Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Castelos Medievais – Castelos dos Guimarães, Portugal

por em qui 28America/Sao_Paulo jan 28America/Sao_Paulo 2016 em Entretenimento, Notícias | 5 comentários

Castelos Medievais – Castelos dos Guimarães, Portugal

O Castelo Guimarães é um dos principais castelos da época da Reconquista Portuguesa, pois foi o primeiro Castelo a abrigar a corte de Dom Afonso Henrique, Conde de Portugal e primeiro “Rei” Português.

Ele foi construído no século IX, a mando de Dona Mumadona Dias, Esposa de Hermenegildo Gonçalves, um dos principais senhores feudais da Região de Viramaes, que seria doada a Dom Henrique da Borgonha, fundado do Condado Portucalense, pelo Rei de Castela e Leão, Afonso VI.

Principal entrada do Castelo de Guimarães (Fonte: Wikicommons/Autor: Marco Almeida)

Principal entrada do Castelo de Guimarães (Fonte: Wikicommons/Autor: Marco Almeida)

Entrada para a Torre de Menagem, principal torre de defesa do Castelo, onde estariam os principais salões e a masmorra (Fonte: Wikicommons/Autor: Marco Almeida)

Entrada para a Torre de Menagem, principal torre de defesa do Castelo, onde estariam os principais salões e a masmorra (Fonte: Wikicommons/Autor: Marco Almeida)

Seu objetivo era proteger a vila de Viramaes e o Monastério, dos ataques dos normandos (Vikings) e dos muçulmanos. Sendo assim, na primeira metade do Século XI, D. Henrique escolheu a agora cidade de Viramaes e o Castelo Guimarães para ser o primeiro “centro” de poder do Condado Portucalense.

Estátua de Afonso Henrique, Duque de Portugal, no interior do castelo (Fonte: Wikicommons/Autor: Marco Almeida)

Estátua de Afonso Henrique, Duque de Portugal, próxima ao castelo (Fonte: Wikicommons/Autor: Marco Almeida)

Em 1127, D. Henrique comandou as tropas guarnecidas no castelo contra um sítio levantado por Afonso VII, rei de Leão e Castela, por divergências entre se o condado português seria “integrado” ao Reino de Castela e Leão ou se seria um Reino Independente.

Com o sítio terminado, e o Castelo de Guimarães ainda de pé, Houve outra batalha nas planícies próximas a fortaleza, em 1128, entre forças castelhanas e de D. Henrique. D. Henrique venceu a batalha, garantindo, assim, o nascimento da “nacionalidade” portuguesa.

Vista do interior do castelo (Fonte: Wikicommons/Autor: Marco Almeida)

Vista do interior do castelo (Fonte: Wikicommons/Autor: Marco Almeida)

O castelo se localiza na atual cidade de Guimarães, na região administrativa de Braga, Norte de Portugal. Dentro de seus muros podemos ver uma Estátua de D. Afonso Henrique, filho de D. Henrique de Borgonha e Primeiro Rei de Portugal. De acordo com histórias, foi nesse castelo que nasceu o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques (1112-85). A pia onde se afirma ter sido batizado encontra-se na capela românica da Igreja de São Miguel da Oliveira, no setor Oeste do castelo.

Vista aérea do Castelo de Guimarães (Fonte: A Terceira Dimensão - Fotos Aéreas/Autor: desconhecido)

Vista aérea do Castelo de Guimarães (Fonte: A Terceira Dimensão – Fotos Aéreas/Autor: desconhecido)

Fontes:

Site português Guia da Cidade

Site de turismo da Prefeitura de Guimarães

Site História de Portugal

Matheus “Prof.º Barbado” Silveira é Professor de História formado pela PUCPR, Especialista em História Contemporânea e Relações Internacionais, formado pela PUCPR e Podcaster residente do SciCast.

 

  • Mike

    O Castelo parece tão pitico, mas tah certo, foi o primeiro e fortalezas que são maiores neh!? Legal saber como foi o inicio de Portugal. Imagina soh o Afonso batalhando com esse shield enorme!

    • Sim, realmente o castelo parece pequeno pois estava limitado às técnicas de construção dos anos 1000 – 1100. Mas servia muito bem à seu propósito, proteger o condado portucalense de seus inimigos. Não podemos esquecer que estruturas de madeira (torres de vigia e paliçadas) podiam ser vistas ao redor do castelo, estruturas estas perdidas com o tempo.

    • Sem contar que a estrutura que vemos do castelo é da fortaleza interna, pode ver pelas fotos que existem ruínas de pedra em volta dele, onde possivelmente existia uma linha de muralha externa. E castelos medievais sempre eram renovados e aumentados pelos sucessores dos donos originais

  • Bruno Bastos

    Ao visitar Portugal recomendo muito conhecer a cidade de Santa Maria da Feira que fica no distrito de Aveiro.
    Todos os anos no início do mês de agosto (período de férias na Europa) a cidade inteira se enfeita e volta 1000 anos no passado. Há teatro ao ar livre, feiras, apresentações, roupas e comidas da época, simulação de batalhas.
    Existe uma história curiosa do castelo de Santa Maria da Feira (que pode ser lenda urbana ou não). O castelo estava sendo atacado. Após vários dias se defendendo dos inimigos e sem chance de ganhar a batalha eles decidiram, de forma desesperada, dar todo seu estoque de comida para os inimigos para tentar enganá-los. Usaram a estratégia: “estamos vendo que estão há muitos dias tentando tomar nosso castelo e já estão sem mantimentos. A luta está ficando desigual. Peguem esses mantimentos para igualarmos a batalha.”
    No dia seguinte os inimigos foram embora.
    Se essa história é verdadeira ou não eu não pesquisei, mas os moradores locais contam essa história para os turistas (citando datas, nomes, época, etc.).
    Peço desculpas pela falta de detalhes, mas estou tirando essa história de cabeça.

  • Inoue

    E pensar que achava história chata na época da escola,valeu por por mostrar o quanto eu estava errado.
    Vida longa e próspera.

%d blogueiros gostam disto: