Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Scicast #59: A Ciência de Interestelar

por em sex 12America/Sao_Paulo dez 12America/Sao_Paulo 2014 em Destaque, Scicast | 20 comentários

Scicast #59: A Ciência de Interestelar

Nunca tivemos tanto acesso a divulgação científica quanto temos agora, principalmente no Brasil. Prova disso são os inúmeros blogs, podcasts e canais do Youtube disponíveis atualmente. Mas de certo modo, as produções ainda são feitas visando curiosos e amantes da ciência.

O cinema é muito mais democrático e sutil quando se propõe a fazer divulgação científica. Imagine-se explicando para sua mãe sobre a relatividade geral de Einstein, ou conversando com seus amigos da área de Humanas sobre uma possível quinta dimensão ou sobre sistemas de cilindros espaciais que giram para gerar gravidade artificial.

Pois é, Interestelar fez isso e nos brindou com conceitos físicos complexos e interessantíssimos, imagens espetaculares e reflexões acerca da morte e do nosso lugar nesse universo. Porém, aqui é o SciCast, onde separamos homens de meninos, quarks up de quarks down e, claro, o que é ficção do que é Ciência.

 

btn_donateCC_LG
120x53-doar-laranja

Agora você pode ajudar a financiar o SciCast

Produção e Coordenação: Silmar Geremia. Equipe de Pauta: Estrela Steinkirch e Tarik FernandesRevisor: Silmar GeremiaApresentação: Silmar Geremia e Jorge Flávio Costa. Engenharia de Som:  Silmar Geremia. Edição, Sonorização e Mixagem: Estrela Steinkirch. Convidados Especiais: Roberto Pena e Caio GomesFoto da Vitrine: Warner Bros.

 

Diretoria:

 

Comentados no episódio:

 

Livro:

  • Pálido Ponto Azul (Carl Sagan): Por que gastar fortunas com programas espaciais quando há tantos problemas aguardando solução a poucos metros de nossas casas? Para Carl Sagan, um dia o conhecimento do espaço poderá significar nossa sobrevivência como espécie. Pálido ponto azul revela como as descobertas científicas alteraram nossa percepção de quem somos e do lugar que ocupamos no Universo.
  • Encontro com Rama (Arthur C. Clarke): impossível não comparar a técnica utilizada pela Endurance com a descrita por Clarke no seu livro, que se utiliza da força centrífuga gerada a partir do movimento de rotação da nave Rama,  a qual era responsável por manter uma microgravidade no seu interior. Esse tópico foi melhor discutido no SciCast #56 Especial sobre Arthur Clarke.
  • A Teoria da Relatividade Especial e Geral: As duas versões da Teoria da Relatividade são os principais marcos da revolução científica do século XX. Sua repercussão foi tamanha que o próprio Einstein, um reconhecido estilista da língua alemã, sentiu a necessidade de escrever uma obra de divulgação para explicar a um público mais amplo o conteúdo de suas teorias. É o texto desse livro, que foi assim resumido pelo autor: “Pretendo dar uma idéia, a mais exata possível, da Teoria da Relatividade àqueles que, de um ponto de vista geral científico e filosófico, se interessam pela teoria mas não dominam o aparato matemático da física teórica. Não poupei esforços para apresentar as idéias principais de maneira particularmente clara e simples, respeitando, em geral, a seqüência e o contexto em que elas surgiram. Que este pequeno livro possa proporcionar a muitos leitores algumas horas de estímulo intelectual.”
  • Uma Breve História do Tempo (Stephen Hawking): Uma breve história do tempo apresenta a teoria revolucionária de um homem associado, aos 46 anos de idade, aos maiores cientistas de todos os tempos: Galileu, Newton e Einstein. Em dez capítulos de contundência e clareza indiscutíveis, o livro reúne as linhas mestras de um pensamento absolutamente único na história do século XX. Buscando responder às perguntas fundamentais da existência, o professor da Universidade de Cambridge assume o desígnio de decifrar o maior de todos os enigmas: a mente de Deus. De onde vem o Cosmos e para onde vai? O universo teve começo? Nesse caso, o que aconteceu antes? São algumas das inúmeras questões básicas que ele aqui responde em termos simples e acessíveis, esmiuçando ao mesmo tempo as pesquisas contemporâneas das leis que nos permitirão entender mistérios ainda insolúveis.

