Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Scicast #173: Intoxicações Alimentares

por em 30 30America/Sao_Paulo dezembro 30America/Sao_Paulo 2016 em Ciência, Destaque, Scicast | 52 comentários

Scicast #173: Intoxicações Alimentares

Sejam bem vindos Deviantes e Derivadas a mais um SciCast especial de fim de ano! E após um MA-RA-VI-LHO-SO (Fencas, 2016) episódio sobre o Natal nada mais justo que um programa sobre outra certeza de final de ano! As intoxicações alimentares!

O que podemos comer? O que não podemos comer? Como algo tão gostoso pode te trair? Devemos comer palmito? E, principalmente, podemos usar o camarão para matar nosso amiguinho? Descubra tudo isso e muito mais no SciCast!

Arte da Capa:


Publicidade:

  • Você que gosta de ciência e tecnologia o SciCast está com uma nova parceria, a Alura!
  • Na Alura você aprende programação, design, marketing digital, front-end e desenvolvimento mobile. São mais de 270 cursos para você estudar no plano anual.
  • Mas não é só isso!!! Ouvinte do Scicast tem 10% de desconto, no endereço https://www.alura.com.br/promocao/scicast
    Além de muito código e design, a Alura tem ciência também! São cursos como estruturas de dados, algoritmos, estatísticas e introdução ao machine learning.
  • Não perca tempo e se inscreva HOJE! E aproveita para amar a Alura nas redes sociais: @AluraOnline e fb/AluraCursosOnline

 

  • Continuando a série Monsters of Science em grande estilo a Loja SciCast lança a camiseta Einstein Kiss, está esperando o quê pra pegar a sua?

IMG-20160809-WA0008

  • Ao lado de um dos mais conhecidos  cientistas da história da humanidade, temos uma das maiores e mais importante cientista na camiseta Marie Curie and the Radioactivity Experience, dentre muitos outros itens imperdíveis.

Avisos Paroquiais:

Campus Party 2017:

Bancada do Portal Deviante na Campus: http://campuse.ro/events/CPBR10-Grupos/workshop/republica-deviante-by-scicast/

Todas as palestras do Portal Deviante:

OBS:  Marque para participar de todas! Mesmo que você não saiba se vai ao evento, assim a palestra possuirá mais chance de ser aprovada e você estará ajudando o Miçangas e o Portal Deviante!


Contato Comercial:

Quer anunciar seu produto, marca ou serviço aqui no SciCast? Entre em contato:


Redes Sociais:


Aperte o pause:


Expediente:

Produção Geral: Tarik FernandesHosts: Fernando Malta e Marcelo Guaxinim. Edição: Talk’ nCastEquipe de Gravação/Pauta: Fernando Cezar, Jujuba Vilela e Werther KrohlingArte da Vitrine: Oliver Munday


Material Complementar:

Food Safety Brazil

CDC FoodNet

The Center For Foodborne Illness Research & Prevention

  • Fernando Pereira

    O Drauzio Varella está neste episódio? Cara, se não estiver… ele devia estar ao menos no grupo dos Amigos do Pause para tentar adivinhar qual serão os próximos temas, porque né:
    https://uploads.disquscdn.com/images/7ab5467e87b14730af15878b7e62845c4916b3aa7f34873b20e2b04695686395.png

    • Werther Krohling

      Viu? Nem tudo o que conversamos é mentira.

      • Werther Krohling

        Ou….. o Dráuzio usou o Scicast como referência! huahuahauhauhauahu

        • Fernando Pereira

          Ou… o Drauzio é muito Black Mirró.

          • Werther Krohling

            kkkkk “melior” explicação!!!

  • De acordo com um médico que me consultei um tempo atrás, mesmo a Hepatite A, que não é sexualmente transmissível e depois de tratada não causa mais nada, te impede de doar sangue e órgãos. Eu tive o tipo A quando criança e até hoje os hemogramas acusam a presença dela :P

  • Nanaka

    eu adoooooro ovo mole ._. para comer de colher mesmo, de manhã, delícia. Também quebro ovo cru em cima do arroz quente.. hahaha to ferrada.
    Já comi o ovo preto podre chinês tambem! hahaha

    • Fernando Malta

      A morte, Nanaka, ela é iminente… O_O

    • Vinicius Zhu

      Nanaka, te entendo. Costumo consumir ovos com a seguinte receita:
      Ferva a água. Quando estiver fervendo, coloque um ovo cru, em temperatura ambiente, na panela por exatos 6 minutos. Assim que terminar o tempo, tire o ovo da panela e tire a casca. Resultado: Ovo cozido com gema mole. Melhor coisa que já inventaram! rsss

    • Ana Da Rocha Kurata

      ovo mole (cozido por apenas 2 minutos) com shoyu!
      Iguaria da minha Bachan para os netinhos crescerem fortes!

  • Marcelo França

    Aqui com peso na consciência pelo palmito, :o não sabia desse lance do desmatamento, mas guaxa… palmito é muito bom :P

  • Rodrigo Mokepon

    Gente, faz algumas semanas que não consigo baixar os epsódios!

    • Fernando Malta

      Por que, Rodrigo?

  • Gustavo Albertão

    Que cast legal. Não pode comer industrializados porque faz mal, não pode natural porque faz mal, não pode luz solar porque da cancêr. Então vamos nos alimentar de podcasts.

    • Werther Krohling

      Até nossos ouvidos sangrarem!

  • Pabllo Barbosa D. Araujo

    Cast bem legal, aqui no interior da paraiba geralmente quem pega infecções são crianças pois para os adultos tem a cachaça que limpa tudo.

    • Werther Krohling

      A boa e velha cachaça…..

    • Fernando Maia Filho

      Dizem que tomar alcool 70% também elimina tudo…

    • na Rússia seria Vodka

  • Werther Krohling

    Sobre esse cast, eu comentei disso nessa foto que está no perfil do @becodabike… entendedores entenderão!

    https://uploads.disquscdn.com/images/216f2a5eab52216ce83a398380895a98d329837999859336561216ef4772c0df.jpg

  • Darley Santos

    Caras, aqui em minha cidade tem muitos casos de problemas gastrintestinais, e se supõe que seja devido a incorreta proximidade entre os poços semi-artesianos furados sem critério e as fossas. Além disso, há uma ocorrência maior em domicílios próximos ao cemitério, que atualmente sofre com a falta de espaço para acomodar mais cadáveres – mortos sobre mortos. Se cuidem deviantes, e se alguém aí urinar preto, já sabe…

    • Fernando Malta

      Um dos principais problemas do mundo é água em más condições. A falta de saneamento básico no Brasil é um dos maiores absurdos que demonstram nosso subdesenvolvimento – e já exploramos o tópico em diversos outros casts. Um baita problema, Darley…

  • Fernando Pereira

    Flora intestinal ou microbiota intestinal? Eis a questão.

    • Microbiota, é o termo mais adequado, pois os microrganismos que convivem conosco não são do reino Plantae.

    • Juliana Vilela França

      Enquanto não for fauna fico feliz :)

      • Mas Juliana, tem gente que já está na fase de ter um monstro na barriga, a pessoa tem uma fome monstruosa e ainda por cima não engorda.

  • Edgley Cesar

    Nos meus tempos de estudante de biologia, na vezes que saiamos para viagens de coleta, sempre alguem tinha um ‘desarranjo’ intestinal.
    A professora, sábia e experiente, orientava nao comer nada e apenas tomar coca-cola, pois tem sais e açucar em abundancia e, de fato, sempre funcionava. Mas era uma comédia parar a Kombi no meio do nada e nego sair correndo pro mato pra se aliviar.

  • Lucas Powl

    vamos fazer o dogão da intoxicação kkkkkkkkkkkk morri

  • VIctor Miguel Silva

    Venho notando que os podcasts sobre biologia tem seguido um formato de “check-list”, onde ao invés de seguir uma linha (como nos casts de física ou históricos), se baseia em explicar um-por-um baseado em alguma classificação (cobras/serpertes, vírus/baterias/fungos, mamíferos/aves…. etc), o que vai ficando um pouco repetitivo e parece que não está progredindo no assunto, tanto que as vezes vocês se perdem no meio de outro assunto.

    Já pensaram em outros formatos pra desenvolver a “linha mestra” que conecte os pontos? Documentários seguem outros formatos que acho mais adequados, nem que sejam os famosos “Top 10 das criaturas/doenças mais XXXX”

    • Juliana Vilela França

      Anotado Victor ;)

  • Vinicius Zhu

    Boa noite e feliz ano novo, pessoal!

    Tema interessantíssimo! Sou de exatas mas tenho gravadas na mente tal qual entalhe em pedra as aulas de biologia do ensino médio que faziam referência às parasitoses.

    Pois bem, queria aproveitar o espaço pra tirar uma dúvida! Vocês falaram da tal “síndrome do viajante”. Como se nota pelo meu nome, apesar de eu não ter feições asiáticas, sou Chinês por parte da esposa (roubei o sobrenome dela). Fui à China por duas vezes, e o padrão de higiene médio por lá não é muito diferente do padrão de higiene dos restaurantes chineses daqui (veja bem, não estou falando dos gourmets, mas daqueles restaurantes no último piso do Shopping 25 de Março).

    Apesar de eu ser meio avestruz e comer de tudo (inclusive ovo mole e leite da fazenda), na primeira vez que fui, sofri claramente da tal síndrome do viajante. Foram 2 ou 3 dias sem poder me aventurar em lugares muito distantes de casa (até porque, em locais públicos, o banheiro padrão é conforme imagem em anexo
    https://uploads.disquscdn.com/images/246e1c4396ae6cde7f0100fa70f264a5d5798b9e3c27c47a19c75ce1ae0ec8d8.jpg )

    Pois bem. Da segunda vez que eu fui, na primeira semana ainda tive certo desconforto, mas nem de longe comparável ao inferno da primeira viagem. Gostaria de saber se por se tratar de uma bactéria, seria possível que eu tenha adquirido um certo grau de imunidade a ela, de forma que a infecção tenha sido mais leve?

    Em tempo, o “ovo milenar” (pí dan) é realmente uma iguaria na China. Trata-se do ovo de pato que é conservado em terra, argila, sal, e outros substratos por meses. Apesar da aparência meio estranha (a clara fica preta e translúcida, a gema fica esverdeada), se a casca não for rachada e o ovo não estiver contaminado, não há cheiro nenhum e o sabor é muito, muito bom! Com gengibre ou com tofu e cebolinha fica uma delícia! Recomendo provarem! (Nas lojas do Meisim costuma vender, tem na Liberdade, na 25 de Março e uma no RJ que não sei onde fica!). E ao contrário do que dizem, o ovo não está podre (por favor, se sentir cheiro de ovo podre, jogue fora e pegue outro porque neste caso não está mesmo próprio pra consumo!) Hoje em dia o processo é feito industrialmente em cerca de 10 dias, se é que isso serve como consolo! ;)

    Por outro lado, NUNCA provem o Balut, o sabor é horrível além de ter um aspecto péssimo! (é um prato das Filipinas em que cozinham um ovo galado com o embrião já bem desenvolvido).

    Obrigado, e bom 2017 a todos do Scicast!

    • Fernando Maia Filho

      Tenho vontade de conhecer a china e to anotando tudo o que não fazer! kkkkkkkkk

  • tutubahell

    eu sobrevivi com muita glicose na veia aqui na upa masss de resto ta tudo bem

  • Wendel David Przygoda

    Conforme solicitado no final do cast: passei pelo Natal e pelo ano novo e estou vivo…. Porém ofegante

    • Fernando Maia Filho

      Ofegante? kkkkkkkkk

  • Olá Deviantes, primeiramente, ótimo episódio com informações de grande importância. Eu não conhecia a problemática do mel, obrigado.
    Só uma coisa, seria importante ressaltar que uma alimentação balanceada, com frutas, legumes, verduras, proteínas animais e seus derivados deve ser privilegiada e aconselhada. Os alimento devem ser bem tratados, de origem com qualidade e boa procedência, como o Tarik comentou.

    • Tiago Paulo

      Excelente comentário, como os pontos levantados pelo Tarik.
      Só é importante ressaltar que a origem da proteína nesse caso não faz diferença visto que as fontes vegetais são tão boas quanto.

  • Carlos Henrique

    Não tá dando pra baixar esse

  • Lucas Powl

    mortadela já quase me matou duas vezes agora eu tenho nojo

  • João Paulo Gomes

    Como não falaram do pequi, a iguaria goiana infernal que ou se ama, ou você já passou muito mal com ele.

    • Juliana Vilela França

      Culpa do Tarik (Só pq ele é de Anlápolis) :D

    • Fernando Maia Filho

      Culpa do Tarik (2)
      Uma vez atendi uma pessoa que mordeu um pequi e os espinhos se espalharam na boca, como se tivesse mordido um porco espinho. Mais de 1h retirando..coitado.

    • João Paulo Gomes

      pois é, depois pergunta pro Tarik como um ser humano consegue ingerir isso, porque os espinhos nem são a pior parte.(sou de Goiás, mas por odiar pequi, não sei responder essa questão)

    • Ana Da Rocha Kurata

      eu não conhecia pequi, até ver um amigo morder um e leva-lo correndo ao médico… terrível.

  • Tiago Paulo

    Olá pessoal!

    Só consegui escutar esse EP ontem, visto que após o podcast sobre o Japão Medieval 2, acabei indo atrás de todos os podcasts que vocês já fizeram sobre história, não contei ao certo, mas foram mais de 30 horas muito bem gastas, vocês são muito bons no tema (e essa qualidade já existia mesmo nos eps antigos). Sobre ouvir Eps antigos, agradeço a quem teve a ideia de tirar o formato sala de aula, aquilo ficava cansativo após ouvir alguns episódios em sequencia. Ainda existe a tretinha #TeamGuaxa vs #TeamTarik? Se ainda rolar sou #TeamTarik, após anos de Bully ele merece meu apoio.

    Agora sobre o EP 173, muito interessante essas informações, não é a minha temática favorita mas foi bem informativo. Um ponto que chamou minha atenção é o Haterismo latente do sr Guaxa contra o pobre palmito, inclusive quando entrou na questão do desmatamento para produção de palmito foi bem curioso ao meu ver, a pecuária por exemplo, é a maior causa de desmatamento da amazônia, mas não notei preocupação sobre isso no grande Guaxa.

    Mas é isso ai pessoal, obrigado por mais um excelente programa, continuem trabalhando e lancem mais de história hahahaha.

    Flws

  • Gabriela Keiko Haga

    Oi!
    Sou Gabriela, técnica em química e, atualmente, bacharelando de Química na UFABC.

    Sobrevivi à ceia de Natal e de Ano Novo comendo de tudo (ou quase tudo, pois vejam vcs: tenho alergia grave à MANGA, isso mesmo, manga a fruta, que é super saudável pra todo mundo, menos pra mim).

    Ouvindo este cast, lembrei de uma aula prática de microbiologia, em que meu professor pediu que produzíssemos meios de cultura. A avaliação seria em duas etapas:
    1) Na aula seguinte ele iria conferir se não havia crescido microorganismos no meio de cultura. Caso houvesse crescimento, nota zero.
    2) Se não houvesse crescimento microbiológico, a nota ainda não estava garantida. Era preciso inocular bactérias no meio de cultura sem contaminar o meio com outras bactérias ou fungos. Se após o período de incubação fosse tudo OK , o professor ainda iria verificar nosso histórico de faltas, para saber se alguém faltou às aulas por ter contaminado a si próprio durante a aula prática.
    Ou seja, o famigerado Número 3 pode tirar notas em aulas de microbiologia!

  • Ana Da Rocha Kurata

    sobrevivi às festividades de fim de ano o/
    Senti falta apenas da Maria Tifóide, estória da minha graduação, sobre uma senhora de higiene duvidosa portadora assintomática de Salmonella typhi que trabalhava como cozinheira em diversos restaurantes espalhando inocentemente a doença….

  • Acabo de notar que a maioria das coisas que falaram que faz mal, no final do episódio eu não consumo regularmente, então devo me encaixar em algum grupo de risco intermediário.

    Obrigado por mais um espisódio inteligente, informativo e divertido. Agradecendo em forma de comentário no post da publicação desse episódio do podcast auscultado a pouco.

  • Missa

    sobrevivi ao natal e ao ano novo mas não sem sequelas.

  • Willian Rochadel

    Sério, este episódio foi aterrorizante.
    Dá medo de pensar quanta porcaria temos por aí e a preocupação com as normas sanitárias.

  • Já que o Rádio Nuvem tá em beta, pode por os feeds convencionais(aquele pra assinar no iTunes), juntos e separados, dos podcasts?

%d blogueiros gostam disto: