Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Finalmente o Wifi vai ficar bom!

por em seg 15America/Sao_Paulo fev 15America/Sao_Paulo 2016 em Tecnologia | 4 comentários

Finalmente o Wifi vai ficar bom!

Já pensou se a velocidade do wifi fosse a mesma da fibra óptica?

Pois o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação da Universidade de Hiroshima em parceria com a Panasonic, anunciaram que estão fazendo isso para nós. Essa é mais uma das novidades apresentadas na ISSCC que ocorreu no início de mês de fevereiro na Califórnia.

As frequências prometidas pela nova tecnologia podem chegar na ordem dos terahertz (THz).  A banda THz é um novo e vasto recurso de frequência atualmente não explorado para comunicações sem fio. Suas frequências são ainda maiores do que as utilizadas pelo padrão IEEE 802.11ay (de 57 GHz a 66 GHz), e as larguras de banda disponíveis são muito mais amplas.

espectro eletromagnético

espectro eletromagnético

Sabendo que a velocidade de comunicação é proporcional a largura de banda em uso, THz se torna ideal para velocidades ultra elevadas.

O grupo de pesquisa desenvolveu um transmissor que abrange a faixa de frequência de 275 GHz a 305 GHz. Esta faixa de frequência atualmente não está alocada, e sua atribuição será discutida na Conferência Mundial de Radiocomunicações (WRC) em 2019.

O transmissor é capaz de emitir sinais a uma taxa de mais de 10 Gb/s através de vários canais de dados, sendo que cada canal opera em torno de 300 GHz. A taxa de dados multi-canal pode exceder 100 Gb/s. O transmissor foi construído em um circuito integrado, o que teria uma grande vantagem para a comercialização e uso do consumidor.

Esta tecnologia poderia abrir uma nova fronteira na comunicação sem fio com taxas de dados dez vezes maiores do que a tecnologia atual permite. Hoje, a maioria das tecnologias de comunicação sem fio utilizam frequências mais baixas (5 GHz ou inferior) com esquemas de modulação de alta ordem digitais, tais como a Modulação de Amplitude em Quadratura (QAM), para melhorar as taxas de dados dentro de larguras de banda disponível. O grupo de pesquisa demonstrou com sucesso que QAM é viável a 300 GHz com CMOS e que a tecnologia wireless THz poderia oferecer um impulso sério na velocidade de comunicação sem fio.

Segundo o professor Minoru Fujishima da Universidade de Hiroshima, o uso da modulação QAM foi a chave para alcançar 100Gb/s em 300GHz. Ele ainda complementa que logo logo estaremos falando em Tb/s. Até o momento, obter nessas taxas era possível apenas com o uso da fibra óptica.

Minoru Fujishima

Minoru Fujishima

“Pretendemos desenvolver circuitos do receptor para a banda de 300 GHz, bem como circuitos de modulação e demodulação que são adequados para as comunicações de ultra-alta velocidade”, disse o Prof. Fujishima.

 

Fonte:
Imagens:
  • Matheus Filipe

    Mas será tão estável quanto o cabo?

    • Humberto Kramm

      provavelmente não

  • Inoue

    Finalmente poderei me livrar dos cabos azuis.
    Vida longa e próspera.

    • Humberto Kramm

      #sóquenão. Esse frequência talvez seja usada apenas para transmissões diretas, Para o uso residencial acho que ainda será melhor uma frequência mais baixa, por causa dos obstáculos que existem dentro de casa. Mas quem sabe!?

%d blogueiros gostam disto: