Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Fronteiras no Tempo: Historicidade #14 Itamaraty e as Forças Armadas na Ditadura

por em 09/10/2018 em Destaque, Fronteiras no Tempo, Notícias, Podcasts | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo: Historicidade #14 Itamaraty e as Forças Armadas na Ditadura

No segundo episódio da 2ª temporada do Historicidade, o programa de entrevista do Fronteiras no Tempo: um podcast de história, recebemos a internacionalista Alessandra Beber Castilho  para conversar sobre sua pesquisa de doutorado em andamento, que investiga as relações, tensões e convergências entre o Ministério das Relações Internacionais (Itamaraty) e as Forças Armadas durante a Ditadura Civil-Militar.

O assunto principal nos permitiu conversar sobre o cenário internacional nas décadas de 60 e 70 do século XX, especialmente na América do Sul, pois a reflexão provocada pela entrevistada nos levou a falar sobre a postura do Itamaraty em relação ao golpe de Estado que deu origem a Ditadura chilena, tema já pesquisado pela Alessandra.

Arte da Capa

 


Publicidade

Ajude nosso projeto crescer cada vez mais. Seja nossa Madrinha ou Padrinho.

www.padrim.com.br/fronteirasnotempo 

 


Saiba mais da nossa convidada

Alessandra Beber Castilho

 

 

 

 

 

 

Currículo Lattes

E-mail: [email protected]


Mencionado no Episódio

U. S. Departament of State – https://www.state.gov/


Produção

CASTILHO, Alessandra Beber. Intersecções entre política externa e repressão política: a atuação do Itamaraty no Chile durante o governo de salvador Allende (1970-1973).  Revista brasileira de estudos estratégicos, v.9, p.151-181, 2017 (artigo) http://inest.sites.uff.br/revista-brasileira-de-estudos-estrategicos/

CASTILHO, Alessandra Beber. O golpe de 1964 e a política externa brasileira dentro do contexto repressivo. Revista NEIBA Cadernos Argentina-Brasil, v.3, p.57-68, 2014 (artigo) http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/neiba/article/view/13849


Indicações Bibliográficas sobre o tema abordado

BANDEIRA, Luiz Alberto Moniz. Fórmula para o Caos: a derrubada de Salvador Allende (1970-1973). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

GUERRA, Cláudio. Memórias de uma guerra suja. São Paulo: Topbooks, 2012.

RORIZ, João Henrique. Clashing frames: human rights and foreign policy in the Brazilian re-democratization process. Rev. bras. polít. int.,  Brasília ,  v. 60, n. 1,  e019,    2017 .   Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292017000100218&lng=en&nrm=iso>. access on  07  Oct.  2018.  Epub Nov 13, 2017.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-73292017001020. (artigo)

LOUREIRO, Felipe Pereira. The Alliance For or Against Progress? US–Brazilian Financial Relations in the Early 1960s. Journal of Latin American Studies. (artigo) https://www.cambridge.org/core/journals/journal-of-latin-american-studies/article/alliance-for-or-against-progress-usbrazilian-financial-relations-in-the-early-1960s/F9B46E5945FF4ED1949BC42273A7CE24


Expediente 

Arte da vitrineAugusto CarvalhoEdição:  Talk’nCastRoteiro e apresentaçãoC. A. Gravado no estúdio de rádio da Universidade Católica de Santos


Redes Sociais

TwitterFacebookYoutubeGoogle+


Contato

WhatsApp: 13 99204-0533

E-mail: [email protected]


 

Madrinhas e Padrinhos

Alexandre Strapação Guedes Vianna, Alexsandro de Souza Junior, Anderson O Garcia, Andréa Silva, Andressa Marcelino Cardoso, Artur Cornejo, Barbara Marques, Caio César Damasceno da Silva, Caio Sérgio Damasceno da Silva, Carlos Alberto Jr., Danilo Alves Cassonato, Eani Marculino de Moura, Eduardo Saavedra Losada Lopes, Ettore Riter, Fabio Henrique S. de Medeiros, Felipe Augusto Roza, Iara Grisi, Jonatas Pinto Lima, José Carlos dos Santos, Lucas Akel, Manuel Macias, Marcos Sorrilha, Mayara Araujo dos Reis, Paulo Henrique De Nunzio, Rachel Magro, Rafael Alves de Oliveira, Rafael Igino Serafim, Rafael Machado Saldanha, Raphael Almeida, Raul Landim Borges, Renata Sanches, Rodrigo Vieira Pimentel, Rômulo Chagas, Sr. Pinto, Tiago Gonçalves, Victor Silva de Paula, Wagner de Andrade Alves, Willian Scaquett, Willian Spengler e Yuri Morales e ao padrinho anônimo