Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

CCXP 2016, minha primeira vez

por em qua 07America/Sao_Paulo dez 07America/Sao_Paulo 2016 em Entretenimento | Nenhum comentário

CCXP 2016, minha primeira vez

Eu nunca tinha ido a Comic Con Experience antes. Na verdade, como nasci e cresci no interior não tenho muita experiência com eventos grandes, os maiores eventos que já fui, em orem de grandeza, são: Bienal do livro, feiras agropecuárias e casamentos da minha família por parte de pai. Então uma das primeiras coisas que me impressionou na CCXP é o quanto o evento é enorme.

ccxp16mapa

Para terem uma noção do tamanho

Eu andei pelo evento durante 2 dias inteiros e tenho certeza que não consegui ver tudo. Só descobri os estandes da Editora Abril e da Copag, por exemplo, no fim do segundo dia. E além dos estandes com coisas legais pra comprar ainda tem os estandes com exposições de itens incríveis, atividade divertidas, painéis imperdíveis e os cosplays que são uma diversão a parte. É MUITA coisa legal para ver.

Filas

Como era de se esperar as filas são proporcionais ao tamanho do evento. A fila para o credenciamento do primeiro dia estava bem grande, mas as pessoas não pareciam estar se importando muito com a espera, elas estavam aproveitando para tirar fotos e fazer planos para o primeiro dia do evento.

Fila gigante

Fila para o credenciamento no primeiro dia.

Um conselho: se quer participar das atividades disponíveis e assistir aos painéis chegue cedo porque você vai passar algum tempo na fila. Foi o tamanho da fila que me fez desistir de fazer o “Salto da fé” no estande do Assassin’s Creed. Também não consegui pegar autografo de alguns artistas que eu queria na Artist Alley, nem entrar em todos os painéis que eu planejei.

Artist Alley

Artist Alley

Mas se a parte ruim do evento ser tão grande é que muita coisa tem filas enormes, a parte boa é que mesmo que as filas frustem alguns planos é impossível não achar outra coisa tão ou mais legal para fazer.

Cosplay

Como eu já disse, os cosplays são uma atração a parte. Tem de todos os temas e de todos os níveis de fidelidade, desde o cosplay profissional até o cospobre. Andar pelo evento e dar de cara com diversas Harley Quinns, Batmans, Coringas, entre outros dão um clima único a CCXP.

Harley Quinn vs Harley Quinn

Harley Quinn vs Harley Quinn

Estandes

Os estandes se dividem em três tipos e ambos me deixaram doida: os que estão vendendo coisa, muitos oferecem produtos exclusivos para a CCXP ou descontos especiais. E os que trazem exposições bacanudas. O estande da HBO tinha peças originais do figurino de GoT, o estande da Anime con trouxe todas as armaduras de ouro dos Cavaleiros do Zodíaco (nem era meu desenho favorito, mas preciso admitir que as armaduras eram impressionantes). O da DC teve dois uniformes da Mulher Maravilha, o primeiro e o mais recente.

Não tem como não se impressionar

Não tem como não se impressionar

O antigo...

O antigo…

... e o novo

… e o novo

E, por fim, tinham os estandes com algum tipo de atividade (que às vezes também expunham ou vendiam coisas). Na área do Assassin’s Creed era possível fazer o salto da morte ou percorrer um circuito de parkour. No da Galápagos, além de comprar os jogos também era possível jogar alguns (eu joguei uma partida de zombicide e foi muito divertido). Ainda dava para pagar de “dono da rua” e tirar foto sentado em um trono de coelhinhos ou tirar fotos com vários personagens do Cartoon Network espalhados pela CCXP.

Área do parkour

Área do parkour

Artist Alley

Esta foi uma das minhas área favoritas de toda a feira. Várias fileiras de quadrinistas e ilustradores vendendo seu trabalho e autografando suas obras. Conheci vários artistas nacionais, comprei alguns quadrinhos novos para a minha coleção e ótimas ilustrações que não estão disponíveis em nenhum site metido a descolado por ae.

Poster Lindjo!

Poster Lindjo!

Outro diferencial desta área é que, geralmente, quando se pede autógrafo para um quadrinista você ganha uma ilustração rápida, o que torna seu quadrinho único!   

Ganhando um autografo!

Ganhando um autografo!

Painéis

Eis a parte mais concorrida da feira. A variedade de temas dos painéis é impressionante.

Alguns são gigantes e disputadíssimos tanto pelo tema quanto pelas presenças ilustres ou a exibição de material exclusivo sobre alguma série ou filme.

Um dos primeiros painéis da quinta-feira foi sobre “Cavaleiro das trevas III – A raça superior” e contou com a presença do mestre Frank Miller. Já o especial sobre Game of Thrones trouxe a linda e talentosa Natalie Dormer, também conhecida como Princesa Margaery. Ainda na quinta aconteceu o painel da Paramount Pictures que exibiu cenas exclusivas de “Ghost in the shell” entre outros filmes e contou com a participação de Vin Diesel.

Também aconteceram painéis mais voltados para a discussão de temas relevantes a cultura pop em geral, como o painel que  abordou o tema “Explorando o mesmo universo em séries, filmes e HQs” ou ainda o “Furiosas! Mulheres que chutam bundas nos HQs” e o melhor de todos: o “Encontro nacional do podcast” que contou com os lindos dos participantes dos podcasts do Deviante.

 

Em resumo

A Comic Con Experience 2016 foi épica. O evento me conquistou além do que eu poderia imaginar! Ainda falta um ano para a próxima, mas eu já tenho certeza que estarei lá e vou fazer de tudo para ir nos 4 dias dessa vez.

Ainda vou falar mais sobre a CCXP por aqui. Quero desenvolver melhor os assuntos que vi nos painéis que assisti e contar para vocês sobre os filmes da FOX que serão lançados em 2017 e que eu vi cenas exclusivas na sexta. Mas por agora o que eu digo para vocês é que o evento é foda demais e vale o esforço e planejamento feito para fazer parte disso tudo!

%d blogueiros gostam disto: