Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Como disse o Chicó, “tudo o que é vivo, morre”

por em 19/01/2016 | 2 comentários

Como disse o Chicó, “tudo o que é vivo, morre”

Qual a relação entre as mudanças climáticas, alterações de padrões populacionais, carrapatos (blergh!) e as doenças relacionadas à essas pragas?

No artigo intitulado “Climate change, biodiversity, ticks and tick-borne diseases: The butterfly effect” (o título fica ainda mais legal traduzido, quer ver: “Alterações climáticas, biodiversidade, carrapatos e doenças transmitidas por essas criaturas nojentas: o efeito borboleta”), o autor, que tem uma ficha corrida do tamanho da estante da biblioteca pública que você estudou: Pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz em Recife e do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade de Bari na Itália, parte da premissa de que as mudanças climáticas modificam o ambiente e a forma de sobrevivência das diferentes espécies, inclusive dos vetores e patógenos.

Leia mais...
Modo Noturno