Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

O Grand Finale da Missão Cassini – Space Today TV Ep.509

por em qui 24America/Sao_Paulo nov 24America/Sao_Paulo 2016 em Ciência | Nenhum comentário

Na próxima semana a missão Cassini irá fazer uma manobra inédita, passará de raspão na borda dos principais anéis de Saturno e essa manobra marca o início de um período espetacular, pelo menos para quem gosta das imagens do gigante gasoso.

A Cassini foi lançada em 1997, e explora Saturno desde 2004, já fez muitas descobertas, principalmente sobre as grandes luas do planeta Encélado e Titã, mas depois de 20 anos no espaço, a missão está chegando perto do fim.

Essa manobra já é parte da fase chamada de Grand Finale da missão, que tem um dia para acabar, 15 de Setembro de 2017, é, tudo que é bom dura pouco.

Essas órbitas irão acontecer entre 30 de Novembro e 22 de Abril de 2017, quando a cada 7 dias ela passará perto do planeta num total de 20 vezes.

A Cassini vem sendo ajustada desde janeiro de 2016 para começar a fazer essa órbita especial, que levará a sonda a cerca de 90 mil km de Saturno.

No dia 29 de Novembro de 2016, a sonda Cassini irá usar a força gravitacional de Titã para ser jogada numa órbita perpendicular com relação aos anéis de Saturno e ao seu equador.

Essa órbita fará com que a sonda passa um pouco acima e abaixo dos polos norte e sul do planeta e chegue bem perto da borda externa dos principais anéis, uma região ainda inexplorada, até mesmo para a Cassini que está a 12 anos explorando o sistema de Saturno.

A sonda passará a cerca de 7800 km do Anel F de Saturno, anel esse que marca a borda externa do sistema principal de anéis do planeta. O anel é bem estreito com somente 800 km de largura e muda constantemente, ou seja, será o alvo perfeito para belas imagens e análises.

Qual a importância de realizar uma manobra dessa?

Com essa manobra a Cassini irá poder estudar os anéis de dentro para fora, coletar gases e partículas que formam os anéis.

Além disso, ela poderá estudar de perto e fazer imagens em alta resolução, das luas que moram nos anéis e nas falhas dos anéis como Atlas, Pan, Dáfine e Pandora.

Ela também poderá estudar as estranhas estruturas que se formam nos anéis, estruturas essas causadas pelos satélites e outras que podem até formar novos satélites.

Além disso, a Cassini irá fazer um trabalho de reconhecimento para a sua próxima que acontecerá em Abril de 2017 e fará com que a sonda passe pela falha de 2400 quilômetros existente entre os anéis e o planeta Saturno.

As imagens com certeza serão fantásticas, a atmosfera de Saturno poderá ser observada em toda a sua grandeza e beleza e provavelmente muitas descobertas serão feitas com essas órbitas.

Embora a Cassini estude o sistema de Saturno a 12 anos, muitas questões sobre o planeta, seus anéis e seus satélites continuam sem resposta. Certamente, essas manobras e essas novas órbitas ajudarão e muito a resolver muitas questões sobre o Senhor dos Anéis do Sistema Solar.

Fonte:

https://www.nasa.gov/feature/jpl/nasa-saturn-mission-prepares-for-ring-grazing-orbits

%d blogueiros gostam disto: