Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

O sono e suas curiosidades

por em seg 26America/Sao_Paulo set 26America/Sao_Paulo 2016 em Ciência, Notícias | 2 comentários

O sono e suas curiosidades

Quando eu comecei essa jornada em busca de uma relação mais saudável com o sono achei que precisaria de 1 mês inteiro nesta rotina para ter algum resultado para compartilhar com vocês.

Mas o fato é que logo na segunda semana eu já estava vendo resultados excelentes. Claro que passada a empolgação ficou um pouco mais difícil me manter no ritmo, mas não por ter problemas em acordar cedo e sim pela já conhecida dificuldade em dormir no horário.

Enquanto entro nessa última semana de experimento e tento, aos 45 do segundo tempo, dormir o horário certo fiquei curiosa e em descobrir coisas “peculiares” sobre o sono humano e animal. Li alguns artigos durante a última semana e resolvi dividir algumas destas curiosidades com vocês.

Recuperação do sono, só que não

Beeeeem melhor, sqn

Beeeeem melhor, sqn

Um artigo publicado na Exame.com, afirma que dormir mais em um dia para recuperar o sono perdido em dias anteriores não é o suficiente para reparar os danos que a falta de sono causa a saúde.

Fazer isso pode até diminuir a sensação de sonolência e a irritabilidade, mas não é capaz de evitar os problemas que a privação de sono traz, como a dificuldade em se concentrar.

Espelho, espelho meu

Sono, sono meu

Sono, sono meu

Não dormir direito afeta também a sua aparência. A privação de sono reduz a liberação do hormônio do crescimento, que nos adultos é responsável pelo processo de regeneração celular. A falta desse hormônio provoca flacidez, cabelo enfraquecido, envelhecimento precoce e um sistema imunológico debilitado.

Não dormir pode levar à obesidade

Além do envelhecimento precoce, não dormir também pode causar aumento de peso e, em alguns casos, a obesidade. A falta de sono aumenta a produção de grelina (hormônio da fome) e reduz o nível do hormônio ligado a saciedade (leptina). E com o cansaço que geralmente leva a falta de atividade físcia, a chance de ganhar quilos extras aumenta.

O sono e os exercícios

Em um de seus artigos a Sleep Foundation explica que exercícios regulares ajudam a cair no sono com mais facilidade. Porém, exercícios esporádicos e muito próximos ao horário de ir para a cama faz com que cair no sono seja bem mais difícil.

 Sobre os sonhos

Uma curiosidade que sempre tive: pessoas que são cegas de nascença sonham? A resposta é sim. Em geral os sonhos dessas pessoas envolvem emoções, sons e cheiros.

As pessoas em geral esquecem 50% do conteúdo dos seus sonhos depois de 5 minutos acordados. Se adicionarmos 5 minutos neste tempo a percentagem do que foi esquecido sobe para 90%. Freud acreditava que isso acontece porque nossos sonhos representam nossos pensamentos reprimidos, portanto nosso cérebro suprime isso o mais rápido possível. Mas o mais provável é que isso aconteça simplesmente porque assim que acordamos passamos a usar nosso cérebro com mais intensidade e logo esquecemos o que sonhamos.

pesadelo

Ao contrário do que a maioria pensa, medo não é a emoção predominante nos pesadelos. Na verdade, os pesquisadores descobriram que as emoções mais comuns são tristeza, culpa e confusão.

 E os animais?

Como os golfinhos só podem segurar a respiração embaixo d’água por em média 15 minutos eles precisam adaptar o ciclo de sono a essas circunstâncias.

Por conta disso eles desativam apenas um dos hemisférios do cérebro (inclusive fechando o olho correspondente). Enquanto isso, o outro lado do cérebro se mantém ativo para conservar a flutuação do corpo, controlar a respiração e outros processo fisiológicos básicos.

Outro animal curioso são as lontras do mar, que ficam de mãos dadas enquanto dormem para que assim as correntes marinhas não as separem.

<3

<3

Saindo um pouco do mar, os gatos passam, em média, 2/3 da vida dormindo, o que não chega a ser uma grande surpresa para qualquer pessoa que tenha um gato em casa.

Nos extremo oposto temos a girafa que dorme apenas 2 horas por dia, em média.

 

Quer acompanhar essa jornada? Ainda dá tempo, é só acompanhar meu twitter ou meu instagram.

  • Darley Santos

    Muito informativo o texto! Informativo e super claro e simples de entender. Falo para pessoas próximas que justamente por causa do maus hábitos com relação ao sono tornei-me uma pessoa altamente dispersa e com grande dificuldade de concentração. Além do péssimo hábito de jantar muitas já de madrugada… O que talvez explique uma insistente “barriguinha de cerveja” em uma pessoa que simplesmente não bebe. Esse exemplo da lontra do mar não sabia não, que curioso isso! Tamanha meiguice esconde a enorme ferocidade desses bichanos, ô loco rsrs!

  • Marcelo Rigoli

    Muito legal o texto Gabi! Fico muito feliz que tenha dado certo, quem sabe eu me inspiro no teu experimento! Hehe!

%d blogueiros gostam disto: