Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

♪ Bota a camisinha, bota meu amor ♪ (E você vai se dar bem)

por em 04/02/2016 em Ciência, Entretenimento | 2 comentários

♪ Bota a camisinha, bota meu amor ♪ (E você vai se dar bem)

Essa marchinha nunca fez tanto sentido, o mundo é movido por sexo e com o carnaval chegando metade do mundo só quer saber em ficar em cima da outra metade. Todo esse fogo gerou, em 2015, um faturamento estimado em US$ 46 bilhões, e até o wallmart quer uma fatia deste bolo. A boa noticia vem da recente pesquisa realizada pela escola Johns Hopkins Bloomberg de saúde pública, casais que usam contraceptivos fazem mais sexo.

No estudo que foi apresentado na conferência internacional de planejamento familiar em Nusa Dua, Indonésia, os pesquisadores afirmam que mulheres em idade fértil, casadas ou em união estável, que utilizam métodos contraceptivos, são até três vezes mais propensas a terem relações sexuais regularmente em relação as que não fazem uso de contraceptivos. Ao separar sexo de gravidez, o que é feito com contraceptivos, as mulheres conseguem uma vida sexual melhor e mais saudável, sugerem os pesquisadores.

Campanha do ministério da saúde, Agosto 2010.

Campanha do ministério da saúde, Agosto 2010.

Foram analisados dados demográficos e de saúde, desde 2005 participaram mais de 210.000 mulheres de 47 países. Entre outras questões, as mulheres foram perguntadas se tiveram relações sexuais durante o último mês e se elas utilizaram contraceptivos. Das mulheres que utilizaram métodos contraceptivos, 90% relataram que tiveram relações, contra 72% das mulheres que não utilizaram. Os piores percentuais foram em Benin, nação do Oeste Africano, com 61%, seguido de Lesotho (sim este lugar existe), na África do Sul, com 68%. Enquanto a Jordânia, no Oriente Médio, teve 94% (o negócio está bombando!), precedida de Ruanda, na África Oriental, com 92%.

Preservativo fluorescente, proteção até no escuro

Preservativo fluorescente, proteção até no escuro

Apesar do grande esforço de ONG’s e fundações que trabalham para disseminar a utilização de preservativos, o aconselhamento contraceptivo ainda é insuficiente. Principalmente na África onde o surto de AIDS desola o berço da humanidade, o uso de contraceptivos evita gravidez indesejada mas somente a camisinha evita DST’s e HIV e de quebra ainda garante uma vida sexual mais agitada.

Camisinha, não saio de casa sem a minha.

Camisinha, não saio de casa sem a minha.

Não ficou convencido, veja 5 motivos para usar camisinha.

 

Fonte: ScienceDaily
Preservativo fluorescente
Ilustração

Modo Noturno