Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Fronteiras no Tempo #20 – Reformas Protestantes

por em 11/07/2017 em Fronteiras no Tempo | Nenhum comentário

Fronteiras no Tempo #20 – Reformas Protestantes

Faz 500 anos que um profundo movimento de reformulação do cristianismo e da cultura ocidental teve início na Europa, as Reformas Protestantes. A profundidade e os impactos das Reformas foram o tema central do bate papo entre o C. A. e Beraba no 20º episódio do Fronteiras no Tempo: um podcast de História.

NO EPISÓDIO:

Descubra por que falamos de Reformas Protestantes no plural, entenda as diferenças entre as concepções do cristianismo no início do século XVI, compreenda quais eram as diferenças e, sobretudo, as similitudes entre reformadores católicos e protestantes e surpreenda-se ao descobrir como os reformadores passaram a voltar seus olhares para as pessoas comuns.

Arte da Capa

 

 


Publicidade

Ajude nosso projeto crescer cada vez mais. Seja nossa Madrinha  ou Padrinho.

www.padrim.com.br/fronteirasnotempo


Redes Sociais

TwitterFacebookYoutubeGoogle+


Contato

WhatsApp: 13 99204-0533

E-mail: [email protected]


Expediente

Produção Geral e HostsC. A BerabaVitrine:  Augusto CarvalhoEdiçãoC. A

 


MENCIONADO NO EPISÓDIO

Historicidade – Nova atração do Fronteiras no Tempo no Youtube

Para ver no Youtube

Lutero

O retorno de Martin Guerre


Material Complementar

BURKE, Peter. Cultura popular na Idade Moderna – Europa, 1500-1800. São Paulo: Cia das Letras, 2010, p.243-277.

CHARTIER, Roger. As práticas da escrita. In:______(org.) História da vida privada 3: da renascença ao século das luzes. São Paulo: Cia de Bolso, Cia das Letras, 2009, p.113-162.

DELUMEAU, Jean. A civilização do Renascimento. Lisboa: Estampa, 2.v.1994.

GILMONT, Jean-François. Reformas protestantes e leitura. In: CAVALLO, Guglielmo; CHARTIER, Roger. História da leitura no mundo ocidental. v.2. São Paulo: Ática, 1999, p.47-76.

GINZBURG, Carlo. O queijo e os vermes. São Paulo: Cia de bolso, 2006. 253p.

GRAFTON, Anthony. O leitor humanista. In: CAVALLO, Guglielmo; CHARTIER, Roger. História da leitura no mundo ocidental. v.2. São Paulo: Ática, 1999, p.5-46.

HILL, Christopher. O eleito de Deus: Oliver Cromwell e a revolução inglesa. São Paulo: Cia das letras, 1988.

JULIA, Dominique. Leituras e contrarreforma. In: CAVALLO, Guglielmo; CHARTIER, Roger. História da leitura no mundo ocidental. v.2. São Paulo: Ática, 1999, p.79-116.

MAQUIAVEL, Nicolau. O príncipe. São Paulo: Folha de S. Paulo, 2011.

MORE, Thomas. A Utopia. São Paulo: Folha de S. Paulo, 2011.

REVEL, Jaqcques. Os usos da civilidade. In: CHARTIER, Roger (org.) História da vida privada 3: da renascença ao século das luzes. São Paulo: Cia de Bolso, Cia das Letras, 2009, p.169-210.

WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. 15.ed. São Paulo: PIONERIA, 2000. 233p


MADRINHA E PADRINHOS

ANDERSON GARCIA, EANI MARCULINO, WILLIAN SCAQUETT e WILLIAN SPENGLER