Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Castelos Medievais: A Torre de Londres

por em 16 16America/Sao_Paulo fevereiro 16America/Sao_Paulo 2016 | 4 comentários

Castelos Medievais: A Torre de Londres

Ao longo de nosso estudos de castelos medievais europeus sabemos que estes são formados por mais de uma torre. Então, por que o castelo mais famoso da Inglaterra é chamado de “Torre de Londres”, se sua estrutura é muito maior? Qual foi a importância dessa fortaleza normanda para a formação do reino da Inglaterra? Onde começa a história dessa que talvez seja a fortaleza medieval mais famosa, não só da Inglaterra, mas da Europa Ocidental?

Leia mais...

O índice h: cientistas vigiando seus pares

por em 15 15America/Sao_Paulo fevereiro 15America/Sao_Paulo 2016 | 1 comentário

O índice h: cientistas vigiando seus pares

O que faz de uma pesquisa relevante? Como saber se algum pesquisador produz conhecimento novo e essencial para o desenvolvimento humano? Essas questões podem parecer triviais, afinal uma pesquisa feita hoje talvez só seja valorizada num futuro distante, como as descobertas matemáticas de Galois, ou mesmo as invenções de Leonardo da Vinci. Então, para quê tentar estimar a relevância de uma pesquisa científica?

Leia mais...

Lembrai-vos da guerra… Batalha de Stalingrado (1942-1943)

por em 15 15America/Sao_Paulo fevereiro 15America/Sao_Paulo 2016 | 4 comentários

Lembrai-vos da guerra… Batalha de Stalingrado (1942-1943)

 “Os deuses da guerra trocaram de lado”. (frase proferida por Hitler a Goebbels, em 02 de fevereiro de 1942)

Salve rapeize! Ave deviantes!

Em seu manifesto político Mein Kampf, Hitler imaginou um território alemão que se estendia até o rio Volga…

Lebensraum, o espaço vital alemão. Clique para expandir

Lebensraum, o espaço vital alemão. Clique para expandir

No verão de 1941, iniciava-se assim o ataque à URSS. As unidades alemãs penetraram profundamente no território soviético. A chegada do inverno interrompeu a ofensiva, nos arredores de Moscou. Com a maioria do território europeu da União Soviética em suas mãos, o Füher arquitetava a destruição completa do Exército Vermelho. O reinício da campanha incluiria o ataque a uma das maiores conquistas do sistema soviético, uma cidade. Uma cidade industrial nova e enorme, além de um importante centro de produção de armamentos em massa, que se estendia por cerca de 50 quilômetros ao longo do Volga. Bastava dominá-la para cercar Moscou… Entretanto, no início de 1942, o comandante da 12ª Divisão de Infantaria alemã já alertava: “desde novembro do ano passado (…) há uma resistência feroz e foram feitos apenas alguns prisioneiros”… Era o prelúdio daquilo que viria a ser conhecido como “o Inferno na Frente Oriental”.

 

Leia mais...