Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

NASA reúne espelhos para construção do telescópio mais poderoso do mundo

por em qua 10America/Sao_Paulo fev 10America/Sao_Paulo 2016 em Ciência | 1 comentário

NASA reúne espelhos para construção do telescópio mais poderoso do mundo

No dia 03 de fevereiro, os técnicos da NASA concluíram a montagem do espelho primário do Telescópio James Webb, este que será o sucessor do famoso Telescópio Espacial Hubble.

Ainda há muito trabalho a ser feito no telescópio antes que ele possa ser lançado em 2018, mas este é um marco importante na sua construção.

Instalar os espelhos foi um processo cuidadoso. Os 18 segmentos em forma hexagonal são feitos de berílio ultraleve e medem cerca de 1,2 metros de largura. Cada espelho teve que ser montado no topo de uma estrutura especializada e separados uns dos outros apenas por alguns milímetros. Foi necessário um braço robótico altamente preciso para abaixar lentamente cada espelho sobre a sua posição exata.

A armação que contém os espelhos irá se dobrar para cima, de modo que o telescópio se torne mais compacto durante o lançamento. Uma vez no espaço, o James Webb irá viajar para a sua localização a mais 1,6 milhões de quilômetros da Terra. Ao longo do caminho ele irá começar a se desdobrar como um guarda chuva, eventualmente formando um espelho que mede cerca de 6,4 metros de diâmetro, isso é quase três vezes maior que o diâmetro do espelho primário do Hubble.

arte conceitual do James Webb

Arte conceitual do James Webb

Caso você não entenda a função de espelhos em um telescópio refletor, veja o esquema:

Esquema do funcionamento de um Telescópio refletor

Esquema do funcionamento de um Telescópio refletor

Como você pode ver, a luz reflete no espelho primário e então é concentrada em uma pequena área devido a curvatura do espelho. Diferentemente de um telescópio refrator, em que isso é feito por uma lente objetiva como você pode ver no esquema abaixo:

Esquema do funcionamento de um Telescópio refrator

Esquema do funcionamento de um Telescópio refrator

Porém, um telescópio refrator com o mesmo alcance do James Webb seria absurdamente longo e teria uma lente extremamente pesada. Espelhos, por outro lado, dispensam uma distancia focal tão grande e são bem mais leves, dando uma grande vantagem aos telescópios refletores. Por isso, os espelhos primários são tão importantes para o James Webb.

Fontes

The Verge

NASA

  • Inoue

    Esperando as imagens que essa belezinha vai nos mostrar.
    Vida longa e próspera.

%d blogueiros gostam disto: