Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Fronteiras no Tempo #22 – Ditadura Civil-Militar

por em 02/09/2017 em Fronteiras no Tempo | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo #22 – Ditadura Civil-Militar

Depois de refletirem sobre o Golpe de 1964, os historiadores  C. A. e Beraba mergulharam nos meandros do passado relativamente recente, no qual o Brasil viveu por 21 anos (1964-1985) sob uma Ditadura Civil-Militar.

NO EPISÓDIO:

Descubra porque chamamos o regime de ditadura civil-militar, entenda os conceitos de Democracia e Ditadura, compreenda quais as bases de apoio do novo regime e como ele se consolidou, ganhou contornos mais autoritários com os Atos Institucionais e, sobretudo, surpreenda-se ao descobrir como os militares e membros da elite política trabalharam juntos na aplicação de um projeto político.

Arte da Capa

 


Publicidade

Ajude nosso projeto crescer cada vez mais. Seja nossa Madrinha ou Padrinho.

www.padrim.com.br/fronteirasnotempo

Redes Sociais

TwitterFacebookYoutubeGoogle+


Contato

WhatsApp: 13 99204-0533

E-mail: [email protected]


Expediente

Produção Geral e HostsC. A Beraba  VitrineAugusto CarvalhoEdiçãoTalk’nCast

 


MENCIONADO NO EPISÓDIO

 Para ver no Youtube

Ato Navio Raul Soares – Canal Aquaviário

Batismo de Sangue

Brasil: A Report On Torture

Cidadão Boilesen – Um dos Empresários que Financiou a Tortura no Brasil

Discurso do deputado federal Márcio Moreira Alves

Historicidade S01E09 – Histórias da Ditadura Militar no Brasil

Lamarca (1994)

O dia que durou 21 anos

Podcast

Fronteiras no Tempo – Episódio 21 Golpe de 1964

SciCast #201: Especial Caravan – 1964

Contrafactual #32: E se não tivesse havido Ditadura Militar no Brasil?


Material Complementar

BOBBIO, Norberto. Democracia. In: BOBBIO, Norberto; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Gianfranco. Dicionário de política I. Brasília: Universidade de Brasília, 1998, p.319-329.

DAHL, Robert A. Poliarquia e Oposição. São Paulo: EdUSP, 2005.

D’ARAUJO, Maria Celina; CASTRO, Celso; SOARES, Gláucio Ary Dillon  et al. Visões do golpe: a memória militar sobre 1964. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1994.

DO VALLE, Maria Ribeiro (org.). 1964-2014: Golpe Militar, História, Memória e Direitos Humanos. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2014.

FICO, Carlos. Versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militarRevista Brasileira de História. São Paulo, v. 24, nº 47, p.29-60, 2004.

FIGUEIREDO, Luciano. História do Brasil para ocupados. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013.

MANIN, Bernard. As Metamorfoses do Governo RepresentativoRevista Brasileira de Ciências Sociais, p.5-34, 1995.

SCHWARCZ, Lilia Moritz (org.) História da Vida Privada no Brasil v.4. São Paulo: Cia das Letras, 1998

SILVA, Kalina Vanderlei; SILVA, Maciel Henrique. Dicionário de Conceitos Históricos. 3ª ed. São Paulo: Contexto, 2010.

TOLEDO, Caio Navarro de. 1964: O golpe contra as reformas e a democraciaRevista Brasileira de História. São Paulo, v. 24, n.47, p.13-28, 2004.


MADRINHAS E PADRINHOS

ANDERSON GARCIA, EANI MARCULINO, EDUARDO LOPES, ETTORE RITER, MARCOS SORRILHA, MARIA CLARA, WILLIAN SCAQUETT e WILLIAN SPENGLER