Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Você já parou pra pensar em como está respirando?

por em 12/02/2018 em Ciência | Nenhum comentário

Você já parou pra pensar em como está respirando?

Raramente observamos como estamos respirando. É algo que fazemos naturalmente e que tem uma função importantíssima para nosso corpo de modo a melhorar nossa vida. Nesse texto vou falar brevemente da função da respiração, formas certas de respirar e como a respiração atua no momento de cansaço.

A respiração tem, como principal objetivo, absorção de oxigênio, que se transformará em energia para nosso organismo, e eliminação do gás carbônico. Quando respiramos por meio das nossas vias aéreas, podendo ser nasal ou oral (nasofaringe e orofaringe), estamos trazendo substâncias do ambiente externo para o interno. Essas substâncias fazem um longo caminho, percorrendo todo o sistema respiratório, que consiste de vias aéreas, faringe, laringe e traqueia até chagar aos pulmões, que é onde a mágica acontece. Dentro dos pulmões existem pequenas estruturas chamadas brônquios, e alvéolos, e, nessas pequenas estruturas, ocorre a troca gasosa do pulmão para o sangue. O oxigênio (O2) passa para o sangue (só sobre como o sangue chega aos pulmões da um texto a parte), enquanto o gás carbônico (CO2) é abandonado.

“imagem do pulmão e todas as suas estruturas anatômicas” Fonte: google imagens, 2018.

Outra estrutura importante para a respiração é o músculo diafragma (encontra-se na parte inferior dos pulmões). A contração deste músculo, com o auxílio de outros músculos, leva ao processo de inspiração e o relaxamento dos mesmos proporciona a expiração.

Primeira imagem, movimento de inspiração e segunda expiração Fonte: google imagens, 2018.

De inicio, observe por onde você inspira, pela boca ou pelo nariz. A forma correta de fazer a inspiração é pelo nariz, a menos que se esteja com alguma doença que impeça de fazê-lo. No nariz existe estrutura que tem por função filtrar aquilo que se respira (sim, são os pelinhos).

Agora, por um momento, pedirei para o leitor observar a forma como está respirando. Faça o movimento de inspiração e agora o movimento de expiração Ao fazer o primeiro movimento, observe sua barriga. Ela fica maior ou menor?

Ao realizar os movimentos de inspiração nós tendemos a diminuir a barriga. Pois bem, o ideal seria que, ao inspirar, a barriga aumentasse de tamanho e diminuísse na expiração, de modo a auxiliar a contração do diafragma e músculos auxiliares.

Agora imagine a seguinte situação: você precisa correr por 20 minutos. Como vai ficar a sua respiração após essa “breve” corrida? Imagino, a menos que você seja um atleta ou tenha o hábito de correr, sua respiração vai ficar ofegante, ou seja, acelerada e você vai sentir falta de ar.

Bem eu correndo. Fonte: google imagens, 2018.

Ao realizar qualquer atividade física um pouco mais intensa do que de costume, o nosso corpo vai gastar mais energia, logo, vai precisar de mais oxigênio. Devido a isso, nossa respiração vai ficar mais acelerada e, com a respiração acelerada, o corpo precisa de uma energia maior. O nosso coração vai bater mais rápido para que o suporte de energia passe para todas as estruturas por meio do sangue.

Por falar tanto de respirar, já está dando um cansaço… Ainda existem bastantes coisas para falar sobre o ato de respirar, como sua importância na atividade física e na meditação, mas vai ficar para um próximo texto.

Qualquer dúvida ou sugestão, fica a vontade para comentar.


Antonio Lucas dos Santos: Cearense orgulhoso, Fisioterapeuta, apaixonado por cinema e series, esperando levar uma vida lengen….. dary!!! :)