Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Scicast #69: Grécia Antiga

por em 20 20America/Sao_Paulo fevereiro 20America/Sao_Paulo 2015 em Scicast | 22 comentários

Scicast #69: Grécia Antiga

Podcast numero 69, pós Carnaval… Sabem o que isso significa? EXATAMENTE! NADA…. Vamos falar de Grécia Antiga! Sim Aqueles homens sarados correndo nus com espadas na mão…

Voltando a cronologia original dos SciCasts de história vamos finalmente acompanhar como a corajosa e pequena Grécia se formou, cresceu e enfrentou o tirânico e megalomaníaco Império Persa em defesa dos valores de liberdade e democracia. Tomando como base os desenhos animados hoje falaremos sobre os santos, democráticos, puros e pacíficos gregos e suas lutas para resistir e crescer contra as temíveis controvérsias do mundo Antigo, com os bárbaros totalitários sanguinários à suas portas… #SQN.

No podcast dessa semana acompanhe nossos nobres cavaleiros de bronze em sua busca pelo sétimo sentido, descubra porque dividimos a história grega em doze casas, aprenda a elevar o cosmo no seu coração, descubra de que povo descende a exploradora Dora, defina os povos gregos em esteriótipos escolares e muito mais… Estão prontos?  ENTÃO GRITEM COMIGO: “ME DE SUA FORÇA PEGASUSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!”

Produção e Coordenação: Silmar Geremia. Equipe de Pauta: Matheus Silveira e Gustavo SimioniRevisores: Marcelo Guaxinim e Ronaldo GogoniApresentação: Silmar GeremiaEngenharia de Som: Silmar Geremia. Edição, Sonorização e Mixagem: Silmar Geremia. Convidado Especial: Roberto PenaFoto da Vitrine: Lesse Vestergard.

Diretoria:

 

Comentado no episódio:

 

Games:

  • Total War Rome II: Expansão “Wrath of Sparta” (Ira de Esparta):  Essa nova expansão do jogo Rome II traz a campanha da Guerra do Peloponeso, onde você pode jogar de Esparta, Atenas, Corinto ou Tebas e reviver todas as grandes batalhas e conquistas da Guerra do Peloponeso.

 

Livros:

  • A GUERRA DO PELOPONESO, de Tucídites – O historiador Tucidides apresenta o logo conflito que envolveu as duas principais cidades-estado da Grécia (Esparta e Atenas) e seus respectivos aliados. A vitória de Esparta acabou levando a uma derrocada da Grécia clássica, dominada, num primeiro momento, pela Macedônia, e, depois, por Roma. Esparta subjugou a Grécia de maneira tirânica, quebrando-lhe a unidade política. Skoob.
  • Enciclopédia das Guerras – Conflitos Mundiais Através dos Tempos, de Adrian GIlbert – Enciclopédia das Guerras – De acordo com Adrian Gilbert, autor de Enciclopédia das Guerras os conflitos bélicos desempenharam um papel fundamental no progresso humano, influindo profundamente em mudanças políticas, econômicas e sociais. Para o autor, a ascensão e a queda das civilizações dependem, muitas vezes, da aplicação de forças militares. Skoob.

 

Detenção:

  • Lucas Balaminut

    A descrição do episódio está de chorar de rir: “ME DE SUA FORÇA PEGASUSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!”

    • MarceloGuaxinim

      Obrigado! =D

      • Ricardo Tatsch

        A piada das armaduras de bronze eu vi chegando de looooonge

  • Schmidt

    Madrugada jogando Shadow of the Colossus e escutando Sci Cast!!!

  • Ricardo Tatsch

    “Não dava para dividir o tema em 12 casas?”
    Huahahahahaha

  • Blind Guardian na trilha == Tudo de bom :)

  • Schmidt

    Teria Seya sido treinado em Sparta?

    • Lucas Bahamut

      Do jeito que ele mais chora doque bate, com certeza não! VAI SEYAAAA!

      • Schmidt

        Huhauahauhahuaha

  • Henrique Vieira

    Quem nasceu primeiro, o cavalo ou o tanque?

  • Matheus Sales

    O que aconteceu com o Jorge?

    • gustavozelele

      Também queria saber :(

  • Alan Bontempo

    Por favor, listem as musicas do podcast!!

  • Flavio Lamas

    fala galera!! adorei o cast de novo! voces sempre fazem coisas iradas! continuem assim ;)

    falando nisso, voce poderiam fazer um cast sobre depressao e doencas relacionadas heim?

    Afinal, parece que esse treco soh aumenta no mundo inteiro constantemente e como eh algo no cerebro[o que nao conhecemos praticamente nada direito], praticamente muitos remedios sao escolhidos no chute pra cada caso usando estatisticas dos que mais funcionam em geral… :)

    Acredito que daria uma boa pauta, o que acham?

    :D :D

    [[]]s

    • Boa sugestão. Segundo testes virtuais eu tenho uma leve tendência a depressão.
      Acredito que no meu caso esteja relacionado a vicio em internet como foi mencionado em um dos videos do canal TED. Acho que é um grande fator na nossa época e que se for o caso seja falado no cast.

  • jean

    Que tema FODA. Parabéns!!

  • Primeiro Scicast que escuto e vcs já me vem com Saint Seiya?
    Agora que vou acompanhar vocês sempre hahahaha.

  • Tem um livro muito bacana sobre a guerra do pelonoponeso, é de um cara chamado Donald Kagan, é bem leve e legal de ler.

  • To eu escutando lá de boa, começa o papo:

    – Eles usavam escravidão por divida e comiam os escravos
    – Literalmente!
    – Até que emfim uma putaria…
    – Ai que veio a AIDStocracia…

    Ai minha cara de susto e volto correndo pra escutar se era mesmo a tal da AIDStocracia kkkk PQP!

  • Feanissil Twillena

    Mas a democracia ateniense não era só quem tinha posses. Na verdade parte das reformas de Clistenes garantiram que todos os filhos de cidadãos atenienses tinham direito a cidadadania, sendo que depois, foram implementadas reformas que restringiram a cidadania para aqueles filhos de pai e mãe atenienses. O número de cidadãos variou entre 35 a 10% da população.Uma das principais características da democracia ateniense, foi o conflito político dos cidadãos do Demos (povo) contra os Eupátridas (aristocracia tradicional), já que o Demos queria radicalizar a democracia, realizando a reforma agrária e os Eupátridas queriam impedir. A solução encontrada foi distribuírem oliveiras para o Demos. Assim os atenienses da “classe média”, poderiam ganhar lucros o suficiente com a venda de azeite, para que pudessem se equiparar aos Eupátridas (a igualdade econômica é essencial na democracia, pois se um grupo for mais rico do que o outro ele tem grandes chances de dominar). Essa solução gerou uma dependência alimentar de Atenas em relação ao estrangeiro que motivou sua expansão imperialista. Importante ressaltar, que o principal crítico, Aristotanes (o famoso Platão), era um Eupatrida revoltadíssimo com a perda do status social da democracia. Aristoteles, seu discípulo, apoiava esse sistema político.

  • Nel Adame

    Adorei o episódio, continuem assim e METEORO DE PEGASUSS !!!!!