Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Realidade aumentada para testar maquiagem

por em qui 21America/Sao_Paulo jan 21America/Sao_Paulo 2016 em Destaque, Tecnologia | 1 comentário

Realidade aumentada para testar maquiagem

Esse batom cor vermelho sangue quase coagulando ficou lindo na Emma Watson mas será que vai ficar tão bem assim em mim? (certeza que não vai). Toda mulher que já teve essa dúvida agora pode ter a chance de testar aquele batom famoso caríssimo sem ter que gastar o dinheiro que estava reservando para aquela promoção da Steam e se arrepender amargamente porque o roxo não combina com seu tom de pele (e com todo o resto). Tudo graças ao ModiFace, uma startup que tem investido em realidade aumentada e já trabalha com diversas marcas famosas de maquiagem.

O ModiFace Mirror HD, lançado dia 6 de janeiro na CES 2016, realiza essa simulação através de realidade aumentada, ou seja, pela sobreposição de imagens virtuais sobre uma imagem real, oferecendo uma ilusão no ambiente real. Ele permite que você escolha diversos tons de batons, sombras e maquiagens em geral apenas com o acionamento da câmera do espelho e visualize na tela suas escolhas em tempo real. E o melhor: sem ter que tirar a maquiagem depois do teste. Você pode até experimentar como seria seu visual com uma cor diferente de olhos ou cabelos. Mas o grande triunfo do novo aplicativo é a possibilidade das marcas de cosméticos customizarem as opções para seus próprios produtos e terem disponível em suas lojas o ModiFace Mirror onde seus clientes podem fazer os testes na hora da compra.

A eficácia do ModiFace aparece ao analisarmos os números de vendas: um aumento de 31%, uma vez que as consumidoras após testarem em si mesmas, mesmo que virtualmente, ficam mais confiantes de que estarão satisfeitas após a compra do produto. É por isso que as marcas estão dispostas a investir para ter a tecnologia de realidade aumentada em seus aplicativos, seja pra uso mobile, como o ModiFace Live, disponível para smartphones ou seja pra uso nas próprias lojas durante a compra.

A primeira versão do ModiFace, lançada em 2007,  apresentava uma interface 2D onde a partir de uma foto de rosto e reconhecimento de pontos chaves, como comissura labial e canto externo e interno dos olhos, era possível realizar uma simulação com as maquiagens e combinações disponíveis no aplicativo, assim como aplicar efeitos rejuvenescedor ou emagrecedor na face. O maior limitante do aplicativo era justamente o conceito de simulação, onde o aspecto final da imagem deixava a desejar pois as maquiagens aplicadas não eram equivalentes a um produto existente no mercado, além da limitação de recursos gratuitos, sendo necessária a compra de pacotes dentro do aplicativo pra se ter mais opções.  Com o interesse da indústria de maquiagem no produto patenteado esse quadro mudou e evoluiu. A tecnologia do ModiFace agora está  sendo utilizada em diversos aplicativos desde  grandes marcas como L’oreal, P&G e Sephora até aplicativos que permitem a noiva testar vestidos de casamento a partir de uma foto de seu corpo. Contando com os aplicativos que incorporam a tecnologia do Modiface, o número de downloads já chega a 100 milhões.

Aplicativo L'oreal

Aplicativo da L’oreal

Tudo começou com o interesse do fundador e CEO da ModiFace, Parham Aarabi, que durante sua graduação em Stanford trabalhou com rastreamento facial para leitura labial à distância, com enfoque em monitoramento e defesa.

A Allergan, farmacêutica inserida no mercado de dermatologia e cosmética de interessou e o PhD em engenharia elétrica desenvouleu uma tecnologia com capacidade de monitorar como o rosto de alguém se move e assim Aarabi produziu para a farmacêutica uma versão do seu software que pudesse simular o impacto do Botox no rosto de um cliente em potencial. Funcionou e a capacidade em visualizar o possível efeito do tratamento fez com que as vendas de Botox subissem.

Com o dinheiro que recebeu da Allergan e mais $500,000 de investidores, Aarabi lançou a ModiFace em 2007 e começou a fazer parcerias na indústria de cosméticos. Agora a ModiFace fornece sua tecnologia patenteada como uma base que as marcas podem personalizar com sua própria interface do usuário e conteúdo. Apenas em 2015 o ModiFace passou de 10 para 55 parceiros e se apresenta atualmente em mais de 150 aplicativos de realidade aumentada.

Até agora líder, a provedora de realidade aumentada no segmento de beleza só veio a ver um potêncial concorrente quando a Apple adquiriu o Faceshift em novembro do ano passado.  Com futuro promissor, a ModiFace promete se esforçar para aumentar as taxas de quadros para que sua maquiagem virtual permaneça no lugar, não importa o quanto você se mova. O futuro da startup parece promissor, visto que o mercado de cosméticos faturou cerca de $500 bilhões em apenas em 2015.

Vale a torcida para que mais marcas incorporem o Modiface ou que o próprio aplicativo invista em maior variedade e em opções de maquiagens reais. A tecnologia de realidade aumentada utilizada no mercado de beleza permite que o melhor da maquiagem seja aproveitado, que é realçar a beleza natural e ajudar a expressar a si mesmo. Você pode testar o ModiFace na web e com os aplicativos para iOS e Android.

Fonte: Techcrunch

  • Inoue

    Legal,agora posso ver como eu seria se ainda tivesse cabelo.
    Vida longa e próspera.

%d blogueiros gostam disto: