Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Fronteiras no Tempo #23: Revolução Russa

por em ter 03America/Sao_Paulo out 03America/Sao_Paulo 2017 em Destaque, Fronteiras no Tempo, Podcasts | 25 comentários

Fronteiras no Tempo #23: Revolução Russa

Na estreia do Fronteiras no Tempo em sua nova casa, o Portal Deviante, os historiadores C. A. e Beraba discutem uma das efemérides que mais suscita paixões: A Revolução Russa de 1917

Este evento, como toda história, está envolvido em uma luta de forças políticas acerca de seu caráter histórico, lido por alguns como o acontecimento mais importante e progressista da História da humanidade e, por outros, como uma falácia revolucionária que culminou em uma sangrenta ditadura totalitária, responsável pela morte de milhões de opositores. A despeito desta luta pela memória, a Revolução Russa de 1917 foi, indubitavelmente, um dos acontecimentos mais influentes da história mundial contemporânea.

No episódio:

Descubra como era a Rússia Czarista e como este regime contribuiu para sedimentar o caminho da revolução no país desde o século XIX; entenda o conceito de revolução; saiba mais sobre a revolução de 1905, tida por muitos historiadores como o “ensaio geral” para o movimento de 1917; conheça a relação entre a Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa;  aprenda mais sobre as revoluções que ocorreram em 1917, compreenda quem eram Mencheviques e Bolcheviques e como estes últimos acabaram se tornando os líderes do novo regime a partir de outubro daquele ano; entenda os conflitos para a consolidação do novo regime e como foi criada a União Soviética, que ganhou contornos mais autoritários após a morte de Lênin.

Arte da Capa


Publicidade

Ajude nosso projeto crescer cada vez mais. Seja nosso Madrinha ou Padrinho.

www.padrim.com.br/fronteirasnotempo


Mencionado no Episódio

Meiaentradacast #32 – Carandiru 

SciCast #216: 30 anos do Acidente com o Césio-137

Fronteiras no Tempo #12 – Fascismo

Fronteiras no Tempo #13 – Guerra Civil Espanhola


Redes Sociais

TwitterFacebook, Youtube, Google+ 

Contato

WhatsApp: 13 99204-0533 

E-mail[email protected]


Expediente

Produção Geral e Hosts: C. A e BerabaVitrineAugusto CarvalhoEdiçãoTalk’nCast


Material Complementar

Livros

BOBBIO, Norberto; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Gianfranco. Dicionário de política. Brasília: Universidade de Brasília, 1998

BURKE, P. História e Teoria Social. São Paulo: Unesp, 2002.

CONTOS Russos Antologia. Clássicos de Bolso. Trad. Aurélio Buarque de Holanda. Rio de Janeiro: Ediouro, s/d.

FERRO, Marc. A Revolução Russa de 1917. São Paulo: Perspectiva, 1974.

FERRO, Marc. O ocidente diante da Revolução Soviética. São Paulo: Brasiliense, 1984.

HOBSBAWM, E. Era dos extremos: o breve século XX. São Paulo: Cia das Letras, 1998.

LENINE, Vladimir Ilitch. O Imperialismo: fase superior do Capitalismo. Junho 1916 Disponível em: <<https://www.marxists.org/portugues/lenin/1916/imperialismo/index.htm>>>

MARX, K. O 18 Brumário de Luís Bonaparte. São Paulo: Hucitec

REIS Filho, Daniel Aarão. A Revolução Russa – 1917-1921 (Coleção Tudo é História). São Paulo: Brasiliense, 1999.

WEBER, Max. Ciência e Política: duas vocações. 12.ed. São Paulo: Cultrix, 2004.

Para ver no Youtube

Encouraçado Potemkin


Madrinhas e Padrinhos

Anderson Garcia, Caio Sérgio, Eani Marculino, Eduardo Lopes, Ettore Riter, Marcos Sorrilha, Maria Clara Valença, Willian Scaquett, Willian Spengler e Yuri Morales

  • Miquéias Jacinto

    Que adição maravilhosa! Adorei conhecer o podcast de vocês, abraços.

  • Maurílio Leite

    para não perder a pegada comunista (rsrsr) o próximo episodio pode ser uma espécies de continuação desse, que por vista, foi uma ótima estreia.

    • Miquéias Jacinto

      Haha. Stalin ou Revolução Cubana.

      • Maurílio Leite

        Para o podcast de Cuba eu deixaria para fazer como um marco de um ano da morte de Fidel Castro. Mas a minha ideia era sobre uma podcast no estilo: consequências desencadearam pela Revolução Russa. Pois vcs termina o podcast com a consolidação da revolução, mais eai? Qual o próximo capitulo dessa historia?

        • Miquéias Jacinto

          Sim sim. Tanto a Rússia quanto a Alemanha no século passado são um prato cheio de histórias e análises.

        • Cesar Agenor

          Tem muitas possibilidades! Os regimes autoritários dos anos 30 e 40 na Europa e nas Américas, a própria consolidação da URSS, a Guerra Fria, etc…
          São todos temas que estão no nosso radar, mas o melhor é saber que conseguimos deixar você instigado para saber mais.

  • Leandro The.Godfather

    Gostei bastante do podcast, realmente é uma excelente adição ao Deviante.

  • André Diego de Paula

    Dizer que este ano comemoramos os 100 anos da revolução russa pra.mim é como se alguém comemorasse os 75 anos da Noite dos Cristais, ou os 70 anos da destruição de Hiroshima e Nagasaki.

  • Juan Pablo

    ótimo podcast

  • Cicero Fonseca

    Muito bom! Ótimo ter o Fronteiras por aqui. Aproveitando a onda de comemorações um próximo podia ser sobre os 500 anos da reforma protestante!
    Abraços!

    • Adriano João Silva

      Oi Cícero, como vai? Que massa que curtiu o episódio. Sou o editor do Fronteiras =) E sobre Reformas Protestantes já temos um episódio =)
      Segue o link:

      http://fronteirasnotempo.com/ep20-reformas-protestantes/

      • Cicero Fonseca

        Oi Adriano! Bom saber, vou ouvir com certeza. Abraço!

  • Bicuinha

    Tô chocado em saber que OLEG pode ser GELO ao contrário e que é o João da Rússia… Pra mim o nome mais popular lá seria o clássico SERGEY!

  • André Miola Bueno

    No portal Deviante quem fala bem-vindo é você!

  • Fernando Pereira

    Sem muito bem-vindos!!! Espero que coloquem os outros episódios por aqui, mas começaram muito bem já postando um cast sobre a Revolução Podcastal Russa.

  • Guilherme Luiz

    CA e Beraba, primeiramente, parabéns pelo podcast maravilhoso! Graças ao Deviante foi possível que o conhecesse. Quero perguntar pra vocês e pra quem quiser comentar. Esse fim de semana (13, 14 e 15 de outubro) a Universidade que vou ingressar ano que vem realizará uma comemoração aos 100 anos da Revolução. Vejo muitos eventos desse teor pela internet e queria saber, seria uma falta de respeito às vítimas do regime, da mesma forma que seria comemorar, por exemplo, a tomada do poder na Alemanha pelo Partido Nazista, ou é digno de comemoração devido ao fato de ser um grande acontecimento histórico que revolucionou não só aquele território, mas também o mundo?

    • Cesar Agenor

      Guilherme, boa noite!

      Normalmente as universidades fazem reflexões sobre os chamados de “Grandes Eventos”. A Revolução Russa foi um processo que foi extremamente impactante. O erro talvez seja a utilização da palavra “comemoração”. Não comemoramos necessariamente o passado, mas olhamos para ele de forma crítica e com a maior seriedade possível. Pessoas são vitimadas em todas os regimes, sistemas econômicos.
      A questão é a forma como abordamos esse passado. Não há neutralidade, mas não pode ter galhofa. E não podemos confundir a Revolução com a União Soviética… mas isso é um assunto para outro programa ;-)

      • Guilherme Luiz

        Obrigado pela resposta CA! Fico na espera pro outro programa haha

  • Maurílio Leite

    qual é a periodicidade do programa?

    • Cesar Agenor

      Olá Murilo!

      A nossa periodicidade é mensal. Dia 31/10 lançaremos episódio novo ;-)

  • Conheci o podcast hoje e ainda não escutei, mas por que no feed só aparecem dois episódios? Aqui no site também só consigo ver o #23 e o #24. Tem algum problema ou estão hospedados em outros lugar/feed os outros episódios?

    Obrigada desde já.

    • Cesar Agenor

      Olá Tamyres!

      Desculpa a demora em lhe responder.
      Antes de integrar o megazord do portal Deviante, nós publicavamos o Fronteiras no Tempo em seu site próprio.
      Você pode conferir os episódios anteriores nesse link:

      http://www.fronteirasnotempo.com

      Espero que já tenha ouvido os episódios aqui do Deviante e aguardamos por novos comentários.

      abraços

      C. A.

  • Voltando para comentar o episódio em si. Gostei muito de conhecer o podcast de vocês e a dinâmica do programa. Sou professora de história, mas não escuto nenhum podcast sobre o assunto porque não gostava de nenhum, mas vocês me conquistaram. Ouvirei os programas antigos conforme dê e tentarei comentar sempre.

    Só uma correção: a animação Anastasia (que apesar de totalmente fantasiosa, é legal) é da Fox e não da Disney, mas este é um erro bem comum.

    E eu também gravo podcasts lá no Crentassos, e fiz um indicando a obra “As irmãs Romanov”, que conta a história das filhas do último casal e tal. Ouçam lá, se quiserem.
    crentassos.com.br/blog/2017/09/da-prateleira-04-as-irmas-romanov.html (tirei o html pra tentar evitar que o disqus bloqueie meu comentário.)

    Enfim, abraços.

    • Olá Tamyres,

      Bom saber que as colegas de profissão também gostam do nosso conteúdo.
      Assim que puder com certeza ouvirei o seu programa e postarei comentários. A divulgação histórica sempre é bem vinda.
      De fato erramos, Anastasia é da FOX. A diva Jujuba já havia me chamado a atenção para esse erro de percurso (não chamamos de canelada por motivos óbvios hehehehe).

      Obrigado de coração pelo comentário.

      abraços

      C. A.

%d blogueiros gostam disto: