Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu
Miçangas

MeiaLuaCast #217: Jogos Indie da BGS 2018

por em 25/10/2018 | Nenhum comentário

MeiaLuaCast #217: Jogos Indie da BGS 2018

Em grandes eventos de jogos os holofotes estão todos voltados aos grandes estúdios que produzem e distribuem títulos que custam milhões de dolares e arrebanham legiões de jogadores.

Há também aqueles que estão começando suas jornadas no desenvolvimento de games e tentam se destacar em meio à enxurrada de títulos lançados diariamente.

Aproveitamos o espaço que a Brasil Game Show proporciona para os desenvolvedores independentes e conversamos com alguns deles para conhecer melhor sobre seus jogos e suas histórias.

Trazemos neste programa uma coletânea de entrevistas feitas durante a BGS 2018 com alguns desenvolvedores de jogos indie.

Leia mais...

MeiaLuaCast #216: Brasil Game Show 2018

por em 18/10/2018 | Nenhum comentário

MeiaLuaCast #216: Brasil Game Show 2018

O maior evento de games da América Latina teve sua décima primeira edição finalizada no último dia 14 de outubro e o Meia-Lua cobriu todos os cinco dias de evento da Brasil Game Show 2018.

Como a quinta edição consecutiva que cobrimos esta foi com certeza um grande marco para nós tanto quanto foi para o próprio evento.

Foram dias repletos de atrações nos diversos estandes, com convidados especialíssimos e a já famosa e deliciosa área indie.

Neste programa falamos não apenas das coisas boas, mas de alguns percalços e de como as próximas edições podem melhor e se tornar ainda mais interessantes para o público.

Leia mais...

MeiaLuaCast #215: Pesquisa Acadêmica e Quadrinhos

por em 11/10/2018 | Nenhum comentário

MeiaLuaCast #215: Pesquisa Acadêmica e Quadrinhos

As histórias em quadrinhos podem ser utilizadas para entretenimento e isso não impede que as estórias contadas não reflitam o momento histórico que retratam e aquele no qual foram produzidas.

Ao ler sobre cavaleiros ou super-heróis somos apresentados a diversas referências do passado e do presente.

Situações de nosso cotidiano social, econômico, cultural e político se misturam à representações de tempos passados e à visão artística de seus criadores.

Neste programa conversamos sobre como utilizar os quadrinhos como base para pesquisar a história de nossas civilizações e sociedades.

Leia mais...

MeiaLuaCast #214: Monster Hunter

por em 04/10/2018 | Nenhum comentário

MeiaLuaCast #214: Monster Hunter

Em diversos jogos de RPG temos a presença de criaturas grandiosas que impedem nosso trajeto e que devemos enfrentar para alcançar os demais objetivos.

As batalhas contra esses monstros costumam ser árduas e aprender os movimentos e ataques deles é crucial para alcançar a vitória.

Para os jogadores que ansiavam por essas grandes batalhas e não queriam as batalhas contra inimigos inferiores, a CAPCOM trouxe em 2004 uma nova franquia: Monster Hunter.

Conversamos sobre a criação dessa série de jogos, suas características e evoluções até a chegada de seu maior título até hoje: Monster Hunter World.

Leia mais...

MeiaLuaCast #213: Shadow of the Tomb Raider

por em 27/09/2018 | Nenhum comentário

MeiaLuaCast #213: Shadow of the Tomb Raider

Em 2013 a franquia Tomb Raider foi reiniciada, apresentando uma Lara Croft despreparada e desamparada que precisava aprender para se tornar a grande aventureira que conhecemos em seus jogos anteriores.

Esse reboot desenvolvido pela Crystal Dynamics fez muito sucesso e permitiu que continuações fossem desenvolvidas para explorar ainda mais o desenvolvimento e crescimento da personagem.

Agora em 2018 a trilogia idealizada para representar esse recomeço de Lara Croft recebe seu capítulo final, Shadow of the Tomb Raider, agora pelas mãos do estúdio Eidos Montreal e apenas supervisionado por seus idealizadores.

Neste programa conversamos sobre esse terceiro capítulo que repercutiu de maneira polarizada, o que será que funciona e o que não funciona?

Leia mais...

MeiaLuaCast #212: Beat em Up

por em 21/09/2018 | Nenhum comentário

MeiaLuaCast #212: Beat em Up

Durante os anos 1980 o cenário dos jogos eletrônicos passou por diversas transformações e adaptações e a cada ano a tecnologia avançava e novas ideias podiam ser postas em prática.

Foi no final dessa mesma década que os jogos que colocavam o jogador para lutar com os punhos digitais de seus personagens foram se desenvolvendo e trilhando caminhos diversos, sendo um deles o famoso Beat em Up.

Esse estilo de jogo ficou tão marcado no visual 2D isométrico que poucos títulos conseguiram replicar o espírito dos jogos das gerações 8 e 16 bit em ambientações completamente 3D.

Neste programa conversamos sobre essa evolução dos jogos Beat em Up e suas ramificações nos Hack’n Slash.

Leia mais...
Modo Noturno