Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Scicast #136: Realeza

por em sex 20America/Sao_Paulo maio 20America/Sao_Paulo 2016 em Destaque, Scicast | 35 comentários

Scicast #136: Realeza

Sistemas de governo sempre existiram, sendo o mais clássico deles a monarquia. Seja por escolha divina, seja pela força, porque você sequestrou o papa e criou um clone maligno dele, os reis sempre estiveram por ai.

Início, Auge e Queda da realeza! Essa semana no SciCast vamos falar de Reis, Rainhas e Cantores Românticos. Descubra o que é a Porradocracia, entenda de onde emana o poder e como funciona a linha de sucessão real.

Venha, sente no trono e coma um pedaço de torta.

Rei

 

Publicidade:

A querida Livraria Berlim está de volta, e mais livros em promoção, não percam as oportunidades:

  • A Cultura do Renascimento de Jacob Burckhardt
    O livro é referência não só para historiadores, mas também para filósofos e críticos de arte. O autor foi famoso pelos cursos que ministrou e que teve entre outros alunos, Friedrich Nietzche!
    Ele faz uma análise histórica política, cultural e religiosa da Itália dos séculos XIV, XV e XVI , e é unificada por um fio condutor que nela identifica o surgimento do individualismo moderno
    R$ 36,00 com frete grátis.
  •  Estrada para Fornovo de Fernando Lourenço Fernandes
    A obra conta as aventuras e desventuras da FEB entre o final de 1944 e o começo de 1945, tanto durante o inverno italiano quanto o verão carioca. É uma narrativa da pouco lembrada guerra dos brasileiros na Europa, entremeada com os fatos políticos de um Brasil cuja então capital, o Rio de Janeiro, vivia seu auge, com praias, cassinos, corridas de cavalo e vida noturna que atraíam bons vivants dos quatro cantos do mundo.
    R$ 35,00 com frete grátis.
  • Uma carta escrita pelo Barão Vermelho torna-se uma poderosa arma de propaganda, podendo acabar com a Primeira Guerra Mundial. O piloto francês Gerrard de Burdêau encontra um bebê alemão em uma trincheira, passando a cuidar dele como se fosse o próprio filho. O cabo Adolf Hitler rememora sua vida com a Europa mergulhada em sangue, lama e trincheiras. Um retrato vivo e chocante das batalhas da Primeira Guerra Mundial.
    R$ 35,00 com frete grátis.
  • Trata das duas primeiras fases do processo de inovação, através da inclusão dos carros de combate, no Exército Brasileiro, realizadas durante as décadas de 1920 e 1930. Aplicando modelos de estudo das inovações militares, analisa as mudanças ocorridas na organização militar através de sua cadeia hierárquica e das ações e reações dos seus membros; e observa como a cultura organizacional atuou durante a transformação, influenciando o pensamento da oficialidade do Exército face ao novo equipamento.
    R$ 42,00 com frete grátis.

E se quiserem solicitar algum livro específico, raro e que não esteja no catálogo, podem entrar em contato com eles através do Facebook ou Twitter, eles prometem dar toda a atenção que nossos ouvintes merecem!

E como a ciência tem que ser divertida e compartilhada, essa semana teremos um evento extremamente imperdível, o Pint of Science, um festival internacional de divulgação científica que nasceu na Inglaterra em 2013. É gratuito! Participe dessas três noites de muita diversão e ciência. 23, 24 e 25 de maio, procure no site o lugar mais próximo de você e boa diversão!

Marie Curie Front

 

Contato Comercial:

Redes Sociais:

Aperte o pause:

 

Produção Geral: Tarik FernandesHosts: Fernando Malta e Marcelo Guaxinim. Edição: Talk’ nCastEquipe de Gravação: Willian SpenglerNicolas Hells e Matheus Professor Barbado Arte da Vitrine: Google Imagens

 

 

Comentado no Episódio e Leituras complementares:

Age of Empires 2 : The Age of Kings

 Europa Universalis IV

Cruzader Kings 2

Rabbit Hood (do Pernalonga, com a dublagem da Cinecastro

Knight Mare Hare (Pernalonga)

Monty Phyton: Em Busca do Cálice Sagrado (com a dublagem da BKS, disponível completo

SciCast #130: Invasões Bárbaras

 

ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado Absolutista. São Paulo: Brasiliense, 1989

BODIN, Jean. Os Seis Livros da República. São Paulo: Ícone, 2011.

CORNWELL, Bernard. As Crônicas de Arthur (O rei do inverno, O inimigo de Deus e Excalibur). Rio de Janeiro: Record, 2011.

ELIAS, Norbert. O Processo Civilizador. Rio de Janeiro: Zahar, 1995

HOBBES, Thomas. Leviatã. São Paulo: Martin Claret, 2008.

IGGULDEN, Conn. Pássaro da Tempestade (vol 1 da Trilogia Guerra das Rosas). Rio de Janeiro: Record, 2014

MAQUIAVEL, Nicolau. O Príncipe. São Paulo: Martin Claret, 2010.
MARTIN, George R. R. A Guerra dos Tronos (vol 1 de As Crônicas de Gelo e Fogo). São Paulo: Leya Brasil, 2010

  • Ben Gadhura

    ACHEI UMA BOSTA!

    • Quem?

      Apoiado, abigo.

      • Ben Gadhura

        Estou a disposição.

    • MarceloGuaxinim

      Obrigado! Achei o mesmo do seu avatar.

      • Ben Gadhura

        Gostei tanto de seu comentário que vou mandar uma lata cheia de bosta até a tampa pra você.

    • Canrobert Marcolino

      • Ben Gadhura

        homi arranha

    • Fernando Malta

      Críticas construtivas, obrigado! =D

      • Ben Gadhura

        Isso… façam mais bostas!

        • Fernando Malta

          E daí você vem trazer sua alegria pros comentários imediatamente?
          Feito.

          • Ben Gadhura

            Voce beija meninos.

    • Diogo Superior

      Certa vez eu vi um documentário no Discovery sobre grupos de chimpanzés, os mais agressivos sempre atiravam pedras e cocô quando um grupo mais forte passava por eles, um modo de afastá-los dos mais fracos, o que era em vão e com o tempo eles eram expulsos do grupo.
      Bom, só queria citar isso mesmo.

      • Ben Gadhura

        Uma vez eu vi um filme porno e o cara era broxa, e dai?

      • leoniscarlotis

        Resumo da história: se for primata, haverá confrontos (guerras são coisas mais complexas e que envolve mais organização).
        Enfim… eu vi (não sei se é a mesma coisa que você viu) uns grupos de primatas (não humanos) que lutavam entre si e até adotavam algumas técnicas terroristas (apedrejamento, estupro e canibalismo da “gangue” rival. Se eu achar, posto aqui.

  • Quem?

    Não vou criticar sobre o tema de hoje não ser tr00 science, pq eu galgo um título de nobreza aqui no Rio de Janeiro tem algum tempo e é bom ter entendimento de como esse samba funciona… Palavras do futuro Barão de Jacarepaguá! (HAHAHAHAHAHA >D)

    • Canrobert Marcolino

      A Rainha pediu pra te avisar…

  • Henrique Dickel Dos Reis

    Muito bom, tema histórico é sempre interessante!

  • Bicuinha

    Guaxa citando Dark Souls só cresce no meu conceito!

  • Nyell Quantos

    Newton o Profano, meu novo char em D&D

  • Edgley Cesar

    Só uma correçaozinha no inglês:
    Pint of Science, lê-se “páinte”.

    Pint é uma medida imperial de liquidos, muito usada na Inglaterra ainda
    Cerveja é vendida pela ‘pint’ nos pubs, num copão de 568ml – por isso o logo do Pint of Science é um copo cor de laranja (cerveja, duh) com um cerebro.
    https://en.wikipedia.org/wiki/Pint_glass

    • Fernando Malta

      Valeu pelo toque, Edgley! ;-)

  • Diógenes A. Cardeal

    O tema não tem muita relevância direta para mim, porem vendo meu contexto histórico sinto que é necessário!

    Quanto a diferença de volume das vozes e vinhetas, essa edição ficou macia, muito legal ver a preocupação do Scicast com a qualidade!

    Valeu pessoas!

    • Adriano João Silva

      Estamos aqui pra isso Diógines ;) como editor, agradeço os toques, toda crítica é bem vinda pra irmos melhorando. Obrigadão!

  • samyr87

    muito bom os de história, continua ai scicast.
    a bibliografia está de parabéns.

  • Guilherme Araújo

    Gente ta insuportável as piadinhas do Guaxa, por favor revejam isso, conteúdo não discuto pq é a unica coisa q não me faz abandonar o trabalho de vcs.

    • Ben Gadhura

      Bane esse gordo morbido.

    • Marcelo Rigoli

      Cara, relaxa que todos nós precisamos pagar um preço pelas coisas. There’s no free meal. Hahahahhahaa

      • Guilherme Araújo

        é um ponto..

  • Finalmente um cast sem nenhuma referência ao filme Prometeus… :D

  • DIOGO

    será que uma monarquia daria certo no Brasil atualmente?

    • Fernando Malta

      É a esperança dos Orleans e Bragança, Diogo!
      Na verdade, há uma corrente (minoritária e fraca) que foram aqueles que advocaram para esse modelo político no plebiscito da década de 80.
      Um dos argumentos mais fortes deles, com o qual concordo (e que estamos sentindo na pele neste momento) é que uma monarquia apresenta uma estabilidade institucional MUITO maior que modelos puramente democráticos (diretos, como o presidencialismo, ou indiretos, como o parlamentarismo). Isso porque,a despeito de quem está a frente do GOVERNO (o presidente ou o primeiro-ministro), haverá uma continuidade e uma previsibilidade daquele que estará à frente do ESTADO, preservando um sentimento de pertencimento e união por parte da população muito maior. Esta linha de pensamento acabaria por explicar o porquê do tamanho gigante do Brasil frente aos nossos vizinhos latino-americanos durante as independências dos países – temos que lembrar que fomos o único império e, por tal, conseguimos institucionalizar uma unidade nacional muito forte, principalmente com Dom Pedro II, e depois consolidá-la com o Barão de Rio Branco. :)

      • DIOGO

        quem sabe daria certo,já que o atual sistema não ta la essas coisas

      • Hector Bonilla

        Ainda aparece alguns malucos monarquistas por aqui.

%d blogueiros gostam disto: