Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Costelas e Hidromel #068: Baal

por em ter 05America/Sao_Paulo dez 05America/Sao_Paulo 2017 | 11 comentários

Costelas e Hidromel #068: Baal

Voltamos a falar de mitologia suméria, neste programa partimos de Canaã para conhecer a origem e as lendas de Baal.

Abordamos sua origem e referenciamos algumas lendas lendas que contam sua ascensão ao topo do panteão e como conquistou seu próprio palácio.

Conheça sua relação com divindade posteriores, como Zeus, Thor e até mesmo Yaweh e saiba como um deus pode se tornar um demônio, apenas por conta de interpretações religiosas.

Leia mais...

Costelas e Hidromel #064: Dionisio

por em ter 10America/Sao_Paulo out 10America/Sao_Paulo 2017 | 7 comentários

Costelas e Hidromel #064: Dionisio

Pensando nas festividades de Outubro, seguimos para a Europa encontrar a origem da bebida dos deuses antigos e aportamos nas praias da Grécia para ouvir as lendas do deus dos vinhos: Dionisio.

Caminhando em meio às fartas parreiras enquanto nos contavam podiam ser dois deuses, não apenas um e como sua origem como semi-deus e sua trajetória pelos cantos do Mediterrâneo o fizeram alçar ao Olímpo e ser clamado deus dos vinhos.

Embriagados pelo vinho Guilherme Vertamatti (@GVertamatti) e Renato Sevegnani (@setsunaryu) se juntam às festividades para honrar e celebrar o rei dos boêmios.

Leia mais...

Costelas e Hidromel #062: Kali

por em ter 12America/Sao_Paulo set 12America/Sao_Paulo 2017 | 10 comentários

Costelas e Hidromel #062: Kali

Em diversas culturas as representações destrutivas são tratadas como entidades adversárias dos deuses principais, devendo ser contrapostas e combatidas, mas este não é o caso da mitologia hindu e da deusa da destruição Kali.

A renovação após a destruição fortuita da natureza e a escuridão da noite de lua nova dão os tons da voracidade e escuridão trazida por Kali em suas ações nos campos de batalha.

Guilherme Vertamatti (@GVertamatti) e Renato Sevegnani (@setsunaryu) conversam sobre a capacidade da deusa em punir os que se desviam do caminho e eximir e apoiar os que são afligidos.

Leia mais...

Costelas e Hidromel #061: Tengu

por em ter 29America/Sao_Paulo ago 29America/Sao_Paulo 2017 | 15 comentários

Costelas e Hidromel #061: Tengu

Fartos de comer mingau, decidimos tentar seguir uma fada pela floresta. Aparentemente atravessamos uma passagem e fomos parar do outro lado do planeta.

Percebemos isso ao observar a fada ficar vermelha, trocar suas asas de inseto por asas de corvo e suas roupas por um kimono. Claramente ela começou a mentir muito, pois seu nariz cresceu desproporcionalmente, quase se tornando um bico.

Estávamos na presença de um poderoso TENGU!

Pensamos em fugir, mas ele desejava que escutássemos sua história. Seja para nos ensinar ou para nos desviar do caminho.

Ficamos sabendo como eles foram criados e evoluíram de pássaros, hoje seus servos. Nos contou como o Budismo era uma furada e que deveríamos seguir o caminho do Shugendô, muito mais místico e poderoso.

Disse ser um mestre das artes marciais, mas por algum motivo, ao toparmos com um grupo de crianças, ele foi espancado e expulso da nossa presença. Sem termos mais com quem conversar, seguimos nossa viagem.

Leia mais...

Costelas e Hidromel #060: Lendas Escocesas

por em ter 15America/Sao_Paulo ago 15America/Sao_Paulo 2017 | 15 comentários

Costelas e Hidromel #060: Lendas Escocesas

Depois de escaparmos da ilha de Temíscera resolvemos retornar para um país conhecido e querido, a Escócia.

Fomos convidados a pernoitar próximos ao maravilhoso Lago Broom e escutarmos algumas das mais deliciosas lendas escocesas enquanto nos alimentávamos de mingau e nos mantínhamos aquecidos com as chamas de uma lareira com troncos de abetos.

Ficamos sabendo como essas fábulas regem a vida e o comportamento social daquelas vilas. A proteção contra fadas sapecas pode acarretar em boa higiene, alimentação e cuidados com a esposa.

Ao caminhar entre as árvores, nos contaram sobre a tentativa de destruição das florestas por pura inveja de um empreendimento imobiliário mal localizado.

Agora, nos sentamos para conversar sob uma árvore em particular… o túmulo de um pássaro corrompido por desejos familiares.

Leia mais...