 

Vídeos:

  • Gravidade: No filme Gravidade em dado momento um dos astronautas usa um extintor de incêndio pra gerar impulso e “se pilotar” de volta a um local seguro [DVD] [Bly-Ray] [3D].
  • A ciência de Interstellar: Neste vídeo, divulgado pela revista Wired, Lynda Obst, que participou na produção do projeto durante vários anos em conjunto com Steven Spielberg e o escritor Jonathan Nolan (o qual viria a mostrar o argumento ao seu irmão Cristopher Nolan quando Spielberg se afastou), explica como conheceu Kip Thorne há 30 anos por intermédio de Carl Sagan. Carl Sagan casou entretanto com a sua colega Ann Druyan e Linda Obst convidou Kip Thorne como consultor em “Contato” um dos melhores filmes de ficção científica de todos os tempos, realizado por Robert Zemeckis baseado no romance homónino de Sagan.
  • Discovery Channel The Science of Interstellar.
  • Movie vs. science: Neil deGrasse Tyson on “Interstellar”.
  • Como foi feito o Buraco Negro em Interestelar.
  • Black Holes and Time Warps (Kip Thorne): Livro do físico Kip Thorne que foi consultor do filme.
  • Quarta Dimensão: Carl Sagan (dublado).

 

Podcasts:

 

  • Lucas Balaminut

    Uma pena não ser sobre gigantismo nasal! hahaha brincadeira, esse deve ser o SciCast que eu mais pedi! BAIXA LOGO BAIXA!

  • Mano foi irado o podcast. Parabéns galera falaram de todos os pontos e teorias que tinha na cabeça! Abrçs

  • Gercino Júnior

    Muito massa o posdcast. Parabéns. Tenho uma dúvida… alguém sabe o porquê do planeta ter mais de uma onda gigante? já que as ondas são provocadas por efeito maré como dito no podcast.

    • Felipe Frota

      As ondas das encostas da praia também são por efeito maré e elas não param de vir, o conceito é o mesmo.

  • Lucas Balaminut

    Multivac, how can the net amount of entropy of the universe be massively decreased?
    Multivac: do not go gentle into that good night. Rage, rage against the dying of the light!

  • Roy Mustang

    Muito legal o cast, em um primeiro momento me irritei com algumas coisa, mas agora me rendo ao Caio Gome :D

    Agora, SIlmar, a qtde de piadas infames que tu deixou passar foi demais! Chamem o Eduardo Sphor da próxima vez! Por exemplo, nenhuma piada com Doctor Who? Em The Satan Pit , o Doutor tira uma nave de dentro de um horizonte de eventos bringando.

    • Que tristeza, já fui melhor nisso :P

  • Malcomtux

    Vocês conseguiram deixar o filme ainda melhor, parabéns.

  • Joelson Ferreira

    o negócio do CFC merece ser abordado melhor, existe a polêmica se é um hoax ou não….

  • Ronaldo César Schork Júnior

    Sensacional o podcast, a abordagem do Roberto Pena sobre os conceitos da física é excelente.

  • Roberto Castelo Branco

    Muito bom, parabéns pelo cast

  • Romulo Martins

    O filme é muito bom! o final pode deixar a desejar, mas foram tantos momentos maravilhosos no filmes que acho que o final (fraquinho mesmo) não compromete totalmente a obra … o Silmar exagerou demais, tudo bem não ter gostado (ninguém é obrigado a gostar de tudo), mas Interestellar está longe de ser filmeco. Filmeco é prometheus rs!

    Abraço , e que venham mais episódios sobre filmes de ficção cientifica =)

    • Felipe Frota

      Eu achei o final perfeito.

  • Euclides Souza

    excelente podcast, mas seria possível transmitir sinais de dentro do buraco negro usando ondas escalares como meio de comunicação, se elas existissem…

  • Cassius Neves

    Segundo Thorne, o fato de ser um buraco negro com rotação também ajudou Cooper a não ser destruído enquanto caia no Gargantua.

  • Estou ouvindo pq o galera do Rapaduracast me decepcionou pra caraca no cast deles desse filme!

  • Will Domingues

    Vou levar em conta que o livro Science of Interstellar ainda não havia sido lançado, mas conforme explicado no livro e no Nerdologia o tamanho e rotação do buraco negro permitia que o Coop não fosse espaguetificado

  • Don Rod

    Depois que ouvi o podcast (só ontem fiz isso), tive que assistir o filme de novo… dessa vez entendi bem mais… ainda vou assistir mais vezes…

  • Jonas Diniz

    Na minha aula de Medicina Aeroespacial, meu professor brindou-nos com o fato do homem não ter ido a lua por causa da existência do Cinturão de Van Allen (quem tiver curiosidade é só pesquisar) . Sei que o podcast já foi lançado a muito tempo, mas só pude escutar agora e, como sempre quis acreditar na viagem ao nosso satélite natural mas o professor foi bem convincente, não pude evitar de deixar esse questionamento aqui. Seria interessante saber a opinião dos scicasters e cientistas sobre esse fato e se o Cinturão realmente existe e impediu o homem de ir a lua.

%d blogueiros gostam disto: