Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

To the Moon, memórias e sonhos

por em dom 12America/Sao_Paulo mar 12America/Sao_Paulo 2017 em Games | 8 comentários

To the Moon, memórias e sonhos

Quantas vezes nos pegamos pensando naquilo que mais desejamos. Nossos sonhos, planos, sejam eles de curto, médio e até longo prazo. Muitos deles não se realizam por motivos que nunca saberemos.

O game “To the Moon”  foi desenvolvido utilizando o motor gráfico RPG Maker XP e conta uma história bem interessante (não espere batalhas por turnos ou coisa parecida) sobre um grupo de cientistas que “realizam sonhos”.

Momento em que os especialistas encontram o paciente que deseja ir à Lua.

Momento em que os especialistas encontram o paciente que deseja ir à Lua.

Nesse jogo há uma tecnologia que permite a esses cientistas criarem memórias artificiais que podem ser usadas em pacientes que desejam alterar os eventos de suas vidas, substituindo memórias antigas por coisas que não aconteceram de verdade.

Se tudo der certo o paciente acorda após ter vivido a vida dos sonhos que nunca teve e abraça esse breve momento de inigualável alegria.

Contudo, essa alteração de memória pode ocasionar um choque violento  causando a perda da capacidade de manter suas funções normais. Então, essa operação só é realizada em pessoas à beira da morte, para que realizem o que desejavam ter feito em vida… Mas não conseguiram.

A história contada durante o game revela que esses especialistas estão fazendo essa experiência com um idoso à beira da morte, cujo sonho era ser um astronauta e ir à lua. Então eles alcançam a memória desse idoso, resgatando itens importantes e restaurando memórias perdidas. E de fato conseguem que desde a sua infância ele percorra toda uma trajetória para que consiga atingir seu objetivo: ir à lua.

Através das memórias do paciente os especialistas viajam e recuperam dados reconstruindo toda sua história para que o sonho dele se realize.

Através das memórias do paciente os especialistas viajam e recuperam dados reconstruindo toda sua história para que o sonho dele se realize.

E se uma tecnologia dessas existisse em nossos dias? Teríamos diversas pessoas procurando. Contudo, haveria efeitos colaterais: a pessoa sofreria não somente um choque violento tirando ela fora do normal, mas um choque de realidade. Acordar e ter de lidar com a realidade é muito pior.

Não é o tipo de tecnologia que eu particularmente gostaria de ter. Sonhos não realizados servem como experiência de vida. Talvez aquilo não era pra ter acontecido. Ou ainda não aconteceu por falta do momento certo. Enquanto isso, os sonhos dormem nas nossas mentes e podem até ser substituídos por outros melhores. Quantos sonhos tínhamos desde a infância e a própria vida foi se encaminhando de mudá-los através do nosso crescimento e amadurecimento.

A realidade é dura, mas sonhos podem ser realizados. Não espere eles caírem do céu e nem por uma tecnologia que faça isso.

Seja autor da sua própria história.

E, por fim, recomendo muito esse game. Prepare seus lencinhos.

Cada item encontrado no jogo é essencial para a reconstrução de todas as memórias.

Cada item encontrado no jogo é essencial para a reconstrução de todas as memórias.

 

 

  • Bruno Ricci

    Jogo bem bonito e barato, comprem lá no Steam, não vale só a pena, vale a galinha inteira,

    alias, já estão desenvolvendo uma continuação.

    • Vanessa Reis Barnes Bueno

      Espero que a continuação venha logo! Quero muito! :D

  • Natalia Silva

    Adorei o texto Van ❤

    • Vanessa Reis Barnes Bueno

      Obrigada Natinha <3

  • Мариналдо Барбоса Papercrafter

    ;_; O filme “a origem” com o Leo Dicaprio fez uma coisa nesse sentido… Eu seria um grande viciado… tem muitas coisas que eu gostaria de ter vivido e nunca tive nem oportunidade, nem conhecimento e nem como correr atrás.
    Lindo Texto, me lembrou de todas as coisas frustrantes pelas quais passei e que gostaria de mudar. Bom, falando de momentos frustrantes, eu poderia escrever um livro sobre isso… por que eu tenho história pro volume 2 e cenas extras. Mais um jogo pra incluir na lista de jogos a jogar.

    • Vanessa Reis Barnes Bueno

      Com certeza viu! :D Jogue! A experiência é totalmente válida!

  • Paulo Barcellos (Pabanjos)

    Adorei o jogo, uma historia compacta (4 hrs), onde eu chorei, ri e refleti..
    gosto de histórias q brincam com memórias, realidade, sonhos, sentimentos..
    só costumo ver isso em filmes, preciso procurar mais jogos assim,
    o jogo foi lançado em 2011, e n acredito q só conheci agora..
    Gráficos pixelados me incomodam, mas a história, diálogos, e trilha sonora compensam.. e muito..

    • Vanessa Reis Barnes Bueno

      É um jogo simples, mas que cumpre muito bem seu objetivo! Fazer pessoas suarem e refletirem! Obrigada pelo comentário!

%d blogueiros gostam disto: