Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

República Deviante #25: Mega Veterinária Árabe

por em 17 17America/Sao_Paulo maio 17America/Sao_Paulo 2017 em Destaque, Entretenimento, República Deviante | 11 comentários

República Deviante #25: Mega Veterinária Árabe

Queridos ouvintes sejam bem-vindos ao Vigésimo Quinto República Deviante, a leitura de comentários, emails, devaneios e bastidores do Portal Deviante.

*Este programa especial, assim como tantos outros projetos vindouros, só foi possível por conta do Patronato do SciCast. Se você quiser mais episódios assim, contribua conosco!*

Arte da Capa:

 


Publicidade:


Redes Sociais:


Aperte o pause:


Expediente:

Host Deviante: Tarik Fernandes. Casa Meia Lua: Vanessa ReisCasa Miçangas: Jujuba VilelaCasa SciCast: Fernando MaltaEdição: Tarik


Material Complementar:

SciCast #193: Expansão Árabe

MeiaLuaCast #139: Mega Drive

Miçangas #34: A Veterinária, A Popó e a Bananeira

  • Alexandre Hagihara

    Viva o novo super-herói do Portal Deviante, o Overhoster, cujos poderes são ainda desconhecidos, mas o uniforme certamente inclui sunga asa-delta.

    • Fernando Malta

      Ei! ¬¬

    • João Paulo

      Não se esqueça do subnick Over Height

      • Fernando Malta

        Hahahahahahah

    • Tarik Fernandes

      Com certeza! hahahhaha #OverhosterDeSungaAsaDelta

  • Felipe Queiroz

    Muito oportuno o Tarik dizendo que nossa política anda mais calma e o cast ter sido lançado no dia que foi!!
    Jujubinha, esse era o Streets of Rage 1 mesmo, que tinha a opção na última fase de se unir ao vilão e trair o amiguinho. Inclusive, de acordo com a escolha e com o resultado da batalha entre os players, era liberado um final secreto!!
    Que LINDO o Tarik indicando a minha coluna no final do cast!! Me senti até importante!! Faltou ele dizer que além de ter participado de Meia-Luas e Scicasts, participei do episódio mais retardado do República de todos os tempos!!

    Fencas, melhor ser Overhoster que Overrated!!

  • Eu sou do mesmo time da Jujuba a diferença é que eu sempre jogo na dificuldade intermediária e digo mais, a pior coisa é cara que se gaba de “ah jogo tudo no hard”, quando eu vejo gente falando assim, sempre penso em alguns speed runners que eu conheço da internet que conseguem facilmente salvar um I wanna bee the boshy em poucas horas e não ficam enchendo o saco de ninguém. O Pedro Casanova do Cogumelando, por exemplo, ele não é speed runner, mas ele tem o “Desafio até o fim do mundo” que basicamente é zerar todos os jogos da era 8-16 bit e arcades, já bateu mais 3000 jogos na twitch.tv e ele não joga no hard. Se o video game não for pra zuera, tem alguma coisa errada, tem que ser na zuera, video game é coisa mais zuera que tem!

    • João Paulo

      Concordo contigo, mas no meu caso, eu gosto de desafio e história.

      Então, se o jogo se mostra muito difícil no modo Overhoster a ponto de eu não conseguir acompanhar a história, eu acabo me frustrando um pouco mas para evitar costumo jogar a primeira vez no modo normal e depois de entender a história começo a jogar no difícil.

      Um exemplo é Metal Gear Solid, no fácil tu consegue passar quase tudo quanto é fase só correndo em direção ao objetivo se você quiser. Porém, no difícil acaba ficando (na minha opinião), mais divertido porque você se obriga a agir com cuidado e não sendo visto, mesmo que necessite de tempo para passar de um determinado cenário.

  • Rodrigo (Bodas)

    As tartarugas entram em fail wild.
    é um mundo ou um outro plano em D&D onde o tempo passa mais lendo do que no plano terreno.
    isso explica até pq eles vivem tanto…

  • André Miola Bueno

    Vanessa prima, é nóis! ;-)

    Jujuba, me diga como se joga StarCraft no easy? ;P

  • Thiago Melo

    Só hoje fui ouvir o Cast….
    Sobre joguinhos no izi ou no Overhoster mode, eu geralmente começo no Overhoster… Mas se eu ver que tá complicado demais, eu diminuo a dificuldade e depois de me acostumar com o jogo começo de novo no Overhoster… Quando eu já sei que o jogo é difícil eu começo direto no normal e aumento a dificuldade se estiver muito fácil…
    Mas respeito e até compartilho da opinião da Jujuba… Se a história é o mais importante pro jogador, pra que perder tempo tentado jogar da forma mais complicada?
    Amo vocês, galera.

%d blogueiros gostam disto: