cadáveres, mas eventualmente passariam por esses corpos e depois as lanças compridas se cravariam em sua fileira. Precisava de homens. E os homens olhavam para ele, seu rei”.

Adaptado de “Azincourt”, de Bernard Cornwell, p. 421.

Leia mais...

SciCast #265: Inglaterra: do Coração de Leão ao Coração Valente

por em 02/08/2018 | Nenhum comentário

SciCast #265: Inglaterra: do Coração de Leão ao Coração Valente

“Ainda assim, o rei achava que a união deles não tinha sido de todo insatisfatória. Eleanor lhe dera quatro filhos e três filhas uma boa marca – e não era só isso: as ricas terras da Aquitânia, que ela havia levado para o casamento, haviam aumentado seus domínios e tornado o rei da Inglaterra o homem mais poderoso da Europa. O rei tinha muito por que congratular-se consigo mesmo. Levara de volta para a Inglaterra aquela justiça que o país perdera sob o reinado do fraco Estêvão; conseguira manter suas possessões ultramarinas; arranjara com habilidade o casamento dos filhos, que tinha cinco – de modo a tirar das uniões o máximo de vantagem, e de fato era temido e respeitado em todo o seu reino – e em outros”.

Jean Plaidy, “O Crepúsculo da Águia”, v. 2 da Saga Plantageneta

Leia mais...

SciCast #264: Imunologia

por em 27/07/2018 | Nenhum comentário

SciCast #264: Imunologia

“Um sistema imune de enorme complexidade está presente em todos os animais vertebrados. Acho espantoso que o sistema imunológico incorpore um grau de complexidade que sugere algumas analogias mais ou menos superficiais, embora surpreendentes, com a linguagem humana, e que esse sistema cognitivo evoluiu e funciona sem a assistência do cérebro.”

– Niels K. Jerne

Leia mais...