Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

No futuro, seremos substituídos por robôs e estaremos todos desempregados?

por em 24 24America/Sao_Paulo fevereiro 24America/Sao_Paulo 2017 | Nenhum comentário

No futuro, seremos substituídos por robôs e estaremos todos desempregados?

Há algum tempo, uma notícia gerou uma série de desdobramentos em praticamente todas as mídias, digitais e impressas: a demissão de 60 mil trabalhadores da Foxxconn e sua substituição por robôs. O tom de todas as notícias, artigos e comentários foi um só: seu emprego está ameaçado. Robôs tomarão o controle de praticamente tudo o que a humanidade faz hoje. E todos foram unânimes em dizer que a linha de raciocínio do “Ah, está de boa, meu trabalho é pensar” não imunizava ninguém. Não só empregos braçais, aqueles envolvendo força física e tarefas repetitivas, seriam substituídos. Já ouviram falar em inteligência artificial? Pois é, robôs estão aprendendo a pensar e, em muitos casos, podem fazer isso melhor do que humanos, pois eles têm acesso a bancos de dados enormes em poucos segundos e podem fazer conexões em velocidade recorde, coisa que um simples cérebro moldado para resolver problemas do paleolítico leva horas ou mesmo dias para conseguir.

Então, quer dizer que estamos caminhando para um futuro distópico onde as máquinas dominarão o mundo e a horda de miseráveis desempregados lutará para comer as migalhas que os barões da indústria da robótica deixam cair do alto de seus castelos protegidos por forte segurança armada (ED 209 style, claro)?

Leia mais...

Games no Lab: Crysis, nanosuits e nanotecnologia

por em 30 30America/Sao_Paulo novembro 30America/Sao_Paulo 2016 | 3 comentários

Games no Lab: Crysis, nanosuits e nanotecnologia

“Roda Crysis”? Se você era PC gamer no final da primeira década dos anos 2000, provavelmente já ouviu essa pergunta. Crysis, FPS lançado para PC em 2007 pela EA e desenvolvido pela Crytek, ficou famoso pelos excelentes gráficos que exigiam um hardware poderoso para rodá-los, o famoso PC da “NASA”.

O game conta a história de um grupo de soldados da Força Delta dos EUA que são enviados para investigarem uma escavação em uma ilha da Coreia do Norte, porém acabam se metendo no meio de uma invasão alienígena. O que chama a atenção no game (influenciando na mecânica de gameplay) é o traje utilizado pelos soldados, capaz de conceder ao usuário, poderes extraordinários, como super força, super velocidade, invisibilidade e blindagem contra projéteis e impactos. Hoje falaremos sobre a nanosuit e o quão longe estamos de construir uma.

Leia mais...

MeiaLuaCast #111: A Mídia Podcast

por em 20 20America/Sao_Paulo outubro 20America/Sao_Paulo 2016 | 7 comentários

MeiaLuaCast #111: A Mídia Podcast

Em 21 de outubro de 2004, Danilo Medeiros colocou no ar o, considerado, primeiro podcast brasileiro, o Digital Minds, aproveitando as mudanças nos protocolos RSS (Really Simple Syndication) de distribuição de notícias para agregadores e que em 2003 recebeu uma atualização que permitia agregar arquivos de mídia em áudio.

Nestes 12 anos, o podcast passou por diversos formatos e muitos produtores colocaram suas vozes em serviço desta nova mídia. Grande parte dos que iniciaram essa pequena revolução já não mais produzem seus programas, mas o legado permanece.

Renato Sevegnani (@setsunaryu) recebe os amigos podcasters Juliana “Jujuba” França (@jujubavi), Skilo Norris (@SkiloNorris) e Thiago Miro (@ThiagoMiro) para conversar sobre como esta mídia conquistou nossos corações e nos fez pular do lado consumidor para o lado produtor.

Aproveitamos também para conversar sobre as recentes evoluções dos programas, em formato, qualidade de áudio, dinâmica entre participantes e também especulam os próximos passos que serão dados para que o Podcast atinja mais pessoas e ganhe espaço perante mídias mais tradicionais.

Leia mais...

MeiaLuaCast #110: O Futuro dos Games

por em 13 13America/Sao_Paulo outubro 13America/Sao_Paulo 2016 | 2 comentários

MeiaLuaCast #110: O Futuro dos Games

A trajetória dos videogames se mistura com a evolução das tecnologias, sendo o passo atual a inclusão da realidade virtual ao jogos, mas quais seriam as tecnologias aplicadas no futuro dos games?

Em diversos momentos vimos a utilização de sensores de movimento, desde a rudimentar Power Glove ao versátil Kinect, mas estes ainda não foram abraçados plenamente pela comunidade gamer.

O passo para realidade virtual foi ensaiado com o protótipo SEGA VR, acessório desenvolvido e não-lançado para o Mega Drive em 1993, e agora a tecnologia permite o lançamento de dispositivos de boa qualidade e preços razoavelmente acessíveis, como Gear VR, HTC Vive, Oculus Rift e Sony Playstation VR.

Há diversas outras tecnologias que estão sendo desenvolvida e adaptadas para os videogames, então Renato Sevegnani (@setsunaryu), Guilherme Vertamatti (@GVertamatti), Alex Benito (@DurexAlex) e Wagner Wakka (@wakkalves) conversam sobre o que eles esperam para o futuro dessas tecnologias atuais e especulam o que poderia ser inventado no futuro.

Leia mais...

Quando a Paramount confunde Linux com Transformers

por em 19 19America/Sao_Paulo setembro 19America/Sao_Paulo 2016 | Nenhum comentário

Quando a Paramount confunde Linux com Transformers

Não é novidade alguma que vários detentores de direitos autorais não gostam nem um pouco da existência dos torrents. Os estúdios de cinema talvez estejam entre os que mais detestam e, para ser franco, eles têm motivos para isso. Afinal, não deve ser nem um pouco gratificante fazer um investimento tão caro, com o objetivo de ter um retorno financeiro, só para depois ver o seu investimento sendo distribuído gratuitamente – em muitos casos, ver outros ganhando dinheiro através da sua obra.

Leia mais...